As Coisas Que Fazemos Por Amor – Kristin Hannah

As Coisas Que Fazemos Por Amor é um livro da autora Kristin Hannah. Sua publicação é de 2017 pela editora Arqueiro.

Sobre o Livro

Angela DeSaria vem de uma família tipicamente italiana, daquele tipo que é grande, barulhenta e que tem integrantes que adoram se meter na vida uns dos outros; com toda a parte boa e a ruim que isso implica. O restaurante da família é o foco de quase todos, menos dela; Angela prefere dar adeus a cidadezinha e mudar-se para um lugar que a permita realizar seus grandes sonhos: graduar-se, tornar-se uma profissional de sucesso, casar com o homem que ama e ter filhos.

Infelizmente as coisas não acontecem como ela planejou. As tabelas, planilhas e toda a organização compulsiva não a ajudou a manter seu relacionamento estável, muito menos a conseguir ser mãe; uma idealização que acabou por tornar-se um pesadelo para ela e assunto velado entre pessoas próximas. A desilusão de ter quase tudo o que queria e mesmo assim sentir-se infeliz e incompleta acaba abalando a relação conjugal de Angela, e o divórcio iminente se transforma na possibilidade de mudança que ela jurou jamais cogitar: voltar para sua terra natal. Enfrentar a família, o restaurante e os fantasmas dos fracassos que duelam com as lembranças bonitas que o tempo não apagou pode ser o recomeço que ela precisa.

“Embora ela e as irmãs tivessem optado por vidas diferentes e tendessem a se intrometer muito nas escolhas das outras, eram como fios de uma mesma corda. Juntas, eram fortes. Angie precisava voltar a ser parte disso; andava se lamentando sozinha havia tempo demais.”

Enquanto tenta se adaptar a nova vida, que muito se assemelha àquela que a protagonista queria deixar para trás, Angela conhece Lauren; uma adolescente exemplar que é merecedora de tudo aquilo de bom que uma jovem necessita para ser feliz, mas que precisa sobreviver com as migalhas que recebe de uma mãe negligente, distante e egoísta. Angie e Lauren encontram uma na outra a possibilidade de preencher o vazio que sentem; encontram na relação que estabelecem uma maneira de se fortalecer para encarar as perdas, as dores. O futuro incerto.