A Queda dos Anjos – Susan Ee

A Queda dos Anjos é o primeiro livro da série da autora Susan Ee e, foi lançado aqui no Brasil em 2016 pela Verus Editora.

Sobre o livro

Nesse primeiro livro, Fim dos Dias, estamos vivendo alguns meses depois do apocalipse. Os anjos desceram dos céus e subjugaram à força os humanos, matando todos aqueles que cruzassem o seu caminho. Agora eles controlam o planeta, mas ninguém entende muito bem qual é a intenção deles ou o que estão verdadeiramente fazendo dentro dos locais que tomaram como sede. O que a terra tem a oferecer quando se tem todo o céu?

“Eu nunca percebi que triunfar era simplesmente estar viva.”

Nesse universo caótico temos gangues de mercenários dispostos a tudo para sobreviver e os humanos que só querem continuar vivos. É entre esse segundo grupo que nossa protagonista, Penryn está. Ela tem fugido com sua irmã, Paige, que é paraplégica e a mãe, que tem alguns parafusos soltos, porém tudo muda quando ela presencia uma luta entre anjos.

Na rua, enquanto tentava achar comida e um lugar seguro, elas veem um grupo de anjos derrotar um outro serafim e lhe cortar as asas. Desesperada pela ação Penryn acaba atirando para o anjo machucado sua espada e com isso irrita o líder do grupo, que leva Paige como refém. Sem saber o que fazer ou para onde ir, Penryn se vê sozinha e enxerga no anjo machucado sua única forma de encontrar a irmã mais nova.

Assim, ela socorre Raffe e exige sua ajuda para encontrar Paige, numa troca de favores, já que o anjo precisa costurar de volta suas asas. Eles vão avançar em direção ao covil dos serafins, porém, o que os espera lá pode ser bem surpreendente e ajudar a entender um pouco mais sobre o porquê desses seres estarem entre nós.

Minha opinião

20160320_170803

Lendo esse livro percebi que li poucas histórias que tivessem anjos envolvidos, porém, nenhuma delas era pós apocalipse e sim numa preparação ou busca por esse objetivo. Dessa forma A queda dos anjos trás uma perspectiva diferente ao leitor.

Achei a Penryn uma personagem bem interessante principalmente no primeiro momento do livro, onde é claro que é ela quem está carregando a família nas costas. Com o problema de locomoção da irmã e mental da mãe ela é o que mantém tudo junto e funcionando. E, logo que ela perde isso, podemos ver que um pouco de quem ela é se vai também.

“Começo a dizer a ela que tudo ficará bem, mas a mentira seca em minha boca. Não faz sentido tranquilizá-la.”

20160320_170727

Por mais que ela seja forte a sua maneira, Penryn tem seus momentos mimizentos no livro, mas em geral se caracteriza como uma personagem que está em busca do objetivo de recuperar sua irmã e vai ir atrás disso custe o que custar. E é ai que o contraste dela com o Raffe entra em jogo. Como ele é quieto e enigmático e ela quer saber tudo, ver os dois juntos é quase um duelo silencioso. Ela quer saber o que está acontecendo, o que está se passando na cabeça dele, mas ele aplica a boa terapia do silêncio e raramente entrega algo a mais do que o estritamente necessário.

A trama envolta dos anjos, a forma como eles conduzem as coisas, a política de comando e o que eles realmente estão fazendo em terra firme é realmente a parte interessante do livro e é quando essas coisas começam a ser reveladas que o livro fica bacana. A presença deles e o rapto de Paige podem não ser tão aleatórios assim, e o que eles querem com os humanos se torna algo bem complexo que, mesmo no final, não fica totalmente claro.

Quando o livro termina estamos em uma situação bem diferente do desenrolar da história, nesse primeiro livro, portanto o que virá em seguida fica bem aberto para interpretações. Eu espero que a trama se desenvolva mais no âmbito político ou estratégico do que no romântico, apesar de termos tido pouco nesse livro (e sem triângulos amorosos, viva!).

Também acho que tenha mais a ser revelado na relação com a mãe dela, já que no livro fica a incógnita sobre se foi ela ou não quem causou a condição da Paige e, o fato de ter pedido a Penryn que tomasse aulas de defesa pessoal e aprendesse a lutar para se proteger e proteger a irmã, o que pode ser um indício que ela está escondendo algo que vai além de uma simples doença.

Fica aqui a curiosidade e expectativa para o próximo livro. E se você ainda não leu livros sobre anjos ou está procurando uma nova opção, dê uma chance para A Queda do Anjos :)

4estrelas

20160320_170144

Os anjos do apocalipse chegaram — e vieram para aterrorizar a humanidade e acabar com o mundo moderno. Gangues de rua tomam conta do dia, enquanto o medo e a superstição dominam a noite. Quando anjos guerreiros sequestram uma menininha indefesa, sua irmã mais velha, Penryn, fará o que for preciso para salvá-la. Até mesmo um acordo com um anjo inimigo. Raffe é um guerreiro caído, que perdeu as asas. Depois de eras lutando suas próprias batalhas, ele é resgatado de uma situação desesperadora pela jovem Penryn, que concorda em ajudá-lo — desde que ele mostre a ela como encontrar sua irmã. Viajando por um mundo sombrio e perigoso, eles podem contar apenas um com o outro para sobreviver. Juntos, vão em direção à fortaleza dos anjos em San Francisco, onde Penryn arriscará tudo para resgatar sua irmã, e Raffe se colocará à mercê de seus piores inimigos pela chance de voltar a ser inteiro.

