Lázarus – Georgette Silen

Lázarus é da autora Georgette Silen e foi lançado em 2013 pela editora Giz Editorial.

lazarus1

Sobre o livro

É o primeiro livro da série Lázarus e é dividido em três partes: travessia, metamorfose e conversão. É de uma escritora brasileira e uma parte da sua história acontece no Brasil, com personagens brasileiros, o que torna a narrativa ainda mais interessante.

A história é sobre Laura Elizabeth Benson Vargas, filha de pai europeu e mãe brasileira, professora de história da arte, viúva e mãe. Após ter artigos publicados quando fazia o seu mestrado, é convidada pela diretora do Museu de Bristol, Clementine Fevré, para trabalhar com ela. Por se tratar de uma proposta irrecusável ela e sua filha, Cínthia, mudam-se para Bristol, cidade do interior da Inglaterra, e passam a residir na casa que era da avó de Laura e que ficou de herança para ela. Em meio a toda essa transição ela conta com a ajuda de antigos amigos, Jeanete e Ben e seus filhos Georgiana e David (que nutre uma paixão secreta por ela desde a infância). Logo após sua mudança ela descobre que a cidade está sofrendo uma série de assassinatos e o clima de tensão é constante, pois acreditam tratar-se de um psicopata. O que deixa todos apreensivos é o padrão que ele usa: as vítimas possuem marcas nos pulsos, no pescoço ou em outras partes do corpo e perdem muito sangue e as raras sobreviventes apresentam perda de memória.

” Para eles, só uma coisa interessava: a cura.”

Em um evento realizado pelo museu, Laura conhece o irmão de sua chefe, Robert Fevré, um legítimo cavalheiro (o que faz ainda mais sentido com o desenvolver da história). A paixão é correspondida, logo estão namorando e é possível notar uma animosidade entre David e Robert. Nesse meio tempo, até sua filha Cínthia passa a ter um romance com Eric, sobrinho de Robert e Clementine. Os dias transcorrem normalmente até Laura ser a próxima vítima do “psicopata” e aí a história muda completamente. Passamos a ver que “há mais coisas entre o céu e a terra do que sonha a nossa vã filosofia”, frase de Shakespeare que é citada no livro. Um novo mundo é apresentado ao leitor, um mundo de várias possibilidades. Descobrimos que existem diversos clãs de vampiros, uma ordem que mantém a paz entre humanos e vampiros, regras a serem cumpridas, traidores e várias revelações. Com o decorrer da narrativa observamos que nem tudo é como parece e iniciamos com Laura uma nova jornada, até encontrarmos Lázarus, algo que muda a vida de todos os envolvidos e dá a trama uma nova rota, além de aguçar ainda mais a nossa curiosidade e espera pela continuação.


Minha opinião

Adoro livros que envolvem vampiros, principalmente quando possuem um elemento que faz a diferença, e Lázarus possui esse elemento. Confesso que fiquei super empolgada no começo com toda a história que já começa de cara com a protagonista em São Paulo fugindo de algo ou alguém. Na primeira metade achei que estava lendo apenas mais uma dessas histórias de vampiros, mas o final me fez ansiar pela continuação!

A cada virada de página é uma nova surpresa e por possuir uma narrativa tão envolvente, com diálogos muito bem elaborados, as 519 páginas do livro passam voando. A autora nos transporta para os diferentes lugares em que a história se passa e a riqueza de detalhes nos faz imaginar todo esse mundo e seus personagens. Ela utiliza antigos elementos presentes na história para justificar suas “criações”. A variedade de clãs de vampiros que ela criou e as características peculiares de cada um, nos faz exercer a imaginação e acreditar em todos eles. A narrativa é muito rica em detalhes, o que facilita ao leitor imaginar todo esse universo.

lazarus2

O livro é muito bem diagramado e com capítulos que variam de tamanho, mas por possuir uma fonte com um tamanho razoavelmente grande a leitura flui sem problemas. No decorrer da narrativa, encontrei alguns erros de digitação, mas nada grave, apenas uma ou outra letra fora do lugar. Os capítulos não possuem nomes, são apenas numerados e na apresentação de cada parte (Travessia, Metamorfose e Conversão), existe uma determinada frase que nos dá dicas sobre o que será tratado na parte em questão. Um elemento interessante é que a folha que contém essas frases é toda preta, o que aumenta o clima sombrio do livro.

