Inspirações do Mês: Metas 2018

Se tem uma coisa que adoramos fazer é criar metas e listas. Seja no sentido de se empurrar pra frente, de simplesmente listar em algum lugar as coisas que quer ou, para aqueles mais pessimistas ou conhecedores de si, uma forma de apontar no fim do ano o que deixou passar.

No último post do tipo que fiz aqui, disse que não ia listar metas porque queria ter um ano mais leve, porém, a realidade desse desejo foi um pouco diferente da expectativa. 2017 foi um ano complicado, porém de muito crescimento. Eu me vi em situação novas e inesperadas, tendo que lidar comigo mesma, controlando a ansiedade e tantas outras coisas que bateram à porta. Foi um ano em que eu tive que balancear de forma radical o quanto eu queria conquistar e o quanto eu queria abrir mão. No fim de tudo, sobrevivi. E é isso que importa né?

Então hoje, nesse primeiro post de inspirações do mês, é hora de comentar um pouco sobre o que eu espero para esse ano que se iniciou e já marcou o ritmo em janeiro. Lembrando que estão participando junto comigo os blogs Nuvem Literária, Livros & Fuxicos, Minha Vida Literária, Segredos Entre Amigas, Equalize da Leitura e Pronome Interrogativo. Não deixem de conferir as postagens delas também :)

OTIMISMO. E é muito estranho me “ouvir” dizendo isso. Eu sou pé no chão, realista. Mas por incrível que pareça, 2018 começou com uma vibe boa e estou me permitindo pensar que coisas boas virão e, com isso, estar aberta à elas. Eu tento não acordar pela manhã pensando em que saco será ir trabalhar e sim ver o lado positivo de ter mais um dia pela frente. Que mesmo que as coisas não estejam 100%, há uma grande chance de tudo melhorar, da vida dar certo, de eu conseguir dar passos que 2017 não me deixou.

DIZER SIM. Faz algum tempo que andava meio travada com algumas coisas. Minha rotina estava indo bem, pra que sair dela? Mas é necessário e dá um sentimento tão bom. É por isso que esse ano eu já comecei dizendo sim para aquele novo restaurante que eu nunca fui ou para aquela comida que eu nunca provei. Para aquele lugar que não é o de sempre, pro happy hour que surge do nada, pra ressuscitar aqueles amigos deixados de lado, para atitudes mais espontâneas. Eu sempre vou ter a rotina para a qual voltar, porque se prender tanto a ela?

DESPRENDIMENTO. Eu sou ligada no 220v. Não importa se é dia de semana ou fim de semana. É por isso que eu consigo fazer tanta coisa e manter as coisas funcionando. Porém, os últimos dois anos passaram com muito pouco tempo dedicado única e exclusivamente a mim. E isso cobrou um preço que eu não me sinto mais disposta a pagar. Eu me sentia culpada por não estar otimizando meu tempo, por não ser sempre produtiva. Entretanto, a nossa mente também precisa de descanso, e esse ano ela vai ter.

E sabe o que é legal? Eu já tive uma penca de ideias pra uma penca de coisas diferentes nesses momentos, simplesmente porque me deixei desligar.

E quanto aos LIVROS… bom, eu já comentei no meu vídeo de balanço do ano no canal que eu pretendia desacelerar. E não me sentir culpada por isso. Pra eu dar conta de me desligar um pouco, encontrar coisas novas, me abrir a novas experiências, eu também tenho que estar ciente que isso tirará um pouco do tempo pré estabelecido pra ler, e tudo bem. Eu estou me sentindo bem com isso e é isso que importa. E, se por acaso, eu descobrir que consigo fazer tudo isso e ainda ler bastante, vai ser incrível <3

E ai, o que vocês planejaram para o seu 2018?

 

 

É a criadora e autora do Resenhando Sonhos.
Gaúcha do interior do Rio Grande do Sul, hoje mora na capital Porto Alegre e quer conhecer o mundo.
Publicitária por formação, sonhadora por opção. É mal humorada e chata.

  • Júlia Assis

    Oi, Tami! Minhas metas são quase como as suas, kkk. Preciso urgentemente começar a dizer sim para as novas oportunidades da vida e sair da minha zoninha de conforto, e comecei o ano bem com essa meta, e o otimismo é algo que eu não costumava manter na minha vida e sempre achava que tudo ia dar errado, mas como algo para não me decepcionar, pretendo mudar isso esse ano também.

