#medo31: Selfish (2018)

Selfish é um curta metragem dirigido por F.D. Lazzari e lançado em 2018.

Aqui vamos acompanhar duas garotas que em meio a assuntos íntimos e brincadeiras resolvem utilizar os filtros do que aparentemente é uma rede social para tirar algumas selfies, o que não seria nada demais se um desses filtros revelasse uma imagem assustadora capaz de transcender às telas dos aparelhos e fazer com que coisas estranhas aconteçam.

Esse foi um dos curtas que mais me “assustou”, se é que esta é a palavra. O horror utilizado aqui vai bastante de acordo com o clima sombrio criado no pequeno apartamento que tem como cenário, a trilha de fundo e a pouca iluminação que só faz diminuir durante os pouco mais de quatro minutos em que a trama se desenvolve. É claro que mais do que isso, uma ideia foi utilizada, ou pelo menos o que pode ser interpretado é que algo terrível pode ser libertado de aparelhos eletrônicos, principalmente aqueles que usamos como espelhos ou para tirar fotografias, o que remete ao famoso lema de horror: espelhos/fotografias capturam uma parte de nossa alma.

Descrito como um pequeno e divertido filme de horror, este pode ser considerado até mesmo como uma crítica creep mas bem humorada, e apesar disto, se propor a deixar o desfecho por conta da imaginação de quem o vê: será que aquilo realmente aconteceu?

É resenhista do Resenhando Sonhos.
Estudante de Direito, 21 anos, mineira, mora em Belo Horizonte e ama o universo literário.