Esplendor da Honra – Julie Garwood

Esplendor da Honra é da autora Julie Garwood e é um lançamento de 2017 da editora Universo dos livros.

Sobre o livro

Ambientado na idade média, conhecemos Lady Madelyne. Uma moça ingênua, imprevisível, que não tem medo de falar o que pensa, e que após a morte de sua mãe ficou aos cuidados de seu irmão, o perverso Barão Louddon. É dele que o Barão Ducan de Wexton, um guerreiro destemido, que comanda o seu exército de homens bem treinados e praticamente invencíveis, conhecido como “o lobo”, quer vingança.

“Lady Madelyne selara seu próprio destino. Ela havia aquecido seus pés.”

Duncan bola um plano para invadir e destruir o castelo, sequestrando Madelyne para usa-la como moeda de troca.Porém, Madelyne que não sabe de nada, vai acabar salvando Duncan e indo direto para seu captor. A partir dai, seu destino está selado.


Minha Opinião

Este não foi o meu primeiro contato com a autora, já tinha lido Um amor para Lady Joanna e por ter tido uma ótima experiência estava bem ansiosa com o Esplendor da Honra. Julie  já publicou em mais de 30 países e tem um nome forte no mercado de romances de época e contemporâneos.

A trama é narrada em terceira pessoa e logo no começo temos muita ação, em uma das minhas cenas favoritas onde a protagonista sem se importar com as consequências de seu ato resolve salvar Ducan.

“Mas caso pudesse salvar vidas inocentes antes da própria morte, esse ato de bondade não daria algum propósito à sua existência? Ah, santo deus, salvar a vida de uma pessoa não tornaria sua vida importante… para alguém?”

Com o avanço da história, Madelyne e Ducan vão se conhecendo e se apaixonando aos poucos. A autora constrói de maneira envolvente o relacionamento dos personagens, fazendo com que fiquemos ansiosos por saber onde a história vai dar. Ducan num primeiro momento aparece como um guerreiro desprovido de emoções, mas sua honra, atitudes e devoção a Madelyne são indiscutíveis. Ele não mede esforços para proteger quem ama.

Madelyne é uma mulher bondosa apesar de ter sofrido muito com as atrocidades do seu irmão. Ela tem uma personalidade forte que ao mesmo tempo inspira confiança e carinho. Aos poucos todos que estão ao seu redor vão se rendendo aos seus encantos.

O que eu mais gostei é que os problemas vão surgindo e se resolvendo aos poucos, não deixando tudo para as últimas páginas, como eu já encontrei em outros livros. Os cenários são descritos na medida certa, o que contribui para que a leitura não seja arrastada. Os personagens secundários, como os irmãos de Ducan, estão sempre presentes na trama e são responsáveis por alguns dos momentos mais engraçados.

“Madelyne estreitou o rosto do marido entre as mãos.
– Tu levas meu coração contigo, meu adorável captor.
– Não, Madelyne, eu é que sou seu cativo, de corpo e alma.”

A capa apesar de simples é bonita. Não encontrei nenhum erro durante a leitura, e a fonte tem um tamanho agradável. A cada início de um capítulo encontramos em sua maioria passagens bíblicas. Uma curiosidade que eu só fui saber mais tarde, é que o livro foi lançado a mais de 20 anos.

Para os fãs de romances, principalmente os de época, Esplendor da Honra é um verdadeiro banquete. Um livro com intrigas políticas, conspirações, vingança e romance. Espero que a editora continue lançando livros desta autora, que se tornou uma das minhas favoritas.

ESPLENDOR DA HONRA

Autor: Julie Garwood

Editora: Universo dos Livros

Ano de publicação: 2017

Na corte inglesa medieval, a amável lady Madelyne sofre com os caprichos de seu perverso irmão, o barão Louddon. Para se vingar de um crime revoltante, o barão Duncan ataca as terras de Louddon com seus guerreiros. Madelyne foi o prêmio que ele capturou, porém, ao contemplar a orgulhosa e bela dama, ele jura arriscar sua vida para protegê-la. Apesar de seu tosco castelo, Duncan demonstra ser um gentil cavalheiro. Mas quando, afinal, a nobre paixão domina a ambos, Madelyne se entrega com toda a alma. Agora, por amor, Madelyne enfrentará qualquer coisa, tão corajosamente quanto seu senhor, o poderoso e combativo Lobo.

