Império e Rebelião: Honra Entre Ladrões – James S. A. Corey

Império e Rebelião: Honra Entre Ladrões é um livro de James S.A. Corey e foi lançado pela Universo dos Livros em 2017.

Sobre o livro

Em uma galáxia muito distante o Império continua oprimindo todas as raças e cabe a Aliança Rebelde tentar impedir que isso continue. No quartel da resistência o trio já conhecido que conta com o mais novo herói Luke Skywalker, a princesa Leia Organa e o mercenário Han Solo, entra novamente em ação. Sempre flanqueados pelos droides R2-D2 e C-3PO e pelo companheiro de Solo, o wookiee Chewbacca.

“Ali era o coração do império. As pessoas não precisavam de uma razão para se sentir amedrontadas; o medo simplesmente fazia parte do estilo de vida delas. Então talvez fosse por isso que Han seguia trabalhando com os rebeldes.”

Os rebeldes continuam unidos e resistindo pelo bem maior. Há algum tempo eles enviaram uma espiã para interagir com o império. Scarlet Hark é designada para essa arriscada missão onde precisa descobrir os segredos escondidos no lado inimigo. O problema é que ela enviou um pedido de socorro e após isso eles perderam o contato. Leia não vê outra alternativa além de mandar Han e Chewie para essa arriscada missão de resgatar sua espiã com vida. Mesmo que tudo isso pareça uma grande armadilha.

Enquanto a dupla arruma os últimos detalhes na Millennium Falcon, Leia precisa encontrar-se com os apoiadores dos rebeldes e Luke procurar um novo planeta para a base secreta dos seus aliados. O caminho dos três é novamente separado e cada um vai para um lado atarefado com os seus problemas. Será que eles vão se encontrar novamente? Temos uma boa dose de batalhas, seres desconhecidos, segredos, traidores e planetas inóspitos que fazem com que essa série seja tão amada há tantos anos. Não deixe de acompanhar uma aventura cheia de reviravoltas e personagens marcantes!


Minha opinião

“A parte fácil já foi”. Leve esse mantra com você, pois ele fará todo o sentido nessa jornada. Já que a parte fácil parecerá impossível aos seus olhos, mas será executada perfeitamente por esses que podemos considerar heróis da galáxia. Com detalhes marcantes e descritos de maneira minuciosa. A construção de um personagem tão querido nem sempre é fácil. Aqui, os autores, que adotaram o pseudônimo de apenas um, precisaram se esmerar em trazer um retrato fiel do nosso Han Solo. Talvez por ele ter uma personalidade tão marcante que o diferencia dos outros, talvez pela legião de fãs que ele tem e também por sabermos que em breve teremos um filme que contará a sua história.

Solo: uma história Star Wars já tem até data marcada. Dia 24 de maio conheceremos o início da jornada desse mercenário e também como ele conheceu seu fiel companheiro Chewbacca. O diferencial é que o ator Alden Ehrenreich (o Ethan do Dezesseis Luas) assumirá o lugar de Harrison Ford que imortalizou esse galã bem peculiar. Alden terá a árdua missão de agradar milhões de fãs dessa franquia que já torcem o nariz para a sua interpretação. Eu, como fã totalmente assumida do contrabandista mais lindo das galáxias, digo que não serei fácil de convencer.

Novamente contaremos com uma lista de personagens no começo do livro. Teremos ali os que já são conhecidos pela grande maioria e que seguem formando um time de respeito, mas também conheceremos novos que serão apresentados no decorrer da narrativa e que terão um papel muito relevante para os fatos levantados aqui. Vale reforçar que é sempre uma tarefa difícil encaixar histórias e personagens desconhecidos dentro de uma saga tão famosa. Mas, para nossa felicidade, o universo Star Wars é tão amplo e rico que podemos nos deleitar com diversas aventuras maravilhosas, mesmo que elas não sejam as originais.

Essa trama gira principalmente em volta de Han Solo e Chewie. Teremos o gostinho do que é estar junto com eles em uma missão. Extremamente arriscada, mas que eles executam com maestria e sem nenhum medo. A coragem emana desses seres que parecem não ter nada a perder. Também contaremos com um Luke ainda novo e deslumbrado com a vastidão de possibilidades que descobriu, uma Leia precisando liderar e um Han ainda implicando com a “Sua Alteza” e se sentindo meio deslocado.

Mas nem só de perseguições com naves, traições, relatórios roubados e brigas que esse livro é feito. Também teremos doses de um amor complicado. Sentimos sempre o clima de desejo e tensão entre Leia e Han. Em todos os livros que li em que os dois eram citados, os autores sempre tomaram o cuidado em manter tudo o mais fiel possível. Como já conhecemos essa dupla e sabemos das turbulências que o relacionamento dos dois enfrenta, ficamos agradecidos por não mudarem nada disso aqui. Pois vamos confessar, é sempre muito bom vermos os dois trocando farpas, não é mesmo? Han e seu jeito de malandro que sempre é censurado pela princesa mais badass da galáxia.

