Ghost World – Daniel Clowes

Ghost World é um quadrinho do autor Daniel Clowes, lançado em edição comemorativa em 2017 pela editora Nemo.

Se você ainda não passou pela adolescência e é ainda muito jovem, talvez você não compreenda todas as inseguranças que esse período oferece. Porém, acredito que a grande maioria das pessoas que vão ler essa resenha já tenham ou estejam passando pelos conflitos e indecisões que acompanham a idade.

Há 20 anos atrás, em 1997, Daniel Clowes dava voz à juventude com Ghost World, uma obra que acompanha a vida de duas jovens adolescentes que acabaram de terminar o ensino médio e ainda não sabem para onde vão. Enid Coleslaw e Rebecca Doppelmeyer tem personalidades e estilos diferenciados, tanto uma da outra quanto do que um jovem normalmente quer deixar passar. Porque todos nós sabemos que essa é uma época da vida onde nós escondemos por trás de vários rótulos e padrões.

Porém, acho que um dos diferenciais disso é ter essas personalidades desnudadas, expostas e sem filtro a sua própria maneira. Edis é super descolada e alternativa, gosta de usar roupas menos tradicionais e não está nem um pouco preocupada com o que pensam dela. Já Rebecca é uma garota bonita que parece estar mais acima na cadeia social e é lembrada disso pela amiga, apesar de terem uma relação de cumplicidade que transcende as diferenças.

O que fazer a seguir, que faculdade escolher, ir para longe ou permanecer, como ver o mundo, onde se situar, o que fazer em relação aos garotos e aos sentimentos que despertam, as inseguranças e os medos são apenas algumas das nuances que o autor trabalha em suas 144 páginas, que também são complementadas por vários extras do início da criação e das diversas edições que a obra teve.

E se tratando de uma história para jovens não há papas na língua e a linguagem utilizada é com gírias e palavrões, dando mais veracidade aos diálogos que ocorrem entre os personagens. Eu sendo uma “criança dos anos 90”, me identifiquei com algumas coisas  e outras nem tanto, já que estamos em uma realidade mais “americanizada”.

Vale mencionar que talvez vocês já tenha assistido a essa história sem saber de onde ela se originou. Em 2001, Scarlett Johansson e Thora Birch estrelaram uma adaptação cinematográfica que foi aclamada pela crítica e ganhou indicações ao Globo de Ouro e ao Oscar.

Acho que para quem é fã de quadrinhos essa é uma leitura relevante e indicada, principalmente pelo peso atual do autor que tem muitas outras obras publicadas e premiações, além do ótimo retrato da juventude dos anos 90 que mantém ainda muitas coisas vivas nos dias atuais.

GHOST WORLD

Autor: Daniel Clowes

Editora: Nemo

Ano de publicação: 2017

Ghost World , uma das graphic novels mais vendidas e aclamadas de todos os tempos, conta a história de duas adolescentes incrivelmente irônicas e cheias de si que se veem diante da incômoda incerteza da vida pós ensino médio. Enquanto tentam conduzir sua longa amizade a uma nova era, as estruturas de sua relação são abaladas, e o que parecia ser um futuro de infinitas possibilidades aos poucos se torna uma intrusiva realidade que envolve shoppings, subempregos e memórias dissolventes. Ghost World é também um filme que recebeu, em 2002, indicação ao Oscar de Melhor Roteiro Adaptado.

É a criadora e autora do Resenhando Sonhos.
Gaúcha do interior do Rio Grande do Sul, hoje mora na capital Porto Alegre e quer conhecer o mundo.
Publicitária por formação, sonhadora por opção. É mal humorada e chata.

  • Daiane Araújo

    Oi, Tamirez.

    Bom, acho que todos nós passamos por essa fase da adolescência…

    A realidade fictícia da Rebecca e Enid, com vidas distintas, nos mostra isso… Há tantas incertezas sobre o que esperar do futuro, qual o primeiro passo a ser dado.

  • Júlia Assis

    Oi Tami, nunca tinha ouvido falar sobre esse autor, mas em uma pesquisa rapida vi que ele já ganhou vários prêmios. Essa história me chamou a atenção pelo fato de se passar nos anos 90, já que não sei nada sobre essa época (nasci em 2001). Não tenho o costume de ler graphic novels, leio mais mangás, mas acho que já ta na hora de mudar isso, provavelmente essa vai pra minha lista, quem sabe eu leia ela daqui a um tempo :D

  • Pamela Liu

    Oi Tamirez.
    Já vi algumas resenhas sobre essa graphic novel e ela parece bem interessante.
    Deve ser uma ótima leitura para aqueles que estão passando pela adolescência, pois se identificarão com o que as personagens estão passando. Não sou muito fã da presença de palavrões, mas acho que faz sentido num diálogo entre adolescentes.
    Vou tentar ler essa graphic novel. Espero gostar.
    Bjs

  • Natália Costa

    Já vi resenha dessa HQ em algum lugar. Achei bem legalzinha. Não vi a adaptação pro cinema. Vou procurar! ^^

  • Carolina Santos

    Não sabia que o livro tinha adaptação para o cinema mas já ouvi falar muito dele através da newsletter da editora amo todas as HQs da Nemo porque sempre abordam temas essenciais de serem debatidos então com certeza esse livro Vale a Pena Ser conferido

  • rudynalvacorreiasoares

    Tamirez!
    Não conhecia a HQ, mas pelo que relatou, mostra mais a realidade dos adolescentes americanos nos anos 90, o que é interessante para conhecermos um pouco mais sobre os hábitos e costumes da época e do país.
    “Que o novo ano que se inicia seja repleto de felicidades e conquistas. Feliz ano novo!” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy