Batman: O Longo Dia das Bruxas – Jeph Loeb & Tim Sale

Originalmente publicado de dezembro de 1996 a dezembro de 1997, e sendo relançado em 2015 numa coleção de capa dura da Eglemoss. Batman: O Longo Dia das Bruxas conta com roteiro de Jeph Loeb, Tim Sale como desenhista e Greogory Wright e Richard Starkings como coloristas.

Durante essa saga acompanhamos o cavaleiro das trevas, depois de anos de treinamento, encontrando uma Gothan corrupta e dominada pelas famílias de chefes de crimes organizados: Carmine “Romano” Falcone e Salvarote Maroni. Mas até mesmo as famílias do crime passam a sofrer na mão de um novo criminoso em Gothan, conhecido como Feriado, e que faz de suas vítimas os integrantes das duas famílias criminosas.

Contando com a ajuda do então capitão Gordon – sim, na época ele ainda não era comissário-, juntamente com o promotor público Harvey Dent, o Morcego tenta trabalhar para poder desmantelar o crime organizado e capturar o Feriado.

Durante a trama conhecemos um pouco mais do passado pai do Batman, que tem uma relação com o senhor Falcone. Relação essa que o criminoso tenta usar para poder fazer com que Bruce Wayne participe de seus negócios obtusos.

Além do Batman temos aqui Harvey Dent, que é um personagem bem marcante na trama, com sua obsessão por prender os integrantes do crime organizado e o impacto disso na sua mente e vida conjugal. Vemos como é tênue a linha que separa os vilões dos heróis e como o promotor público vai se transformando ao longo da trama em um vilão.

A trama é muito bem desenvolvida e gradativamente vamos sendo apresentados aos vilões do universo do morcego que já conhecemos. Hera Venenosa, Solomon Grundy, Charada, Espantalho e Chapeleiro Maluco tem seu papel na trama. E é claro que não poderia faltar um dos personagens mais emblemáticos do universo do Morcego, Coringa. Temos também a presença de Selina Kayle, ou Mulher-Gato, e seu envolvimento com Batman é muito bem explorado.

Apesar de parecer previsível, o final tem um desfecho surpreendente. Com traços e cores pensadas para tornar a HQ bem sombria, os personagens são bem trabalhados, e a participação de cada vilão tem um papel relevante na trama. Então, se você é um fã do herói ou dos vilões, vale a pena dar uma conferida em Batmam: O Longo Dia das Bruxas.

35estrelasb

BATMAN: O LONGO DIA DAS BRUXAS

Autor: Jeph Loeb e Tim Sale

Editora: Panini

Ano de publicação: 2008

Originalmente concebida como um arco para a revista Legends of the Dark Knight, a minissérie Batman: O Longo Dias Das Bruxas se tornou um dos maiores épicos dos quadrinhos e consagrou a dupla Jeph Loeb e Tim Sale. Seguindo diretamente os eventos de Batman: Ano Um, esta obra mostra uma série de assassinatos ocorridos em datas festivas e sempre relacionados ao submundo dos gângsteres de Gotham City, trazendo de volta personagens como Carmine Falcone – o Romano -, Harvey Dent, James Gordon, Mulher-Gato e muitos outros. Acompanhe a gênese do Duas-Caras, a evolução da amizade entre Gordon e o Cavaleiro das Trevas e a relação entre a Mulher-Gato e Batman. Jeph Loeb e Tim Sale formam uma das mais conhecidas duplas dos quadrinhos, responsável por obras como Superman: As Quatro Estações, Batman: Vitória Sombria, Homem-Aranha: Azul, Demolidor: Amarelo e Hulk: Cinza. Esta edição de 400 páginas traz a minissérie completa, além de esboços de Tim Sale, entrevista com os criadores e comentário dos autores.