“Pelo o que Han ouvira na frota, a perda de Alderaan fez Leia envelhecer e endurecer. Por mais que ele odiasse admitir, a tragédia até que lhe caía bem.”

Outro ponto que não escapou aos meus olhos foi a construção minuciosa da personagem Scarlet. É possível observar todo o cuidado empregado na sua confecção, para ela realmente convencer como uma rebelde impetuosa e destemida. Não é fácil apresentar algo novo quando temos uma visão tão bem formada nas nossas cabeças. Aqui, isso não foi um problema. Ela se encaixou perfeitamente ao contexto e devo dizer que ela é uma personagem muito forte e que seria muito bem aceita nos filmes da franquia, várias pessoas se identificariam com ela.

Além dos personagens outros pontos me chamaram a atenção. A descrição de cenários oníricos e que demonstram ter existido grande pesquisa para tal feito, cenas cômicas e de ação iguais as que estamos acostumados a encontrar no cinema e, principalmente, como nos é apresentada a opressão do império, que ainda não havia sido tão explorada como nesse livro. Sabemos que eles são capazes de atrocidades gigantes, causando muito pavor e que saem por aí com o seu exército em busca de poder, mas nunca tivemos algo tão bem detalhado como aqui. O medo que os habitantes possuem, o respeito velado e a esperança de dias melhores. Esse é um livro carregado de elementos já conhecidos, mas com um toque de novidade que casa perfeitamente com o que já conhecemos.

Você que é fã do Vader, esqueça ele aqui. O vilão mais queridinho que já existiu, é apenas brevemente mencionado. Nessa história teremos novos vilões não tão grandiosos, mas igualmente perigosos. Além disso, o discurso da princesa para os apoiadores da Aliança é sensacional. Motivador e carregado de elementos que fazem você se sentir quase um rebelde com vontade de sair por aí buscando briga com o império e exigindo que todos possam ter sua liberdade novamente.

“Leia conseguia transitar pelos dois mundos. Ela podia se sentir em casa vestindo um uniforme militar ou um vestido formal. Ela podia brandir um blaster ou declamar um discurso diplomático. Se as última semanas ensinaram algo a Han, era que ele não pertencia à parte civilizada do mundo de Leia. Seu lugar era nas entranhas da Falcon ou no assento do piloto.”

Em meio a debates políticos e questionamentos sobre se existe um certo contra um errado, adentraremos em uma corrida pela vida de todos. Império ou rebelião? A rebelião é realmente a salvação? Em quem podemos de fato confiar? Isso e muito mais que você irá descobrir aqui!

thumb_livro

4estrelasB

IMPÉRIO E REBELIÃO: HONRA ENTRE LADRÕES

Autores: James S.A. Corey

Editora: Universo dos Livros

Ano de publicação: 2018

Quando o Império ameaça a nova esperança da galáxia, será que Han, Luke e Leia se tornarão sua última chance? Quando a missão é resgatar uma importante espiã rebelde do epicentro do Império, Leia Organa sabe que a melhor opção para a tarefa é Han Solo – algo em que a princesa e o contrabandista podem enfim concordar. Afinal de contas, para alguém que invadiu um bloco de segurança imperial e ajudou a destruir a Estrela da Morte, essa missão pode até parecer simples. Mas quando Han localiza Scarlet Hark, a impetuosa espiã rebelde, ela se nega a deixar para trás as linhas inimigas, pois descobre que um pirata planeja vender informações secretas que o Império destruiria mundos para se proteger – incluindo o planeta onde Leia está participando de uma conferência com simpatizantes rebeldes. Scarlet quer encontrar o ladrão e roubar de volta as informações; Han fica sem escolha e passa a acompanhá-la, a fim de evitar que todos acabem mortos. Atravessando ruas agitadas, uma selva mortal e até um antigo templo alienígena cheio de armadilhas, Han, Chewbacca, Leia e sua nova e ousada aliada enfrentam emboscadas, traições e tiroteios para evitar que informações cruciais caiam nas mãos do Império. No entanto, mesmo com o apoio imprescindível do esquadrão de caças X-wing de Luke Skywalker, os heróis da Aliança estarão desesperadamente em desvantagem na batalha final – e o resultado irá decidir o fim da tirania na galáxia ou assegurar que o reino sombrio do Império dure para sempre.

É colaboradora do Resenhando Sonhos.
Natural de São Sepé, atualmente morando em Santa Maria.
Formada em Gestão da TI pela URCAMP e cursando Produção Editorial na UFSM.
Apaixonada por livros, Johnny Cash e cachorros.