fbpx

Contos – Anton Tchekhov

Contos, de Anton Tchekhov é uma coletânea publicada pela editora Nova Fronteira, em 2018, que reúne contos famosos de um dos mais importantes escritores russos.

SOBRE O LIVRO

Além de peças de teatro, Anton Tchékhov escreveu e publicou cerca de quinhentos contos, tornando-se um dos principais escritores e mestres do gênero, se dedicando a tratar com ironia os pequenos dramas da sociedade com um estilo simples. 

A coletânea que reúne  37 contos traduzidos diretamente do russo, procura exaltar o talento do autor em narrar a beleza do cotidiano com simplicidade enquanto demonstra a profundidade da alma e dos sentimentos humanos no que eles têm de mais belo ou de mais desprezível. 

“E nessa constância, nessa total indiferença com a vida e a morte de cada um de nós, talvez se aloje o penhor da nossa salvação eterna…”

Alguns dos contos disponíveis no livro são também alguns de seus mais conhecidos, como por exemplo: A dama do cachorrinho, O bilhete de loteria, A morte do funcionário e Angústia. 


MINHA OPINIÃO

Dizer sobre nada muitas vezes significa dizer sobre tudo. Essa talvez seja a maior lição que tirei desta obra, que me pareceu tão e somente confusa inicialmente, com temas comuns ou assuntos que de tão naturais muitas vezes não são dignos de nossas reflexões.

“Os laços de família estão conspurcados, a hora arrastada na lama, o vício triunfa, e por isso eu, como cidadão e homem de bem, tenho de ser vingador.”

Ao contrário, no entanto, ao longo da leitura vamos percebendo que a proposta do autor é justamente esta: nos fazer refletir. Não sobre assuntos que estejam distantes de nosso dia a dia, mas sobre pequenos gestos, pensamentos e atitudes que tomamos a cada minuto de nosso tempo e que nos fazem ser quem e o que somos.

Um dos meus contos favoritos é “A morte do funcionário”, que retrata brevemente a história de um ser que vive agoniado e preocupado com o que estão pensando a seu respeito e em como conseguir aprovação. Tão preocupado que acaba por falecer tentando se desculpar. É curioso pensar no quanto somos carentes de aprovação e por esse motivo muitas vezes acabamos criando situações incômodas a nós mesmos e aos outros.

Além desse, muitos outros temas são abordados pelo autor, como o amor, a traição, amizade, caráter e outros tantos. Apesar de não ter tido outro contato com Tchekhov, acredito que os contos aqui selecionados são uma ótima porta de entrada para aqueles que se interessem, já que ao contrário da complexidade, a sacada de sua escrita e narrativa estão na simplicidade e na reflexão induzida e não forçada.

Dito isto, sendo o mais simplista possível, apenas posso dizer que espero que muitos leitores ingressem no universo do autor a partir de seus contos e, especialmente, que os leiam da forma mais despretensiosa possível, se deixando assim, surpreender.

CONTOS

Autor: Anton Tchekhov

Editora: Nova Fronteira

Ano de publicação: 2018

Tchekhov foi um dos maiores autores russos e um dos mais importantes dramaturgos e contistas de todos os tempos. O escritor tinha a rara capacidade de ver e transmitir a beleza quase imperceptível do cotidiano e mostrar a força e a profundidade da alma humana e, sobretudo, dos sentimentos e das relações pessoais, no que elas têm de mais nobre ou de mais mesquinho e desprezível. Com tradução e seleção de Tatiana Belinky, um ícone da nossa literatura, esta coletânea traz os principais contos de Tchekhov, como “A senhora com o cachorrinho”, “A morte do funcionário” e “O bilhete de loteria”.

É resenhista do Resenhando Sonhos.
Estudante de Direito, 21 anos, mineira, mora em Belo Horizonte e ama o universo literário.