A Mediadora: Lembrança – Meg Cabot

30/08/2016 | Por | Comentários
Livros, Resenhas

Lembrança é o 7º livro da série A Mediadora da autora Meg Cabot. O lançamento é da Galera Record e marca o aniversário de 15 anos da publicação dos primeiros livros da série.

20160814_174642

Sobre o Livro

Suzannah Simon já se formou e vários anos se passaram. Agora adulta e mais velha ela tenta manter o seu emprego na escola como uma “conselheira”, porém por ter aprontado bastante na sua época de aluna, não é vista com bons olhos pelas irmãs. Mesmo assim, dá o seu melhor. Até que um dia uma garotinha chega até ela machucada e há um padrão estranho no ematoma. Logo ela percebe que há mais na história e que uma outra garotinha está assombrando essa primeira.

Enquanto lida com isso, Suzannah também concilia sua vida com o noivado com o Dr. Jesse da Silva. O ex-espírito e agora médico, por ter a cabeça de outra época, acaba impondo alguns limites no relacionamento, complicando um pouco as coisas para nossa protagonista que está sempre tentando dissuadi-lo de manter suas convicções.

“Quanto mais pessoas eu puder ajudar a resolver seus problemas agora, enquanto vivas, menos trabalho terei com elas depois, quando morrerem.”

Porém é quando Paul Slater volta do passado para assombra-los que a história realmente começa. Ele conta a Suzannah que está prestes a derrubar a antiga casa dela e que há uma lenda sobre isso, dizendo que assim que a casa cair, algo muito ruim pode acontecer com Jesse. Sem saber muito bem como lidar com a proposta de Paul para não derrubar a casa ou se realmente acredita nessa profecia, nossa protagonista caminhará sempre com muito bom humor por mais uma aventura.

Será que Jesse pode ter algo sombrio dentro dele? Será que ela vai conseguir quebrar a profecia? E o que fazer com a fantasminha que está a solta?






O Despertar do Príncipe – Colleen Houck

29/08/2016 | Por | Comentários
Livros, Resenhas

O Despertar do Príncipe é o primeiro livro da nova trilogia de Collen Houck, mesma autora da famosa série A Saga do Tigre. Foi publicado em 2015 pela editora Arqueiro e o segundo volume, Coração da Esfinge já foi lançado esse ano.

salvo_4

SOBRE O LIVRO

Neste livro, conheceremos Liliana Young, uma jovem de 17 anos e que possui uma vida rodeada de luxo. Mora com seus pais em um caríssimo hotel de Nova York, ganha uma boa mesada e se veste com as melhores marcas de roupas. Seus pais são bem-sucedidos e estão quase sempre fora de casa, porém, isso não os impede de ditar as regras à filha. Para manter a vida confortável que possui, Lily precisa tirar boas notas e se relacionar somente com as pessoas que seus pais aprovam.

Um dia, enquanto passeava pela sessão egípcia do Metropolitan Museum of Art – MET – ela escuta alguns sons estranhos. Com um pouco de medo e também curiosidade, resolve descobrir o que estaria causando os estranhos barulhos e acaba se deparando com um sarcófago aberto e vazio, e próximo a ele, um homem forte, bronzeado e atraente. Lily fica encantada com a presença deste homem e descobre que seu nome é Amon. O homem lhe revela ser um príncipe do Egito e que despertou de um sono de mil anos com uma missão a cumprir: proteger a Terra do retorno de um deus maligno, o Obscuro Seth. Para isso, ele precisa reencontrar seus outros dois irmão e, juntos, realizarem o ritual antes que a Lua cheia passe por cima das pirâmides.

“Ao me virar para ir embora, olhei para baixo e de repente percebi duas coisas: primeiro, que o sarcófago não continha nenhuma múmia; segundo, que a serragem exibia outro conjunto de pegadas além das minhas, pegadas deixadas por pés descalços e que se afastavam do sarcófago.”

Lily desconfia da história e fica imaginando de que hospital psiquiátrico o rapaz deve ter fugido. Porém, há algo nele que a atrai de uma forma como nunca sentira antes. Seria ele quem se tornaria o seu namorado dos sonhos? Sem compreender direito o que são estes sentimentos, ela decide ajudar o príncipe a encontrar seus irmãos. Amon precisa ir até o Vale dos Reis no Egito e Lily fica em dúvida do que fazer, mas percebe que talvez esta seja a sua única chance de viver uma grande aventura. Com a decisão tomada, ambos partem para a terra do Nilo.

Embarcando em uma aventura fantástica e passando por belos e inexplorados lugares, desde as pirâmides até os templos dos deuses, a jovem Young e o Príncipe despertado nos conduzirão por inúmeras descobertas no mundo antigo, de seitas místicas a faraós importantes, de deuses benevolentes ao desejo maligno de Seth e de esperança ao amor verdadeiro.




Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


O Ar Que Ele Respira – Brittainy C. Cherry

28/08/2016 | Por | Comentários
Livros, Resenhas

O Ar Que Ele Respira é o primeiro livro da série Elements escrita pela autora americana Brittainy C. Cherry e lançado aqui no Brasil em 2016 pela editora Record.

resenha1

SOBRE O LIVRO

Nesse primeiro livro, a história de Elizabeth e Tristan Cole é apresentada e junto com ela a tragédia que cerca suas vidas. Tristan estava para ter o melhor momento de já viveu, finalmente conseguira o contato de alguns empresários de NY que estavam dispostos a investir em seu negócio de mobília artesanal. Mas, quando ele saiu de casa pra viajar até lá para uma reunião, ele não esperava que sua vida iria mudar tanto, fazendo tudo desabar.

Elizabeth, ou apenas Lizzie não estava preparada para voltar à Meadows Creek, o lugar que ela costumava chamar de lar. Depois de um terrível acidente que levou à morte de seu marido Steven, ela e sua filha, a pequena Emma, elas passaram uma temporada morando com sua mãe. Porém, aquele lugar não era nem um pouco saudável para sua filha. A mãe de Liz sofrera com a mesma dor que a filha, pois havia perdido seu marido hà anos e nunca conseguiu superar a dor, mas tentava amenizar ficando com vários homens, e com isso surgiam muitas fofocas. Lizzie com medo de ficar igual a mãe resolve voltar para a cidade, e isso faz todas as lembranças de seu marido virem à tona.

“Nenhuma alma gêmea deixa esse mundo sozinha. Ela sempre leva consigo um pedaço de sua outra metade.”

Ao retornar ela conhece o amargurado Tristan. Ele é conhecido como o esquisito da cidade, o anti-social que nunca dirigiu a palavra a ninguém. Além de não se barbear, ele não apara os fios do cabelo e vive andando descalço por aí, sem se importar com a dor que isso proporciona em seus pés. E não há ninguém que saiba da sua história, do porque que ele não cuida de sua aparência, ou é sempre tão rude e grosso com as pessoas. Com isso, Lizzie fica levemente interessada em saber mais sobre o novo vizinho, pois ela se vê um pouco nele, e sabe que duas pessoas quebradas podem se unir para conseguir reparar um pouco da dor, e que sabe ter um novo recomeço.




Tags: , , , , , ,


Sra. Poe – Lynn Cullen

27/08/2016 | Por | Comentários
Livros, Resenhas

Sra. Poe é da autora Lynn Cullen e foi lançado em 2016 pela editora Bertrand Brasil.

BANNER-Sra.-Poe-591x350

Sobre o livro:

No inverno do ano de 1845, na cidade de Nova York, todos os olhos estão voltados para Edgar Allan Poe e o seu famoso “O corvo” que está em alta na sociedade e na boca das variadas e distintas pessoas dessa época. Compartilhando desse mesmo ambientes temos Frances Osgood, uma escritora de histórias infantis e poemas, que conta a sua história, de como foi abandonada pelo marido mulherengo e nada discreto e acolhida pela amiga Eliza Bartlett, juntamente com as filhas Vinnie e Ellen. De forma muito direta e clara Fanny, como é conhecida pelos amigos, discorre sobre as dificuldades enfrentadas por uma mulher abandonada que tenta sobreviver em uma sociedade machista onde o todos só querem saber de histórias macabras.

