Spider Bones – Kathy Reichs

29/09/2016 | Por | Comentários
Livros, Resenhas

Spider Bones, da autora Kathy Reichs, é um dos livros que compõem a série literária que deu origem ao seriado de TV Bones. A publicação no Brasil é da editora Fundamento, em 2014.

Sobre o Livro

Temperance Brennan é uma renomada antropóloga florense, que trabalha no Laboratório de Ciências Judiciárias e Medicina Legal de Montreal, e é chamada para investigar o aparecimento de um corpo em um lago, em Quebec no Canadá. Ao chegar lá e fazer um exame preliminar, as digitais do homem acabam batendo com John Charles Lowery, um militar.

O problema é que Lowery foi dado como morto em 1968, quando o helicóptero que o transportava caiu e seu corpo foi encontrado em más condições. Ele foi enterrado na Carolina do Norte, no Estados Unidos, como morto em combate na Guerra do Vietnã. Porém agora, muitas décadas depois, essa história terá de ser revista. Como é uma família e um caso militar, tudo é muito burocrático e difícil. A família sequer cogita que eles podem ter enterrado outra pessoa que não o filho. E se John realmente estava vivo, porque ele não voltou pra casa e se escondeu todos esse anos?

Com várias perguntas em torno do caso, resta somente pedir a exumação do corpo enterrado em 1968 e tentar, através de dados médicos e registros militares da época, fazer uma nova identificação em cima dos dois corpos, além de investigar mais a fundo o que realmente aconteceu nesse acidente.

“As primaveras do Quebec geralmente significam muito trabalho para mim. Os rios descongelam. A neve derrete. Os corpos emergem. A população abandona o conforto de seus sofás pelo ar livre. Algumas pessoas descobrem os corpos, outras se juntam a eles.”

20160918_155439

Para tal, Temperance junto com a filha Katy, vão para o Hawaii. A primeira com o intuito de usar os recursos da base militar lá situada, que serve exatamente para guardar os registros dos militares mortos em combate, assim como descobrir a identidade e direcionar qualquer pessoa morta durante a guerra para duas famílias. Já a filha está passando por um momento difícil, e Brennan acha que uma temporada no Hawaii pode ajudá-la.

Ao chegar lá, uma florense local pede sua ajuda em um caso que parece um ataque de tubarão, mas que pode se mostrar bem mais complicado do que isso. Será que de alguma forma o corpo encontrado em Quebec pode ter relação com os ataques acontecendo no Hawaii ou são coisas completamente diferentes e sem nenhuma conexão? Em meio a mistérios e dúvidas, Temperance vai usar todo o seu conhecimento e astúcia para desvendar esse caso e dar descanso às famílias envolvidas.




Tags: , , ,


Se eu morrer antes de você – Allison Brennan

28/09/2016 | Por | Comentários
Livros, Resenhas

Se eu morrer antes de você é da autora Allison Brennan e foi lançado pela Universo dos Livros em 2011.

love-me-to-death_se-eu-morrer-antes-de-voce_alta

Sobre o livro:

Há seis anos, quando Lucy Kincaid tinha 18 anos ela viu sua vida ruir. Lucy foi sequestrada, torturada, estuprada e mantida em cativeiro durante dias por dois lunáticos que gravavam tudo e transmitiam ao vivo para assinantes doentios que pagavam para vê-los assassinado e torturando, das mais variadas formas, as suas vítimas. Antes que conseguissem finalizar o seu intuito, Lucy foi salva. Após esse fatídico episódio Adam Scott, o agressor, é assassinado e seu comparsa Roger Morton é preso.

Passados todos esses anos Lucy tenta se livrar dos fantasmas que a assombram e da constante sensação de estar sendo observada, mas, ao contrário do que esperariam de uma vítima de tamanhas atrocidades, ela não se deixa abater e dedica-se a criar uma forma de prender esses bandidos que continuam fazendo outras vítimas. Após criar um programa que facilita o acesso a lista de nomes de prisioneiros que estão em condicional, ela começa a caçá-los, tudo isso como voluntária da PMC (que cuida de mulheres e crianças, que são as vítimas mais vulneráveis) além de tentar ingressar no FBI.