  • Li tudo com um sorriso feliz no rosto. Te amo ruiva! ❤️

  • Camila Rezende

    Olá Tamirez,
    Seu post me fez refleti e percebi que eu tbm estou muito acostumada com a rotina em que me encontro que tenho que começar a fazer coisas diferentes. Quem sabe não consigo mudar isso esse ano?

  • Oi Tamiz sua linda! O legal dessas postagens coletivas é que a gente vê o quanto somos parecidas e ao mesmo tempo diferentes, e obviamente, tudo o que a gente aprende umas com as outras! Acho que 2017 foi bem corrido pra todas nós e estamos todas com o sentimento de “calma lá, pé no freio” porque de algum modo sentimos que precisamos cuida mais da gente, do físico e mental. E que bom, né? Bom a gente poder parar pra conseguir analisar isso! Tem gente que só vai vivendo e quando vê já é tarde pra algumas coisas. Já tô meio filosofando aqui né? >< Só queria deixar meu carinho por aqui e dizer que admiro muito seu trabalho! O post ficou lindo! Beijão <3

  • Gabriela Erler

    Adoro fazer metas e fazer um balanço de como o ano anterior foi. Ano passado foi negativo em diversos aspectos e pretendo não deixar isso acontecer em 2018 também. Ser mais otimista e pensar positivo é algo que preciso demais, pois sou uma pessoa bem negativa, principalmente comigo mesma. Que esse ano seja maravilhoso para todos nós!

    Beijos, Gabi
    http://www.reinodaloucura.com

  • Natália Costa

    Estes posts sempre tem as melhores fotos! hahaha
    Adoro!
    Acho que é importante pensar em metas, mas nunca as faço. Mas adorei a parte do dizer sim. Quantas vezes não nos privamos de coisas legais, ou conhecer pessoas legais pois sempre dizemos não para as oportunidades?
    Melhor dica para fazer de 2018 um ano diferente e melhor! <3

  • Sandro Alex Rodrigues Ferreira
  • Pamela Liu

    Oi Tami.
    Adorei as suas metas para esse ano!
    Também estou tentando ser mais otimista e tentar ver o lado bom das coisas.
    Realmente temos que nos desprender das coisas. Precisamos de momentos pra descansar a mente também.
    Ano passado também não foi um ano muito bom para mim. Espero que esse no seja bem melhor.
    Beijos

  • Patrini Viero Ferreira

    Metas são um assunto complicado pra mim, porque eu sempre acabo me perdendo delas em algum momento durante o ano. Mesmo assim, o ritual de criá-las e escrevê-las, colocando num lugar bem visível, é repetido ano após ano aqui em casa. Eu acho que todas as tuas metas são o que eu quero pra minha vida diária, mas, ao contrário de ti, eu pretendo dar mais espaço para a leitura no meu 2018. 2017 foi rápido e um pouco confuso, então parei de fazer algumas coisas que eu realmente gosto e que me fazem bem, como ler e resenhar, portanto, voltar a encontrar um espaço pra elas na agenda é uma meta que eu pretendo cumprir desde já.

  • rudynalvacorreiasoares

    TAMIREZ!
    Não daquelas pessoas que traçam metas, há muitos aos. No máximo planejo alguns objetivos a curto prazo. Comigo nunca dá certo esse negócio de metas.
    E confesso que gostei de ver as mudanças que está planejando e já empreendendo como inserir o OTIMISMO no seu dia a dia, bem como se permitir que vivencie coisas inesperadas, porém prazerosas dizendo SIM a muitas oportuidades.
    REalmente é muito bom poder relaxar um pouco e desligar da tomada, Você tem direito a descanso e claro que a mente e o corpo relaxados, produzem muito mais, parabéns!
    SAbe Tamirez, vou falar de experiência própria: sempre fui uma pessoa bem ativa, não conseguia ficar parada sem fazer nada, ao contrário, por vezes fazia duaas ou três coisas ao mesmo tempo e isso exigiu muito de mim, tanto em termos emocionais, como em termos físicos. Não era perfeccionista, mas me cobrava muito. Hoje, se pudesse desacelar há um tempo atrás, teria feito, porque na atualidade a saúde cobra o desgaste físico e mental. Curti mais, se desliga um pouco, se cobre menos, vivencie as novas experiências que surgirem na sua vida e tenho certeza que será ainda mais produtiva e o mais importante: MAIS FELIZ!
    Escrevi uma bíblia, né?kkkkkk
    Um carnaval de alegria e moderação e bom final de semana!
    “Quer você acredite que consiga fazer uma coisa ou não, você está certo.” (Henry Ford)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA FEVEREIRO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!