Através de rodas de conversa onde grandes pensadores e escritores da época se reúnem, Fanny conhece o tão famoso e aclamado Poe, juntamente com sua esposa Virginia, sua prima que dizem que poderia ser sua gêmea tamanha a semelhança. Ambos possuem a pele muito branca e cabelos e cílios muito escuros que chamam a atenção e causam grande impacto nas pessoas. Um casal muito peculiar principalmente pela diferença de idade entre ambos, ela tinha apenas 13 anos quando eles se casaram e sua vida pessoal é de interesse de todos.

“A testa larga de Poe, livra das ondas rebeldes do cabelo, enfatizava os olhos de tonalidade cinza e cílios escuros com que encarava a todos com fria inteligência. Sua boca, encimada por um bigode sedoso, embora de formato delicado, era firme e desdenhosa. Empertigado como um soldado, mantinha-se tão rijo que parecia prestes a atacar quem se aproximasse ou a afastar-se em passos solenes da sala. Eu não sabia se deveria correr para ele ou dele.”

IMG_20160816_150144630

Poe releva-se um grande fã dos poemas de Frances e eles acabam travando uma amizade que passa a ser vista por todos como um caso sórdido e mal falado dentre as rodas, o que os outros não imaginam é que, na verdade, os dois possuem uma conexão além do amor. O amor entre ambos vai crescendo juntamente com especulações e fofocas entre as pessoas que estão prontas para tentar arruinar o tão ilustre e conhecido autor da época. Mas Poe vê em Fanny uma grande confidente e companheira.

Muitas figuras ilustres e conhecidas da época aparecem nessa narrativa de amor e mistério. Desde o famoso e excêntrico Rufus Griswold até o senador Daniel Webster. Conforme a história avança nos envolvemos mais ainda nesse amor tão forte e observamos uma nova faceta de Poe, tudo descrito aos olhos de sua apaixonada Frances que não logrará esforços para ficar ao seu lado e viver esse amor proibido.




Tags: , , , , ,


O Sorriso da Hiena – Gustavo Ávila

26/08/2016 | Por | Comentários
Livros, Resenhas

O Sorriso da Hiena é uma auto publicação de 2015 do autor Gustavo Ávila, mas os direitos do livro já foram adquiridos pela Verus Editora e em breve deve chegar às livrarias pelo Grupo Editorial Record.

Sobre o Livro

Há 24 anos um menino de 8 anos viu os pais serem assassinados enquanto ele assistia a tudo amarrado em uma cadeira. David, agora adulto, resolve recriar a situação e começa a matar da mesma forma que aconteceu em sua infância. O objetivo? Descobrir como essas crianças vão lidar com o trauma e se será pra elas da mesma forma que foi pra ele.

Pra que isso se torne uma pesquisa real, ele entra em contato com William, um psicólogo infantil que desenvolveu um estudo teórico sobre o tema, para que ele se disponha a atender as crianças vítimas desse misterioso assassino, acompanhando assim seu desenvolvimento e colocando em prática o estudo que antes ele imaginou somente no papel. Completamente em conflito com isso o psicólogo não sabe como agir e que decisão tomar, já que mesmo sendo a porta para respostas, também vai contra qualquer regra moral que ele tenha.

“E foi assim que os olhos da sua mãe, que sempre conseguiram dizer tudo sem precisar de uma palavra sequer, silenciaram para sempre ao som de uma arma de brinquedo.”

20160814_175311

Em paralelo a isso temos Artur, um detetive da divisão de homicídios que possui a Síndrome de Asperger, e que recebe como missão solucionar o caso recente da criança de oito anos que foi encontrada amarrada em uma cadeira com os pais desaparecidos, e que afirma ter visto alguém assassinar os pais na sua frente.

Enquanto o detetive corre contra o tempo para descobrir quem está por trás dos crimes, William luta com sua consciência para encontrar uma resposta para a dúvida cruel que o certa: se ele fechar os olhos para o mal visando o bem, é justificável?




Tags: ,