“Já não era a adolescente ingênua de seis anos atrás, que confiava com facilidade em qualquer um e se considerava invencível. Mas, finalmente, livrara-se de boa parte da dor e raiva. Um pouco de raiva e de ultraje pelas injustiças do mundo a mantinham focada no que era importante. Salvar inocentes. Deter criminosos.”

Ao descobrir que o cúmplice do seu agressor foi solto e assassinado e que todos os predadores que ela marcava encontros passam a morrer de forma misteriosa, Lucy se vê entrando em um jogo perigoso e que envolve muito mais segredos do que ela imagina. Seus familiares, que eram a sua maior base, passam a ser desconhecidos para ela após ela descobrir a teia de mentiras em que foi envolvida e isso põe em jogo toda a confiança que ela havia depositado neles. Paralelo a isso, temos Sean Rogan,  um gênio da computação e sócio de um dos irmãos de Lucy e que demonstra um interesse especial nela, mas ele terá que disputar o seu coração com seu ex-namorado e colega de profissão Cody Lorenzo.

Quando todas as provas apontam que Lucy está envolvida nas mortes dos prisoneiros, ela precisa correr contra o tempo para provar a sua inocência e encontrar o traidor que está dentro da PMC, além de descobrir quem são os seus verdadeiros amigos de confiança. Mas e essa sensação de estar sendo constantemente observada? Seria real ou apenas um trauma que ficou do passado? Durante a narrativa entramos na mente de um psicopata e observamos o ódio que ele sente pelas mulheres e temos acesso aos seus pensamentos mais doentios.




Tags: , , ,


Alice e as armadilhas do outro lado do espelho – Mainak Dhar

27/09/2016 | Por | Comentários
Livros, Resenhas

Alice e as Armadilhas do Outro lado do Espelho é o segundo livro da trilogia do autor Mainak Dhar que traz uma abordagem totalmente nova à tradicional história de Lewis Carroll. O livro é lançamento de 2016 da editora Única.

12717846_933744826709706_6997920467141429197_n

SOBRE O LIVRO:

No primeiro livro da trilogia o planeta Terra foi devastado por uma espécie de vírus que transformou boa parte da população em Mordedores, uma espécie de mortos-vivos.

Alice é uma garota de 15 anos que mora no País das Armadilhas, onde um dia foi Nova Déli, na Índia. Ela nasceu nessa nova realidade aterrorizante e teve que crescer sendo treinada para o combate desde cedo.
As coisas mudam quando Alice decide seguir um Mordedor por um buraco no chão, onde ela descobre a verdade por trás da existência dessas criaturas e de uma profecia onde ela é colocada como protagonista — uma profecia que se encontra escrita no que restou do último livro do País das Armadilhas, o qual recebe o nome de Alice no país das Maravilhas.

“A tropa inimiga congelou. Alguns deles murmuraram algo que Alice conhecia muito bem: ‘Nu wu’. Bruxa, em mandarim.”

Neste segundo volume da trilogia acompanharemos Alice em uma nova jornada dois anos após a época em que se passa a primeira narrativa. Desta vez a paz que a última vitória na guerra contra a Guarda Vermelha instaurou no recém formado País das Maravilhas passa a ser ameaçada quando seus habitantes se sentem protegidos e decidem deixar de lado a vida de treinamentos e patrulhas e se entregam a vida calmamente humana.

Alice por sua vez se encontra em meio a questões intrigantes, a primeira é a questão política, já que Arun parece querer incitar os moradores afirmando de que não existe necessidade de um líder, mas sim de um representante eleito pelo povo. O segundo aspecto é o fato de que a menina sempre foi treinada para o combate e parece não se encaixar nessa nova sociedade, incluindo o fato de ela ser metade humana e metade mordedora.

Apesar de não ter mais sentimentos humanos e ser incapaz de derramar uma lágrima sequer, por dor ou angústia, Alice mantém um pouco da inocência da garota de 15 anos que foi um dia. No entanto ela se torna cada dia mais uma sábia governante e luta com todas as forças para manter a paz em seu precioso País das maravilhas.