A capa é um caso a parte: faz todo o sentido quando terminamos o livro. O “S” do nome em forma de canino e com sangue já nos dá uma prévia do que se trata o livro, mas o vulto presente ao fundo e as rosas só fazem sentido depois e quando lembramos, nos faz suspirar de saudade dessa história.

A trama termina no ápice e ficamos loucos pela continuação, eu estou contando os dias para ter em mãos Panaceia, pois o livro 1 termina cheio de problemas não resolvidos e novos mistérios. Nossa mente fica cheia de perguntas e o coração apertado vendo todas as dificuldades que Laura precisa enfrentar. No final de Lázarus temos apenas um trechinho do livro 2, eu achei pior ler, pois aumentou ainda mais a minha curiosidade que só será saciada depois. Certamente quando eu estiver com o próximo livro não vou conseguir dormir até terminar toda essa história cheia de seres sombrios, traições e mistérios.

LÁZARUS

Autor: Georgette Silen

Editora: Giz Editorial

Ano de publicação: 2013

Lázarus gira em torno de Laura, uma brasileira que vai trabalhar em Bristol, na Inglaterra. Fechada para o amor desde a morte do marido e com um filha “aborrescente” para cuidar, nossa heroína descobre uma segunda chance na figura do irresistível Robert, para desespero do melhor amigo dela, o ciumento e apaixonado David. Enquanto Laura e Robert se envolvem, uma série de mortes misteriosas ocorre na cidade. E muitos segredos vêm à tona. A autora Georgette Silen, porém não se limita a contar uma love story com assassinatos ao fundo. A trama ganha fôlego após a resolução dos casos: entram em cena mais personagens, desafios e, claro, perigos.

É colaboradora do Resenhando Sonhos.
Natural de São Sepé, atualmente morando em Santa Maria.
Formada em Gestão da TI pela URCAMP e cursando Produção Editorial na UFSM.
Apaixonada por livros, Johnny Cash e cachorros.
  • Silvana Crepaldi

    Olá, Geórgea.

    Eu ainda não conhecia esse livro, mas achei a capa linda demais. Mas duas coisas me fazem não querer ler ele agora, vampiros e continuação. Estou evitando começar novas séries ou trilogias no momento e também estou um pouco cheia de livros de vampiros. Mas gostei do que você falou e mais para frente lerei.

    Blog
    Prefácio

    • Geórgea Teixeira Morais

      Eu também estava fugindo de continuações, mas esse é muito empolgante!

  • Camila Monteiro

    Não conhecia essa obra e fiquei curiosa. Adoro vampiros, mas tenho me do de ler coisas sobre eles que não sejam os clássicos. hehe

    Mesmo assim, sua resenha me empolgou!

    >> Vida Complicada <<

    • Geórgea Teixeira Morais

      Esse não é tão apavorante, vale a pena conferir. Acho que você vai gostar! :3

  • Caminhando Entre Livros

    Amo vampiros kkkkk Digo, amo livros com vampiros.
    E esse dai, de acordo com sua resenha deve ser muito bom.
    Obrigada
    Bjs
    Kátia.

    http://www.caminhandoentrelivros.com.br

    • Geórgea Teixeira Morais

      De nada, que bom que gostou! :D

  • c_i_d_a

    Oi! Eu nunca dispenso um livro sobre vampiros, sempre é possível encontrar algo novo. Eu nunca li nada da autora, mas acabei de adquirir algumas coletâneas de contos da Giz e nas mesmas existem histórias dela. Dica anotada.

    Bjos!! Cida

    http://www.moonlightbooks.net

    • Geórgea Teixeira Morais

      Depois nos conta o que achou. <3

  • Pingback: Panaceia - Georgette Silen - Resenhando Sonhos()

  • Rubyane

    Achei a sinopse do livro surpreendente! Ainda não conhecia o livro e achei bacana uma escritora nacional escrever algo do tipo.
    Vou adicionar esse livro lá na minha lista de “quero ler” no skoob :D