 

É a criadora e autora do Resenhando Sonhos. Gaúcha do interior do Rio Grande do Sul, hoje mora na capital Porto Alegre e quer conhecer o mundo. Publicitária por formação, sonhadora por opção. É mal humorada e chata.
  • Alessandra Fernandes

    Tamirez, a estória parece ser muito boa mesmo! Não me lembro de ter lido alguma estória com anjos, mas esta me deixou bem curiosa para descobrir mais sobre os personagens, esta guerra entre anjos e humanos e claro, a busca de Penryn pela irmã e de Raffe por suas asas.
    Enfim, adoro narrativas bem construídas e A Queda dos Anjos tem tudo para se tornar uma grande e inesquecível história.
    Bjs!

    • Sim Ale, acho que tem bastante pra trabalhar nessa história e to esperando por uma boa continuação :D

      Beeijo

  • Juh Bernardo

    Oie,
    Eu já havia visto essa capa, mas nunca tinha lido nada sobre o livro.
    Parece ser uma ótima leitura, fiquei curiosa com seu conteúdo.
    Gostei muito da resenha!!

    Beijos,
    Juh
    http://umminutoumlivro.blogspot.com/

  • Gabrielle

    Eu não li nenhuma história que possui anjos no enredo. Mas adorei a sinopse do livro, gosto muito de histórias que prendam a minha atenção e creio que A Queda dos Anjos seja perfeito para isso. Quero muito ter a oportunidade de lê-lo, pois sei que terá muita ação, devido ao esforço de
    Penryn para resgatar sua irmã. Estou curiosa para saber o que vai acontecer no final do livro.

    • Eu já to bem louca pra saber o que vai acontecer no próximo Gabi :D
      Espero que consiga ler!
      Beijoo

  • Joseph Luis

    Oi Tamirez!!
    Também não leio ou li muitas obras sobre anjos, mas ate que gosto…
    Em breve irei ler a série Fallen e espero gostar.
    Vou colocar esse na meta porque estou realmente me interessando por livros mais sobrenaturais com anjos e demônios.
    Outra série que me indicaram de anjos é Hush Hush, você já leu?
    Beijo.

    • Não li ainda Joseph, e por enquanto não tenho interesse. Parecem ser livros focados no romance com personagens centrais e ando passando longe desses porque tem sido uma decepção atrás da outra. Um dia lerei, mas não vai ser por agoooora!

      Beeijo

  • Nunca li muitos livros sobre anjos, não sei, não consigo me imaginar lendo sobre. Mas o livro parece ser bom, pela sua resenha! :D
    Acho que o que mais vai prender a atenção na história é o jeito que o autor arruma pra descrever as cenas. Precisa ser criativo, porque eu me entedio muito fácil quando a descrição não é boa. haha
    Vou ver se arrumo pra ler este livro!
    Livros, Amor e Mais

    • Eu comecei a ler coisas com anjos ano passado e tive boas experiências, mas alguns que me recomendam eu não tenho vontade de ler, porque o foco não é no mundo e sim no romance. Eu gosto de ver as coisas, mas se for muito prolixo também não gosto hahaha

      Beeijo

  • Alessandra Maria

    Eu também li poucos livros sobre Anjos, só Batalha do Apocalipse e Feita de Fumaça e Osso (por sua indicação). Gostei da premissa ser pós apocalipse, pois dai temos uma visão bem diferente dos outros livros mesmo, que como você disse, estão sempre tentando fazer com que isso não aconteça.

    Beijinho

    • Espero que tenha gostado de Feita de fumaça e osso, é o meu favorito com anjos. Também achei interessante ver o pós, pra mudar de perspectiva e inovar um pouco :D

      Beeijo

  • cristiane dornelas

    Sou uma que me decepciono com muitos livros de anjos que li por ver falar bem e ir ler por esse motivo. Aí pego e é aquela coisa de mais do mesmo ou que não me agrada muito. Fiquei seletiva com esse tipo de livro…

    Mas esse vem me chamando atenção por parecer ser diferente, com mais ação e cenas de tirar o fôlego. Acho que a trama tem mais adrenalina, sei lá. Faz você ficar envolvido na história. Estou pensando em ler e torcendo pra ser bom.

