Movie Everyday in October – #MEDO | Semana 2: Psicológicos

Na semana passada contei pra vocês que tinha resolvido encarar esse projeto de 31 filmes com a temática terror em Outubro. A primeira semana foi super tranquila e eu passei pelos monstros com tranquilidade. Por a semana dois se tratar de filmes que mexiam com o psicológico, achei que seria mais complicado, mas acabei me saindo bem também e acho que meu problema era realmente receio de assistir.

Dos filmes propostos 4 eu já havia assistido, mas como fazia algum tempo resolvi assistir todos de novo. Alguns se confirmaram como grandes filmes e outros acabaram ficando repetitivos por terem uma pegada meio similar. Abaixo conto pra vocês um a uma quais foram minha impressões!

14589770_1156097044457979_6673490212937755153_o


OS SUSPEITOS

Acho que eu nunca tinha ouvido falar desse filme antes e fiquem bem surpresa ao curtir pra caramba. Mas, acredito que entre os títulos da semana esse também é o que mais destoa e parece não combinar com a lista. Não há nada de sobrenatural na trama e está bem mais para uma história policial do que terror. Mesmo assim, gostei bastante da trama e dos personagens e foi muito bom tê-lo conhecido, mesmo que deslocado. E, claro, quem não fica feliz em ver Hugh Jackman atuando?

O ILUMINADO

É um clássico. Tanto do cinema quanto da literatura e eu, sinceramente, não consegui achar um vislumbre de já ter assistido esse filme antes. Isso é ao mesmo tempo péssimo pra minha reputação e bom, pois tive a oportunidade de apreciar a obre agora. Eu recentemente comecei a ler Stephen King e ver o filme foi interessante para ir imaginando como será que ele transpôs o que eu estava vendo nas páginas de um livro. Fiquei pensando na confusão que algumas cenas poderiam ser aos olhos do leitor e o momento da descoberta do significado daquilo. Quando finalmente pegar O Iluminado pra ler, contarei como foi a experiência inversa de ter lido após ter conhecimento da adaptação do filme.

OS OUTROS

Outro clássico e esse eu certamente já tinha visto mais de uma vez. Porém, da mesma forma que das outras vezes, terminei com palminhas por ele ser tão bom. Nicole Kidman também arrasa né, vamos combinar? Porém, partindo desse para a Ilha do Medo, Sexto Sentido e O Espelho, vi que havia uma fórmula mágica sendo repetida nos outros. Não são iguais, mas os finais não ficam mais tão surpreendentes. Que bom que eu comecei por esse, para que ele não perdesse a magia.

ILHA DO MEDO

Eu me lembro do dia que vi esse filme pela primeira vez. Não sei bem porque, mas ele ficou marcado na minha cabeça. Nunca fui muito fã do sr. Dicaprio mas gosto muito dele nesse papel. O filme tem uma aura de mistério que envolve a polícia a trama da guerra, experimentos humanos e a desconfiança de não saber ao certo o que esta acontecendo ao seu redor. Ficar preso em uma ilha cheia de mistérios, em uma instituição para os mais loucos e perigosos e pensar que talvez se torne uma vítima desse lugar em meio a uma tempestade já é aterrorizante o suficiente. Agora adicione os outros elementos e está ai um bom filme.

O SEXTO SENTIDO

Realmente não sei se preciso comentar alguma coisa. Esse filme é ótimo em várias maneiras. É um dos meus filmes preferidos e eu adoooro o menino que interpreta o protagonista (que nos dias de hoje não é mais um menino). Acho tudo que ele passa muito verdadeiro. A mãe também é excepcional e o que falar de Bruce Willis? Também não sou a maior fã do cara, mas nesse filme tiro o chapéu. Adoro todas as constatações e sentimentos implícitos no filme, tudo o que ele quer dizer sem falar.

1408

Esse foi um daqueles que comecei a ver e percebi que já tinha visto. É um bom filme dadas as circunstâncias e, por mais que as vezes o personagem principal não seja lá essas coisas em termos de credibilidade, a história cumpre o seu papel. Lembro-me de uma série que se eu não me engano teve somente uma temporada, 666 Pakr Avenue. Acho que o enredo é semelhante e talvez se você curte esse filme se interesse em conferir a temporada fail da série.

O ESPELHO

Acho que da lista esse era o mais recente e eu também já o tinha visto, mas assisti novamente. Eu gosto muito do ator – que é o mesmo de 24h -, porém acho o enredo desse filme pouco crível. Por exemplo, parece que a família dele não sai de casa, que não tem contato com espelhos exteriores. Tudo se resume a fazer as coisas acontecerem dentro daquela casa, quanto teoricamente há todo um mundo no exterior, cheio de superfícies reflexivas que não é explorado. O protagonista dirige de um lado pra outro, num carro com vários espelhos e nada acontece, a entidade parece ser super seletiva onde vai ou não ser refletida e isso me incomodou um pouco, já que temos espelhos por todos os lados e esse artefato poderia ter sido melhor usado. Mas de forma alguma é um filme ruim :)


A semana três compreende os filmes “Trash”, aqueles com clichezões mesmo, portanto nem vale a pena reclamar sobre isso. E, tendo em vista o quão alto foi o nível da semana de terror psicológico, acho que vou dar uma sofridinha por ter que encarar esses filmes mais banais, digamos assim. Clichê não é o meu forte e eu sempre reclamo bastante, mas vou tentar aproveitar pra dar algumas risadas e assistir alguns filmes clássicos do terror que também estão nessa lista. Quer conhecer o projeto? Entra no grupo do face que ainda dá tempo de participar!


FIQUE DE OLHO NO MÊS DO PESADELO

mesdopesadelo23

 

É a criadora e autora do Resenhando Sonhos.
Gaúcha do interior do Rio Grande do Sul, hoje mora na capital Porto Alegre e quer conhecer o mundo.
Publicitária por formação, sonhadora por opção. É mal humorada e chata.