É colaboradora do Resenhado sonhos Carioca, escorpiana e futura contadora. Amante de séries e livros, que nunca consegue ler ou assistir o suficiente.
  • Marcella Santos

    Esse foi meu primeiro contato com a autora e amei o livro Os personagens são maravilhosos e me vi rindo varias vezes com as peripécias de Madeline e com o jeito de Ducan. Agora quero muito ler Lady Johana

  • Lili Aragão

    Oi Fernanda, também espero que a editora continue lançando os livros da Julie, porque eu fui conquistada por suas história e todos livros que li dela até agora foram ótimos e esse virou favorito pra mim. Madelyne é uma protagonista bem corajosa que já mostra a que veio na primeira cena e Duncan tem aquela personalidade clássica da época, mandão, mas ambos passam por momentos muito lindos e foi uma delícia acompanhar essa história, que ainda tem personagens secundários super encantadores <3
    Não sabia que o livro tinha sido lançado a mais de 20 anos e curti muito a resenha ;)

  • Gabriela Souza

    Oi Fernanda! Infelizmente não sou fã de romance de época, então não me interessei pela história. Mas fico feliz que a autora não deixou para resolver as coisas nas ultimas páginas e que tu tenha gostado bastante do livro! Beijoss

  • Manu Cardoso

    Eu também li Um Amor Para Lady Joanna e, agora, estou louca para ler Esplendor da Honra! ❤❤
    Sou super fã de romances de época e fiquei super empolgada por saber que a autora tem outros livros! Tomara que a editora lance outros títulos!
    :)

  • Nayane Evylle

    Oi Fernanda!
    Um Amor Para Lady Johana foi uma leitura chata. Não gostei tanto. Por isso estou adiando ler esse livro, com medo da decepção. Adoro romances de época e achei a capa dele simples e bonita.
    A protagonista parece ser bem centrada e do estilo que eu gosto nas mocinhas: determinada. Não sei o que esperar do Ducan. Acho que vou dar uma chance pro livro, mesmo não gostando do outro livro da autora.
    Bj

  • Natalí Marques

    Olá!
    Não curto muito romances de época, mas gostei dos seus comentários.
    A autora parece saber envolver o leitor na história e deixá-los curiosos para ler mais.
    Beijos

  • Lana Silva

    Quero muito ler este livro, primeiro porque os personagens vão se apaixonando no decorrer da trama, o que faz com que o leitor se envolva durante da leitura, outro ponto e que os problemas enfrentados por ambos vão sendo resolvidos durante a leitura, não deixando tudo para o final. Além do mais as cenas são descritas de forma cativante, não deixando o livro cansativo, por isso me interessei por esta leitura.

    Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros “O Casal que mora ao lado” e “Paris para um e outros contos”.
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

  • Natália Costa

    Adooooro um romance de época! Faz um tempinho que não leio nenhum, e estou vendo muitas indicações e alguns lançamentos recentes.
    Sua resenha está ótima, parabéns! Beijosss

  • Rafaela Saturnino

    Eu também já li Um amor para Lady Joanna, e gostei bastante do livro, e da escrita da autora. Estou muito interessada nesse livro, achei a história interessante, e super diferente a forma que os protagonistas vão se conhecer. E acho que vou gostar muito da Madelyne. Só não sabia que o livro tinha sido escrito a mais de 20 anos, eu achava que tinha sido lançado a pouco tempo… O livro já está na minha lista, e espero ler ele logo :D

    Beijos!

  • Camila Rezende

    Nao sou de ler romance de época e nunca ouvi falar dessa autora. Gostei da resenha e o fato de como vc mencionou a autora ia apresentando um problema e aos poucos resolvia-os não deixando tudo para as ultimas paginas.
    Gostei tem da capa desse livro.

  • Micheli Pegoraro

    Oi Fernanda,
    Sou fã de romance de época, mas ainda não conheço a escrita dessa autora. Tanto esse livro como Um amor para Lady Joanna estão na minha lista de desejados, espero ter a chance de ler ambos os livros logo.
    Adorei a história em si, a Madelyne e o Ducan pelo jeito são cativantes e envolventes. Amo quando o relacionamento do casal vai sendo construído aos poucos, junto com a confiança. Gostei de saber que e os assuntos inseridos na trama vão sendo trabalhados no decorrer da história, e não apenas no desfecho do livro. Confesso que adoro quando a história traz uma pitada de vingança, esse clichê deixa o romance mais intrigante e envolvente.
    Beijos