Dartana – André Vianco

Dartana é o primeiro livro da nova trilogia do autor André Vianco e foi lançado pela editora Rocco em 2016.

f4

Sobre o livro

Na cidade de Daargrad, no planeta Dartana os habitantes sofrem de uma terrível maldição: eles não guardam aquilo que aprendem. Por mais que eles aprendam algo, no dia seguinte tudo é esquecido por causa das criaturas invisíveis que se alimentam do pensamento das pessoas: os vorazes. Em meio a pobreza e miséria eles sobrevivem com a ajuda das feiticeiras que vivem no Hangar e que são as únicas que guardam conhecimento, elas são muito temidas e respeitadas pelos habitantes. É de conhecimento geral que quando um novo deus da guerra nasce, ele parte com um exército de dartanas que é escolhido pelas feiticeiras para marchar até Combatheon, uma terra de guerra, para lutar até o fim pela libertação do povo da maldição do pensamento.

Um novo deus surge para lutar ao lado dos dartanas, Belenus nasce com um brilho dourado e logo as feiticeiras saem para avisar e convocar os novos guerreiros. Um colosso sempre vai para a batalha com três classes: soldados, construtores e feiticeiras novatas. Dentre os escolhidos para atravessar o portão para essa terra de guerra estão o engenhoso jovem Jeliath como chefe dos construtores, sua paixão não correspondida Dabbynne que releva-se uma grande feiticeira, a brava Thaidena junto com seu medroso namorado Parten e o general valente Mander. Os dartanas se jogam nessa morte certa sem titubear pelo bem maior daqueles que ficarão. Essa é a sua sina.

“Essas três classes de guerreiros é que tornavam a marcha possível, cada equipe cumprindo seu papel no campo de batalha, servindo ao glorioso deus da guerra que lutaria até a morte para defender a terra e libertar o povo em troca da adoração de um mundo inteiro aos seus feitos, e, esses guerreiros, que marchariam a seu lado, seriam chamados de sua legião, de campeões, e teriam a honra de existir para todo o sempre ao lado do grande deus de Dartana.”

f6

Paralelo a esses acontecimentos somos transportados para a cidade de São Paulo, nos tempos atuais, onde a menina Doralice de apenas 10 anos é criada pelos tios Glaucia e Álvaro após o suicídio dos pais que estavam envolvidos em uma nova seita e que acreditavam na volta de um Deus. A menina passa a tecer comentários estranhos e isso apavora os tios que acreditam que ela pode seguir o mesmo caminho dos pais. Teria isso uma ligação com os deuses de Dartana?

Ao atravessarem o portão marchando atrás do seu Deus, os dartanas vão se deparar com uma terra regida pelo caos e destruição. Lá encontrarão os seus inimigos e descobrirão que não estão sozinhos no universo. Diversos deuses e deusas, raças que jamais ouviram falar, muita guerra, estratégias e destruição. Uma corrida em um mundo desconhecido para adquirir conhecimento e levar a vitória para os seus. Traições e derrotas e uma nova esperança aliada ao trabalho em equipe e desejo de salvação daqueles que amam.


Minha opinião

Há muito tempo eu conheci o autor André Vianco com os seus livros sobre vampiros que muito me agradaram por mostrarem o lado verdadeiro desses seres: a crueldade. Por isso, quando vi esse livro de tema tão diferente dos que eu estou acostumada a ler fiquei meio receosa sobre o que acharia dele. Mas ele é maravilhoso e me conquistou logo no começo. Desde o início pensei que seria uma história voltada apenas para esse universo fantástico de Dartana e imaginem a minha surpresa quando vi que a história seria mesclada com a nossa realidade e melhor, no Brasil? Achei essa jogada genial. Esse livro é completamente diferente de tudo que eu já li ou que eu imaginava. É fantástica a ligação que o autor faz entre mundos tão diferentes e como ele consegue fazer com que tudo isso esteja conectado e faça sentido.

Desde o começo fiquei agoniada com os dartanas e sua falta de conhecimento. É muito triste ver eles vagando sem aprender nada, sem conseguirem ter noção do básico para a sobrevivência. Nos pegamos, por muitas vezes, pensando o que seria da nossa vida se fôssemos nós. Além disso, fiquei extremamente intrigada com a ligação que eles possuem com essas feiticeiras. Duvidei por muitas vezes do que elas contam e fiquei extremamente curiosa com o que eles vão encontrando depois dos portões para Combatheon, pois até eles atravessarem não sabemos se dará certo e o que o destino os reserva. Quais serão os seus inimigos?

“Criaturas invisíveis e tão mágicas quanto as feiticeiras, enquanto os dartanas dormiam, devoravam de dentro da cabeça todo o conhecimento ou pensamentos que se juntasse, impedindo que os dartanas aprendessem ou que repetissem feitos que poderiam melhorar a vida de todos.”

f5

Apesar do livro ser extenso, os seus capítulos não são tão longos e a história acaba fluindo rapidamente, principalmente porque você PRECISA saber o final, pois a cada página aprendemos algo e temos uma nova revelação. Essa alternância entre Dartana, Combatheon e a Terra é surreal. Está tudo conectado. Quando os mundos começam a se encontrar e seus habitantes passam a ter uma conexão, aprendemos muito e desenrolamos os nós que são feitos no começo. Achei incrível essa jogada de aprendermos ao mesmo tempo que eles, pois esse mundo é desconhecido para todos, inclusive dos próprios dartanas.