No entanto, essa paz é ameaçada quando um novo conflito contra a Guarda Vermelha paira sobre o País das Maravilhas, onde aspectos novos e sombrios deverão ser enfrentados.




Tags: , ,


Magônia – Maria Dahvana Headley

26/09/2016 | Por | Comentários
Livros, Resenhas

Magônia é uma fantasia da autora Maria Dahvana Headley, lançamento de 2016 da Galera Record.

Sobre o Livro

Aza Ray nasceu com uma doença raríssima. Tão rara que ninguém nunca havia visto antes e que acabou ganhando o seu nome. Com a expectativa de vida sempre sendo renovada de tempos em tempos e com a promessa velada de que não vai sobreviver muito mais, ela aguarda o seu aniversário de 16 anos – última estimativa que recebeu-.

Ninguém sabe direito o que se passa com ela, somente que é muito difícil respirar e que em consequência disso outras coisas acabam por acontecer com seu corpo. Além do auxílio da família, seu maior companheiro é Jason, um garoto que se aproximou dela ainda quando eram crianças e que desde então tem estado ao seu lado e a ajudando a seguir em frente.

“Pouso a palma da mão no meio do peito, tentando manter meu coração a salvo. Ele dói.”

20160910_154322

Porém, ultimamente coisas estranhas começaram a acontecer. Mais estranhas que o normal. Aza anda vendo coisas no céu e o seu comportamento por causa disso está perturbando as pessoas ao seu redor, que acham que ela está tendo alucinações. Mas algo inesperado vai acontecer e tudo vai mudar. O que Aza, Jason e os pais da garota tinham por visão de vida será abalado e o caminho a seguir em frente será cheio de surpresas. Existe todo um mundo oculto dos olhos, acima das nuvens, esperando para ser desbravado.




Tags:


Illidan – William King

25/09/2016 | Por | Comentários
Livros, Resenhas

Illidan é um livro do autor William King e foi lançado pela Galera Record em 2016. 

20160901_124709

Sobre o livro

6 anos antes da queda, o elfo noturno Illidan, conhecido também como o Traidor, está preso e é vigiado pela sua algoz a guardiã Maiev Cantonegro. Ele é mantido nessa prisão há mais de dez mil anos através de magias desde que se aliou a Legião Ardente, um grupo de demônios que trazem o caos ao mundo e não poupam ninguém. Acontece que o antigo caçador de demônios só se uniu aos inimigos para ajudar o seu povo. Entretanto, nenhum dos outros elfos acreditou nele e isso lhe causa um grande rancor.

Após milhares de anos a Legião encontra-se cada vez mais próxima e ameaçadora, com isso, a antiga paixão de Illidan, Tyrande Murmuréolo acaba o libertando e pedindo a sua ajuda, mesmo depois de ter ajudado a colocar ele na prisão. Apesar de contrariado em ajudar o povo que virou as costas para ele e o chamou de traidor, Illidan decide fazer isso por Tyrande.

” – Nosso povo. Você não para de tagarelar sobre o nosso povo. Eles não são o nosso povo. São o seu povo.
– Você nos odeia tanto assim?
– Odeio – respondeu ele. Seus lábios se torceram numa careta de deboche. – Sua sorte é que odeio os demônios ainda mais.”

Depois dessa libertação, somos transportados para 4 anos antes da queda. Em Terralém, antiga Draenor, um lugar hediondo habitado por criaturas monstruosas. Nos deparamos com um Illidan ainda mais poderoso, após beber poderes do crânio de Gul’dan ele passou por diversas mudanças. Nosso elfo cego adquiriu mais força, asas demoníacas e um poder quase impossível de mensurar. Nesse mundo ele está formando o seu próprio exército e conta com a ajuda de várias figuras das mais diversas raças. Agora ele busca vingança e está cada vez mais perverso.

O que o Traidor não espera é que além de travar uma batalha com seres antigos e demoníacos ele ainda terá que lidar com Maiev que continua tentando capturá-lo e está decidida a ir até o fim para realizar esse feito. Ela também está buscando o seu próprio exército para lutar contra Illidan e travar uma das maiores batalhas já vistas. Será que ele é realmente o monstro que pintam? Ou é apenas um louco? Ele procura a sua redenção?




Tags: , , , , ,