    • Pois é, eu não leio muito porque as histórias não me chamam muito a atenção ou são muito voltadas para o romance, mas esse acabei gostando e quero seguir acompanhando :D

      Beeijo

  • Larissa Santos

    Oi Tamirez,
    Gosto muuuito de livros que tem anjos, mas dessa forma não li nenhum ainda. Essa “guerra” entre os anjos é diferente pra mim. Inteligente a atitude da protagonista e muito linda, querer proteger a família. Espero que esses momentos da Penryn não me tire do sério haha.
    Beijocas ^^

    • Sim, eu só tinha lidos coisas pré e achei interessante esse outro ponto. Vamos ver como a coisa se desenrola daqui pra frente :p

      beeijo

      • Larissa Santos

        Tomara que continue bom.
        Beijocas ^^

  • Ryokobel

    Oi Tamirez, tudo bem ???
    Eu lembro de quando vi uma foto desse livro lá no seu Instagram, fiquei super curiosa para saber do que se tratava esse livro, nunca tinha ouvido falar nele, e assim como você destacou, são poucos os livros que conheço que trazem anjos como tema para suas histórias.
    Me interessei muitíssimo pela história, parece ser instigante e bem misteriosa, mas existe uma coisa que me deixou irritada. Não me entenda mal, quando bem executadas, eu acho muito interessante se usar de fórmulas já utilizadas em outros livros de sucesso. Mas essa inserção louca de uma protagonista que precisa proteger a irmã, em livro após livro, história após história, me irrita um pouco. Gosto, adoro essa ideia, mas vejo que muitos autores se aproveitam dela e começa a ficar cansativo … :/
    Ainda sim, mesmo com a minha revolta pessoal, rsrsrs, com certeza irei conhecer essa história. Estou super curiosa !!!

    Beijinhos
    Hear the Bells

    • Siiiim, também achei meio clichê ~ vibe a 5ª onda ~, mas né, tentei não pensar muito sobre isso se não começo a pirar em um monte de treta. Acho que ela pode evoluir bastante a história e engrandecer a trama e espero que isso aconteça no segundo livro :D

      Beeijo

  • Emanoelle Souza

    A Cada mês a editora Verus se torna mais e mais minha editora favorita!
    adorei a resenha do livro que é definitivamente o meu estilo de livro, soube que é uma trilogia e mal posso esperar para os outros livros serem lançados.

    • Siim! Espero que não demore a sair por aqui também :D

      Beeijo

  • Fernanda Rodrigues Mendonça

    Hm.

    Não sei muito o que dizer com relação a esse livro. Assim, acho que não consigo pensar em nenhum livro com/sobre anjos que eu já tenha lido que me pareça plausível, entende? É como se me dissessem que lobisomens são rosa e tem um chifre de unicórnio na testa e passam a vida distribuindo chocolates hahahahahahahahahahaha
    Daí o livro ate parece legal, mas já meio q deu pra perceber isso na resenha (a menos que tenha alguma explicação oculta né), como no caso do rapto da Paige. Se eles tão matando todo mundo, pq iam sequestrar ela?

    • aiiii Fernanda hahahahaha. Você não gosta de fantasia então?
      Beeijo

  • Rubyane

    Quando eu imagino uma “parceria” entre um anjo e uma humana a primeira coisa que me vem a mente é um romance entre os dois. Mais me animei um pouco quando você disse que tem pouco romance no livro (eu não sou muito fã de romance). O livro parece ser interessante, ainda mais porque eu tenho vontade de ler algum livro que de destaque para anjos.

    • Também não sou fã de romance nos livros, principalmente se eles desvirtuam a história principal. Espero que não acentuem no segundo e estraguem a trama!

      Beeijo

  • Vitor Dilly

    Olá Tamirez! Assim você me derruba:
    “O que a terra tem a oferecer quando se tem todo o céu?”
    Que propósito misterioso os anjos tem na Terra quando se estão estabelecidos em volta do poder e da glória do universo infindo, com seus gazilhões de planetas?
    Bem, deduzimos assim que os Anjos tem uma “Queda” pela Terra… Outch! Essa doeu! heheh :P

  • suzana cariri

    Oi!
    Gosto dos livros de anjos, mas esse é um dos livros mais diferente que vejo sobre esse tema que me deixou bem interessada, gostei muito da Penryn que parece uma personagem forte e determinada e fiquei curiosa sobre o Raffe que pareceu um personagem bem misterioso e cheio de segredos e esse livro já está na minha lista de leitura !!

  • Erika

    Gostei do tema. Adoro temas de apocalipse, etc. Ao terminar de ver sua resenha, me surgiu dúvida: vai ter um romance da Penryn com o Raffe? Espero que não. Eu não entendo essa necessidade capenga de formarem parzinhos românticos em todas as estórias. Perde total a credibilidade. Voltando, eu gostei bem da temática e apesar de torcer a cara também pra essa coisa da trilogia (que torna os leitores meio escravos), eu gostei do fato de trabalhar com política, talvez hierarquia dos anjos, etc… Aguardo sua resenha dos próximos. Acho que nunca li um livro de temática de anjos, o único que li que tinha um personagem anjo era do André Vianco.