Jeliath é um dos personagens principais, juntamente com Dabbynne e são responsáveis por diversos fatos importantes e reviravoltas, mas uma das minhas preferidas é a soldado Thaidena que é brava e corajosa desde o começo, e que adquire o seu papel notório junto aos outros. Ela não hesita quando o assunto é marchar junto ao seu deus pela libertação dos seu povo. Thai é jovem, mas muito determinada e passa por diversas provações no seu caminho. A história é cheia de guerras e mortes, onde o conhecimento é o mais importante para adquirir a vitória. O livro possui uma riqueza de detalhes na narrativa e quase nos imaginamos como espectadores de todas essas lutas, como se estivéssemos lá, mas apesar disso senti falta de um mapa no livro para melhor me localizar nesses mundos tão complexos.

O final é surpreendente e quando terminei já queria a continuação. Muitas coisas ainda não foram explicadas e outras tantas dúvidas apareceram na sua conclusão. Eu recomendo muito esse livro e é até difícil falar sobre tudo que ele tem, e o que acabei falando é apenas o básico, a ponta do iceberg. A história é ainda muito mais rica e complexa que isso. Recomendo esse livro para quem tem a cabeça aberta a novos mundos, raças e culturas. Para quem acha que já leu de tudo nessa vida, você será surpreendido com esse universo.

thumb_livro

4estrelasb

DARTANA

Autor: André Vianco

Editora: Fábrica 231 – Rocco

Ano de publicação: 2016

Novo livro do escritor e roteirista André Vianco, um dos maiores nomes da literatura de fantasia nacional, Dartana apresenta um mundo retalhado entre vida e morte, fé e descrença, mitologias e mentiras. No romance, o primeiro de uma trilogia, Dartana é um planeta castigado por uma maldição da qual somente as feiticeiras escapam. Quando um novo deus da guerra surge, muitos habitantes daquele mundo sombrio marcham com ele rumo ao Combatheon, uma plataforma de guerra que representa sua única chance de se libertar da terrível maldição. Esbanjando criatividade e domínio narrativo, André Vianco constrói uma obra surpreendente em que deuses guerreiros, feiticeiras, soldados e construtores se unem para forjar um novo mundo.

 

É colaboradora do Resenhando Sonhos.
Natural de São Sepé, atualmente morando em Santa Maria.
Formada em Gestão da TI pela URCAMP e cursando Produção Editorial na UFSM.
Apaixonada por livros, Johnny Cash e cachorros.
  • Lara Caroline

    Oi Georgea, tudo bem?
    Nunca li nada do Andre Vianco, mas tenho bastante curiosidade por ele ser um autor nacional e escrever histórias que as pessoas falam tão bem.
    Achei muito legal o fato de algumas coisas da história se passarem aqui no Brasil, é muito raro algum autor nacional escrever algo sobre o próprio país. Estou curiosa para ler.
    Beijos

    • Geórgea Teixeira Morais

      Olá, Lara! Fiquei surpresa quando vi que se passaria nesses dois lugares e que tudo estaria conectado. A história ficou sensacional. Recomendo muito! Beijo

  • Marta Izabel

    Oi, Geórgea!!
    Adorei conhecer um pouco mais desse livro de André Vianco, ainda não li nada desse autor mas gostei muito da premissa do livro. Fiquei muito curiosa de como o autor vai desenvolver essa história qui no Brasil.
    Beijoss

    • Geórgea Teixeira Morais

      Oi, Marta! Procura alguma coisa dele para ler, garanto que você não vai se arrepender. Beijo

  • Bruna Prata

    Não conseguiria me imaginar nessa situação, deve ser uma leitura angustiante. Como ainda não li nada do André Vianco, talvez essa seja uma boa escolha, sem falar que ganha muitos pontos por ser nacional.

    • Geórgea Teixeira Morais

      Fiquei angustiada do início ao fim. Hahahaha
      A história é sensacional! Espero que você goste <3

  • Alison de Jesus

    Olá,a Rocco adora causar nas capas né?Estou hipnotizado por ela e já considero fazer uma tatuagem (mentira a última parte).Por ser de um autor nacional fiquei muito interessado em ler o livro que se destaca em sua originalidade (se pensarmos nos padrões estereotipados do nosso país) e nos promete uma boa série sobrenatural.

    • Geórgea Teixeira Morais

      Se você espera algo original é nesse livro que vai encontrar! hehe Beijão

  • Daiele

    Essa capa é bem sombria, adorei, haha
    Até hoje eu so li um livro do Vianco, e fico me perguntando pq, sendo que eu adorei a leitura. E é em resenhas assim, que eu tenho mais vontade de continuar lendo as obras do autor.
    Achei muito interessante essa premissa, para mim, é diferente de algo que ja li, gostei bastante, espero poder ler esse livro em breve.

    • Geórgea Teixeira Morais

      Olá, Daiele! Também nunca li nada nem parecido com isso. Confesso que fiquei apaixonada pela história! Beijo!

  • Gislaine Lopes

    Oi Geórgea,
    O que já li de André Vianco, foram seus livros de vampiros e adorei a forma como ele explorou a mitologia.
    Dartana, trás uma premissa bem interessante. O autor vai trabalhar com a ideia de novos mundos, mas dentro de uma realidade, pois temos um planeta criado ao mesmo tempo em que nos é apresentado o planeta terra. Deve ser interessante comparar os dois mundos, enquanto Dartana tem como base a feitiçaria e uma civilização impedida de aprender, os dias atuais, trás a nossa civilização onde a base é a tecnologia e constante aumento de conhecimento. Fiquei muito curiosa em saber como estas realidades irão se interligar e se isso ocorrer qual será o proposito!!

    • Geórgea Teixeira Morais

      Olá, Gislaine!
      Exatamente! E como o universo de Dartana é algo que nunca imaginamos, pois tudo é muito original, ficamos fascinados com a possibilidade de construir, aos poucos, um mundo tão rico em detalhes! Beijo