fbpx

Bem Safado – Lauren Blakely

Bem Safado é o terceiro livro da série Big Rock, da autora Lauren Blakely, A publicação é de 2018 pela Faro editorial.

Sobre o Livro

Wyatt sempre sonhou em ter o próprio negócio, e batalhou muito para se tornar um empreiteiro bem sucedido. Ele é extremamente profissional e muito bom no que faz, um dos motivos de estar em grande ascensão profissional. O outro motivo? Sua secretária extremamente competente que está sempre um passo a frente. Ela sabe exatamente o que precisa ser feito, e não tem medo algum de trabalhar pesado. Natalie não é uma secretária simplesmente, ela é sua espécie de braço direito, uma pessoa tão vital para o negócio quando o seu próprio talento com as ferramentas que usa na construção. Que perfeito, certo?

Errado. Wyatt sabe muito bem que tudo pode ir por água abaixo sem ela ali, e sabe melhor ainda que não deve misturar as coisas… Aquela atração fortíssima que sente por ela? Ele precisa disfarçar a qualquer curto. O quanto se preocupa, o quanto a admira e o quanto gostaria que ela ficasse cada vez mais perto e à vontade, principalmente quando usa aquelas saias e quando se abaixa para pegar algo debaixo da mesa… Não, absolutamente não. Esse é o tipo de pensamento que ele deve manter longe da cabeça e o tipo de sensação que deve passar longe de suas calças. Porque ela é mais importante que isso. A amizade deles é mais importante que isso e ele não ousaria macular a relação que estabeleceram. E porque o negócio vem sempre em primeiro lugar, e ele não cometeria o mesmo erro duas vezes.

“Sou do tipo que oferece tudo ao mesmo tempo, e nunca pulo a melhor parte. Quando falo algo como “você nem imagina o que aconteceu”, acrescento meu selo de garantia de que você vai receber seu doce preferido inteirinho, incluindo a deliciosa cobertura de chocolate e o recheio bem consistente e gostoso. E, cá entre nós, eu recomendo que você devore esta história de dar água na boca, pedacinho por pedacinho.”

Acontece que eles viajam para Vegas a trabalho, e quando os negócios não saem exatamente como planejaram os dois resolvem aproveitar tudo o que a cidade do prazer tem a oferecer. Com um acordo tácito de viver intensamente durante os momentos que ficarem ali e depois deixarem que tudo volte ao normal, eles aproveitam. Nos cassinos. Atrás dos cassa níqueis, em quartos escuros e onde mais a imaginação permitir. E quando pinta a ideia de dizer SIM na frente do Elvis, eles aceita, porque afinal, estão em Vegas. Mas nem tudo o que acontece ali permanece na cidade, e muita coisa resolve acompanhá-los de volta para casa. Inclusive a certidão de casamento.  E agora?


Minha Opinião

Bem Safado é o terceiro livro da série, mas foi o quarto publicado por aqui. Então como eu já havia lido em Pacote Completo o que acontecia com esses dois (e como a gente já meio que consegue prever por conta da característica da escrita da Blakely), não tive grandes surpresas. Ainda assim, apreciei bastante a história. Novamente o casal já tem uma relação estabelecida, mas aqui a trama muda um pouco e a interação fica mais no cunho profissional.

Wyatt tem uma construtora e coloca diretamente a mão na massa, mas é péssimo em lidar com a organização da agenda ou interação com clientes e é neste ponto que Natalie entra e rapidamente se torna seu braço direito. A relação dos dois já é bem fortalecida e há uma forte e platônica atração. O medo de confundir as coisas faz com que os dois mantenham para si o que sentem, e por conta disso boa parte do livro é composta de pensamentos nada puritanos de Wyatt – uma das minhas partes favoritas, porque aqui o tom erótico vem salpicado das referências nerds características da autora. É engraçado, é fofo e divertido, deixa o texto leve e a narrativa fluida.

“Afinal, o que poderia dar errado em uma viagem de trabalho a Las Vegas?”

