Confesse – Colleen Hoover

Confesse é um livro da autora americana Colleen Hoover, lançado no Brasil em 2017 pela editora Galera Record.

SOBRE O LIVRO

Auburn é uma jovem garota que passou por um terrível trauma quando tinha apenas 15 anos. Ela perde seu chão e vê sua vida mudar após isso. Anos mais tarde, ela muda-se para Dallas, no Texas, em busca de novos ares. Ela consegue um emprego como cabeleireira mas precisa muito de um extra. E é assim que o destino faz ela cruzar na frente do estúdio de Owen.

Owen Gentry é um artista diferente. Além de ser um excelente pintor, ele também é bastante criativo. Ele criou uma galeria de arte chamada “Confesse” e desde que abriu o local, está fazendo bastante sucesso com os quadros pintados. Basicamente, sua galeria faz com que as pessoas passem ali, e deixem uma confissão anônima, e então, através dessas confissões, Owen interpreta aquelas palavras em forma de quadro, então cria artes incríveis que são vendidas rapidamente, e por isso que ele precisa de alguém que o auxilie nas vendas.

“Não escolhi ser artista. A arte meio que me escolheu”

Ele se lembra de Auburn assim que ela passa pela porta da galeria, mas resolve manter segredo para que ela não se assuste e pense que ele é um louco stalker. Eles logo fecham um acordo de trabalho e Owen percebe que ela pode ser muito mais que apenas uma funcionária.


MINHA OPINIÃO

Já não é novidade que Colleen Hoover é uma das melhores autoras de livros New Adult. Os protagonistas dos livros da CoHo são bem construídos e sempre possuem uma história de vida marcada por alguma perda ou trauma. Neste não é diferente. Auburn sofre desde muito nova, uma perda que deixa uma marca pra sempre em sua vida, e faz com que ela mude seu futuro. Ser cabeleireira não era o que ela sonhava, e muito menos ter que mudar de Estado. Há também motivos desconhecidos por nós leitores até a metade do livro que a fizeram tomar tais atitudes, e ela sempre se mostrou um tanto submissa à essas razões, e isso foi algo que me incomodou neste livro, não consegui me apegar tanto a essa protagonista.

Já Owen é um artista que sofre problemas que foram confessados por meio de bilhetinhos anônimos, e mesmo assim ele enfrenta os seus próprios problemas com pulso firme. Ele também tem um terrível trauma em seu passado, que uma das cicatrizes desses problemas é o relacionamento péssimo que ele tem com o pai.

“Ás vezes, a gente não tem uma segunda chance, Owen. Ás vezes, as coisas simplesmente acabam.

O enredo da história é bastante pesado. Há tantos mistérios que nós leitores ficamos loucos para descobrir, que faz com que a leitura flua rapidamente. Como o meu apego a personagem não foi do mais forte, dessa vez não foi o romance que me fez gostar desse livro, e sim os ensinamentos passados por de trás de cada história. Além dos protagonistas, os personagens secundários são ótimos, apesar de desagradáveis. Colleen sabe perfeitamente fazer você odiar um personagem do inicio ao fim. Trey é um dos “vilões” que eu mais odiei em livros de New Adult. Sabe aquele personagem que acha que as atitudes babacas que ele tem são as mais corretas possíveis? Então! Ele é exatamente esse tipo de homem, e eu amei odiá-lo tanto.

“Por favor, não deixe que ninguém faça você se sentir menos do que é.”

Já disse isso em outras resenhas da Colleen Hoover, como eu amo o fato dela sempre colocar algum elemento artístico em seus livros. Dessa vez, a autora pega confissões REAIS de seus leitores e as coloca no livro. Algumas coisas são leves e outras nem tanto, mostrando como ficção e realidade se misturam. Há coisas que as pessoas preferem não ver em algum livro, série ou até mesmo em novelas, mas elas estão ali, todo dia em uma página policial no jornal de alguma cidade.

