A Cor de Coraline – Alexandre Rampazo

A Cor de Coraline é do autor Alexandre Rampazo e é um lançamento de 2017 da Rocco Pequenos Leitores.

Coraline se sente muito confusa quando Pedrinho lhe faz o seguinte pedido: Me empresta o lápis cor de pele? Dentro da cabeça da menina um mar de opções se abre e ela começa a tentar buscar respostas para essa pergunta, já que não sabe exatamente de que cor Pedrinho está falando.

De tom em tom Coraline viaja e pensa sobre as possibilidade, compartilhando seus pensamento e anseios com o leitor de forma simples e bela. Enquanto isso o menino espera sua resposta de forma atenta, aguardando a reação final da menina. Qual será a cor que Coraline vai entregar?


Minha Opinião

Que amorzinho! é a primeira coisa que eu tenho pra dizer sobre essa história. Eu tenho intercalado alguns quadrinhos, mangás e livros ilustrados entre as minhas leituras e assim que Coraline chegou por aqui eu já devorei. São pouco mais de 32 páginas contendo muitas ilustrações e pequenos blocos de texto, mas que contam uma linda história.

O debate sobre tom de pele e racismo é algo que está sempre em pauta. Qual é a cor da pele e como essa interpretação se forma na cabeça de uma criança foi uma forma muito especial e lúdica de abordar a temática. Alexandre Rampazo realmente acertou muito no tom.

Coraline vai especular das cores mais “óbvias” aquelas que não fariam muito sentido, mas que na cabeça da menina podem ter alguma explicação, afinal Pedrinho não definiu um parâmetro. Pele de quem? Dela, dele, de um personagem, de um animal? E, acho que algo que é o mais importante, importa mesmo descobrir qual é a resposta para essa pergunta? Será que existe uma cor certa?

Eu não sabia muito o que esperar mais fiquei apaixonada pela lógica e leveza da história. Certamente vou indicar a todo mundo que tem filhos pequenos para que essa seja uma história compartilhada na infância. Tenho certeza que a reação das crianças, seja de entendimento total, reflexão ou até discordância leve os pais a trabalhar o assunto da igualdade e do não preconceito de forma muito sadia, moldando jovens mais atentos ao tema desde o inicio.

Como a própria sinopse já diz, as cores não estão aqui para servirem de diferenciação e sim para colorir e deixar o mundo ainda mais belo. Talvez nem Pedro saiba a cor que ele pediu, talvez a que Coraline escolher não vai ser a que ele esperou, mas ao fim, não é realmente a cor que importa.

A Cor de Coraline é um livro ilustrado, curtinho, mas com uma mensagem muito bonita e importante se ser apresentada às crianças. Pros papais, mamães, irmãos, titios, titias, madrinhas e padrinhos, fica aqui uma ótima representação para dividir com o pequeno que encanta a sua vida. Você vai se divertir e ainda passar a frente uma mensagem tão legal e importante. Vamos todos viajar e encontrar significado junto com Coraline.

A COR DE CORALINE

Autor: Alexandre Rampazo

Editora: Rocco

Ano de publicação: 2017

Quantas cores cabem na pergunta “Me empresta o lápis cor de pele?”. Em A cor de Coraline, o ilustrador, designer gráfico e escritor Alexandre Rampazo passeia pelas inúmeras possibilidades contidas numa caixa de lápis de cor e na imaginação infantil a partir da pergunta de um colega para a pequena Coraline, e mostra que o mundo é mais colorido – e diverso – do que nos acostumamos a pensar.

É a criadora e autora do Resenhando Sonhos.
Gaúcha do interior do Rio Grande do Sul, hoje mora na capital Porto Alegre e quer conhecer o mundo.
Publicitária por formação, sonhadora por opção. É mal humorada e chata.