Quando os protagonistas viajam para Vegas e decidem viver por uma noite tudo o que a cidade do pecado tem para oferecer, a história pega foto e as cenas hots se elevam.  O bacana é que a Blakely sabe construir muito bem cenas eróticas,  de modo que o leitor não fique com a sensação de que há sexo desnecessário apenas para encher páginas. Neste ponto do livro a gente percebe que os personagens estão dando vazão ao que sentem há muito tempo, e naquele ínfimo espaço de tempo que eles têm qualquer segundo deve ser utilizado, então o tempo é bem aproveitado aqui. É neste momento que surge o ponto central da história, que será responsável pelo toque de tensão e drama que precisa ter em livros assim – caso contrário seria tudo muito simples, muito fácil e sem graça. Eles se casam, mas não deveriam. Eles voltam pra vida real e precisam se separar, mas aos poucos percebem que talvez no fundo não queiram.

O tom mais quente esfria um pouco a partir deste ponto, e embora o erotismo diminua a sensualidade está sempre presente. A química entre os personagens é muito clara, assim como em todos os livros da autora, a gente percebe que eles de fato se encaixam, se completam. E conforme a história vai se desenrolando e a gente vai descobrindo sobre determinadas inseguranças, sobre acontecimentos do passado (sempre tem, né?), a gente vai entendendo o porquê deles terem feito as coisas do jeito que fizeram, demorando o tempo que demoraram.  Mas esse é um romance, gente. Então o final feliz não tarda muito para chegar.

Aliás, eu tive a sensação de que esse foi o livro mais curto dessa série até agora. Não sei se o fato de eu já conhecer o casal ou se ter lido piadinhas sobre eles em Pacote Completo mexeu um pouco com a minha experiência de leitura. O que ficou claro é que o ritmo foi diferente aqui, mas não de modo ruim.

A leitura foi leve, gostosa e divertida, o que vem consolidando a Blakely como uma das autoras de comédia romântica erótica mais talentosa que já tive oportunidade de ler. Esse é o tipo de história que indico para quem quer algo que arranque risadas e que ao final deixe aquele sorriso bobo; para ler quando a gente quer um livro doce e sensual. Ele faz parte de uma série, mas o fato de cada obra falar de um casal permite que o leitor possa ler fora de ordem ou começar por onde quiser, desde que não se importe de ter spoilers sobre quem fica com quem, como e onde. Aliás, sobre isso, o quinto livro desta série se chama Joy Ride, e conta a história do Max e da Henley. Quem já leu Pacote Completo e Bem safado vai saber quem ele é, já a protagonista vai dar o ar da graça pela primeira vez somente em seu livro.  E eu, como boa fã da autora, não vejo a hora de lê-lo e adicioná-lo a coleção desses personagens lindos, divertidos e bem safados.

BEM SAFADO

Autor:Lauren Blakely

Tradução: Elenice B. Araujo

Editora: Faro Editorial

Ano de publicação: 2018

O empreiteiro Wyatt é bem-sucedido, inteligente, engraçado, bem… servido, mas nada organizado! Para lidar com a burocracia do negócio e ajudar na expansão de sua empresa, ele contrata a super eficiente Natalie. Os dois tem uma forte atração sexual, mas mantêm a relação apenas no âmbito profissional…. SEMPRE LEVO AS MULHERES À LOUCURA, SEJA NAS OBRAS QUE CUIDO OU DEBAIXO DOS LENÇÓIS.Isso até eles se verem num bar de Las Vegas e receberem uma notícia desastrosa. Para salvar a noite eles resolvem curtir tudo que a cidade do pecado tem a oferecer… desde uma certa montanha-russa até uma capela para casamentos rápidos. E o problema é que o que aconteceu em Vegas, não ficou em Vegas…E a cada dia me sinto mais tentado a mudar o status do meu relacionamento com a Natalie. Não sei se a trato como minha ex-esposa ou se coloco um anel de verdade no dedo dela.
O QUE NÃO TENHO DÚVIDAS É QUE NINGUÉM DEIXA MINHAS FERRAMENTAS EM PONTO DE BALA COMO ELA… E ISSO É ASSUSTADORAMENTE DELICIOSO.

Uma leitora frenética e inquieta, apaixonada por histórias fantásticas e com uma tendência a se deliciar com romances água com açúcar. Viciada em fotografias e gatos, é uma apreciadora das pequenas coisas e costuma ver beleza até onde não há.