Não gostei muito da capa, acho que deveriam ter mantido a original, mas a diagramação do livro está ótima, assim como os outros livros da autora. E, apesar de não ser o melhor livro da autora que eu já li,  é uma história legal de se acompanhar o desenrolar e torcer pelo desfecho que sempre virá carregado de emoção. Em 2018, a editora Galera Record irá lançar o “It End With Us” que pra mim, é o MELHOR livro da autora e mal posso esperar. Com certeza será emocionante ler novamente.

CONFESSE

Autor: Colleen Hoover

Editora: Galera Record

Ano de publicação: 2017

Um romance sobre arriscar tudo pelo amor — e sobre encontrar seu coração entre a verdade e a mentira. Da autora das séries Slammed e Hopeless.
Auburn Reed perdeu tudo que era importante para ela. Na luta para reconstruir a vida destruída, ela se mantém focada em seus objetivos e não pode cometer nenhum erro. Mas ao entrar num estúdio de arte em Dallas à procura de emprego, Auburn não esperava encontrar o enigmático Owen Gentry, que lhe desperta uma intensa atração. Pela primeira vez, Auburn se vê correndo riscos e deixa o coração falar mais alto, até descobrir que Owen está encobrindo um enorme segredo. A importância do passado do artista ameaça acabar com tudo que Auburn mais ama, e a única maneira de reconstituir sua vida é mantendo Owen afastado.

É resenhista do Resenhando Sonhos.
Nascida no interior Paulista, futura cientista da computação, se apaixonou por literatura quando conheceu o bruxo Harry Potter e o vampiro Edward Cullen. Adora ir no cinema e assistir séries em dias chuvosos.

  • Daiane Araújo

    Oi, Erika.

    Acho que a forma como a Colleen vai nos falar no livro sobre segredos e sobre um passado doloroso, e como a Auburn vê uma nova chance para ser feliz novamente, diante do impasse da vida e seus dilemas, é magnífica.

    E também em como segredos podem impulsionar vidas e modificá-las.

    E a ideia da autora em colocar confissões verdadeiras no livro, foi genial!

  • Júlia Assis

    Oi, Erika! Recentemente tive uma das minhas maiores decepções literárias e foi um livro da Colleen, o tão aclamado ”Um Caso Perdido”, enfim isso é outro assunto. Mas desde essa decepção eu estou com um pé atrás pelos livros dela, e quando você disse que não se conectou com a personagem lembrei que foi exatamente isso que senti enquanto lia o um caso perdido, mas o fato das pinturas dele serem baseadas em confissões eu achei bem interessante, se eu for dar uma segunda chance pra ela pode ser que seja por esse livro, ou você me indica algum outro? Bjs

  • Natália Costa

    Oi Erika, tudo bem? Nunca li nada da Coleen, mas pensei em começar por Confesse, ou Novembro, 9.
    Ou então o It, Ends with Us, que acabei comprando em inglês mesmo. Qual deles me indica?
    Bjosss

  • Pamela Liu

    Oi Erika.
    Eu AMO as histórias da CoHo e estou doida para ler Confesse.
    Os personagens parecem incríveis e quero muito conhecer as suas histórias.
    Achei bem interessante e tocante a autora ter se inspirado e utilizado relatos verdadeiros dos seus leitores.
    Espero ler esse livro logo.
    Bjs

  • Carolina Santos

    Nunca li nada da CoHo por favor não me mate kkkkk só não li por falta de oportunidade mesmo sempre acabo tendo uma leitura mais interessante antes dos livros dela mas minha meta para esse ano é começar a ler alguns livros dela principalmente a série métrica que todo mundo fala que é uma das melhores obras dela

  • rudynalvacorreiasoares

    Erika!
    Quantas confissões…kkkk Adorei!
    Sou como você, gosto de romances com drama, dão mais emoção.
    Quanto ao livro, acredito que seja o mais desejado pelos fãs da autora, porque vamos e convenhamos, ela sabe escrever um bom livro.
    Sabe que não entendo? Por que ficar escondendo segredos? Não é melhor falar logo tudo e pronto, evita muitos problemas.
    Soube que vai se tornar uma série, será?
    “Que o novo ano que se inicia seja repleto de felicidades e conquistas. Feliz ano novo!” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy