Herdeiros de Drácula – Richard Dalby

Herdeiros de Drácula é um livro que reúne 25 contos dos mais variados autores, mas com um mesmo tema: vampiros. Ele foi organizado por Richard Dalby e lançado em 2017 pela editora Harper Collins.

Sobre o livro

Imagine um livro onde estão reunidos diversos contos sobre vampiros, onde os seus autores podem ter servido de inspiração ou se inspirado no Drácula? Imagine encontrar histórias tão antigas e tão cheias de detalhes que te fazem acreditar que elas podem ser reais? É isso que você encontrará em Herdeiros de Drácula. Prepare-se para se confrontar com contos como “Os Últimos Senhores de Gardonal” de William Gilbert, onde o barão Conrad deseja tanto a jovem Teresa Biffi que pode acabar se arrependendo amargamente. Cuidado com o que você deseja! Ou então, vermos os infortúnios sofridos pela pobre madame Cabanel ao mudar-se para um lugar tão supersticioso como em “O Destino de Madame Cabanel” de Eliza Lynn Linton.

“Enquanto olhava para ela, os lábios vermelhos pareceram ficar mais vermelhos. Estavam mais vermelhos! Os pequenos dentes perolados apareciam entre eles. Eu não tinha notado antes, e foi nesse momento que vi uma gota vermelha escorrer até o queixo arredondado e, dali, cair sobre seu pescoço.”

Aqui você também encontrará a figura da mulher sombria, que está presente na imaginação do povo irlandês, que é conhecido por ser tão supersticioso. Neste conto o jovem Ken nem imagina os perigos que representam andar em um cemitério isolado em “O Mistério de Ken” de Julian Hawthorne, não é de espantar que o jovem tenha voltado tão mudado após sua viagem pela Europa. E o que falar do conto de Sir Arthur Conan Doyle, que narra em “A Parasita”, os momentos de tensão que são enfrentados pelo jovem professor Gilroy ao conhecer a misteriosa senhorita Penelosa. Essa estranha mulher guarda muitos segredos e vai levar esse homem à loucura.

Entre contos que trazem a figura mais conhecida dos vampiros e outros que usam de elementos da natureza e até pessoas comuns. Adentramos em um mundo cheio de misticismo e figuras que habitam apenas a imaginação das pessoas. Não deixe de acompanhar todos esses contos, que são cheios segredos e sangue. Conheça todas as formas que os vampiros podem se apresentar para nós.


Minha opinião

Não espere aqui histórias apavorantes ou apenas contos maravilhosos. Por diversas vezes, os “vampiros” não aparecem na forma que os conhecemos. Em caixões, com dentes pontiagudos e medo do sol. Aqui teremos a palavra vampiro explorada além do pé da letra. Uma das definições para essa palavra é de uma pessoa que vive de explorar as outras, e isso poderá ser facilmente encontrado aqui. Teremos, é claro, aquele ser sobrenatural que está presente nas tradições lendárias, mas também, pessoas (ou até coisas) que possuem o dom de “vampirizar” as outras sem tomar o seu sangue.

Teremos contos pequenos e outros grandes. Alguns que vão te deixar pensativo e trarão a melhor forma dos vampiros, e outros que vão explorar outras vertentes. Não se assuste se encontrar um dedo ou uma árvore assassina. Aqui dentro tudo é possível e a criatividade desses autores ultrapassa barreiras e gerações. O que mais amei foi encontrar um poema sobre vampiros. Quem me conhece sabe que é algo que amo e por muitos anos os vampiros foram meus seres sobrenaturais preferidos, hoje em dia eles estão apenas como uma lembrança, mas encontrar os dois juntos e tão bem trabalhados foi maravilhoso. O poema “O Vampiro” de Vasile Alecsandri é sensacional.

Desde pequena sempre gostei de histórias de terror e que tinham o sobrenatural como base. Comecei lendo sobre vampiros com Anne Rice, por isso já tinha uma figura formada na minha cabeça. Vampiros eternos, sedentos por sangue, maus e que não saiam no sol. Eu gosto desses vampiros maus, saturei de vampiros brilhantes e “vegetarianos”. Ler esses contos foi um alento.

“Desavisado viajante, tenhas cuidado
Com o espectro que vagueia ao teu lado;
Fecha teus olhos, apressa teu cavalo
E que siga num tropejo sem abalo;
Porque debaixo da cruz, mal respiro,
Se deita corpo obsceno de vampiro!”

É interessante encontrar aqui histórias tão antigas e que retratam os vampiros de diversas formas. Seja baseados pela época, localidade ou crenças. Imagine como foi no começo tantas pessoas falando sobre vampiros. O que essas elas imaginavam que eram os vampiros. Numa época em que não existia quase nenhum contato e as pessoas eram tão ignorantes, tudo era motivo para culpar o sobrenatural e os seres místicos que habitavam a mente das pessoas mais supersticiosas. Temos aqui um retrato fiel dessa época, com pessoas tão apavoradas com o que não sabiam explicar, que acabavam criando novas definições para o desconhecido.

Se você parar para procurar sobre vampiros, verá que eles existem na boca do povo há muitos anos. E me questiono onde realmente teve início esse mito. Existem diversas definições para eles. Há quem acredite e há quem ache uma bobagem, mas o fato é que tudo que era misterioso e sem explicação, já era taxado de algo mau e agourento por essas pessoas mais antigas. Daí a minha curiosidade de ver, através desses contos, as diferentes formas de representar essa figura.

“Ela desperta algo em mim, algo maligno, algo em que eu preferiria não pensar. Ela também paralisa o melhor da minha natureza boa, ao passo que estimula o pior. Decididamente, não é bom para mim estar perto dela.”

A maioria dos contos é muito bem detalhada e traz os elementos da época. Os costumes da sociedade de determinado ano, são extremamente bem escritos e trazem à tona toda aquela atmosfera bem característica da época. Os costumes mais antigos são expostos para que possamos analisar e comparar com os nossos e, assim, vermos todas as diferenças que eles apresentam. É, no mínimo, muito prazeroso poder viajar para épocas tão distantes e adentrarmos em contos tão antigos.

Essa é a minha super recomendação para você que adora esses seres. Você encontrará aqui de tudo um pouco. E verá aquele “vampiro raiz” sendo descrito e lembrado. Em um mundo onde os vampiros mais brandos e condolentes tomaram conta, é sempre bom ter uma verdadeira dose de terror e desespero. Não deixe de acompanhar todas as histórias que formam esse livro que está lindíssimo e com uma incrível seleção de contos.

thumb_livro

35estrelasB

HERDEIROS DE DRÁCULA

Autor: Richard Dalby

Editora: Harper Collins

Ano de publicação: 2017

Drácula, de Bram Stoker, é a mais famosa história de vampiro já escrita, embora não tenha sido a primeira a descrever a malignidade dos mortos-vivos — muito menos a última. Em comemoração aos 120 anos de publicação de Drácula, esta antologia única reúne 25 contos raros escritos entre 1867 e 1940 por autores igualmente geniais, como Sir Arthur Conan Doyle e M.R. James. Herdeiros de Drácula é um verdadeiro banquete para todos os aficionados por literatura fantástica e sobrenatural, um delicioso mergulho na história desses seres fascinantes e assustadores.

É colaboradora do Resenhando Sonhos.
Natural de São Sepé, atualmente morando em Santa Maria.
Formada em Gestão da TI pela URCAMP e cursando Produção Editorial na UFSM.
Apaixonada por livros, Johnny Cash e cachorros.