fbpx

#EspecialLovecraft – O Chamado de Cthulhu

O chamado de Cthulhu foi escrito por H.P. Lovecraft em 1926 e traz como ponto central extraterrestres e “antigos” criados a partir da mitologia própria do autor ,como seres cósmicos que chegam à Terra.

O personagem principal desta história, Cthulhu é apresentado como um Deus “preso” em uma interpretação em argila, que carrega um culto milenar dedicado a trazê-lo de volta a vida e assim causar o fim da humanidade. O personagem é retratado como uma mistura de um octópode, humano e dragão, que carrega consigo o poder de uma sociedade antiga responsável por criar a Terra e viver de seus próprios prazeres e frutos e agora se levanta para vingar-se da humanidade.

Em um misto de ficção científica e horror o autor cria um universo novo habitado por seres incompreendidos e ao mesmo tempo assustadoramente inteligentes, capazes de causar os mais diversos sentimentos ao leitor. Além deste conto, foram escritos outros como “continuações” ao mito, que seria Cthulhu e os “antigos”.

Apesar de nunca ter lido outro conto do autor antes, a experiência foi, sem dúvida, capaz de me trazer curiosidade e receio ao mesmo tempo. Sendo uma amante do gênero de horror apreciei os aspectos mais sombrios do conto, mas acredito que não tenha conseguido me aderir bem aos aspectos da mitologia criada, ou talvez tenha só começado pelo lugar errado.

“A coisa mais misericordiosa do mundo, acho eu, é a incapacidade da mente humana correlacionar tudo que ela contém.”

Mesmo sendo leiga quanto ao gênero de ficção científica, admito que o autor criou um universo somente seu, onde aspectos sombrios se misturam ao horror de seres mágicos e estranhamente viciantes.

Se você já leu o conto, conta o que você achou aqui embaixo nos comentários ;)

É resenhista do Resenhando Sonhos.
Estudante de Direito, 21 anos, mineira, mora em Belo Horizonte e ama o universo literário.