fbpx

Mr. Romance – Leisa Rayven

Mr. Romance é o novo livro da autora Leisa Rayven, publicado no Brasil em 2017 pela Globo Alt.

Sobre o Livro

Eden Tate é uma jornalista frustrada. Mesmo tendo talento, está jogada no departamento de clickbait da Pulse e precisa de algum furo sensacional para alavancar sua carreira. Ela não acredita em relacionamentos duradouros e vive de sexo casual com homens que cruzam seu caminho. A irmã, Asha, é completamente o oposto, e acredita que vai encontrar o príncipe encantado que alcance todas as suas exigências.

Entre uma das tantas conversas que travam, quando Asha tenta convencer a irmã a apostar em melhores parceiros, ela acaba falando sobre algo que ouviu de uma colega no trabalho que circula entre a alta sociedade. Existe um homem, apelidado de Mr. Romance, que vem satisfazendo as fantasias da elite Nova Iorquina com encontros especiais e inesquecíveis – mas sem sexo.

“Bom, esse é o seu problema, Tate. Você precisa de alguma coisa para chegar em algum lugar.”

Vendo sua oportunidade de alavancar a carreira, Tate vai partir para a investigação e tentar descobrir a real identidade desse homem. Porém, o que ela não esperava é que ele fosse convencido o suficiente para achar que poderia dobrá-la a se apaixonar por ele, propondo assim um jogo de encontros: se ao fim do 3º ela ainda não estiver apaixonada, pode publicar sua história; caso contrário, precisa abandonar a matéria e deixá-lo em paz.


Minha Opinião

Leisa Rayven é o ponto fora da curva pra mim quando se trata de livros de romance. Por algum motivo, mesmo não sendo fã do gênero, ela é meu ponto fraco. E aqui, eu pude entender o segredo disso: está na escrita e na forma envolvente como ela conduz os personagens. Em Meu Romeu, Minha Julieta e Coração Perverso, sempre houve algo que poderia mudar a situação e dar uma remexida na história, mas aqui, você lendo a sinopse, já fica bem claro o que vai acontecer. Porém, mesmo com o mais alto clichê do romance sendo exposto, lá estava eu virando a madrugada para terminar essa leitura. Vai entender.

Eden Tate, definitivamente, não quer se apaixonar. Ela não acredita nessa entidade mágica do amor capaz de revirar a vida das pessoas. Ela está satisfeita com sexo causal e dedicação a outras coisas em sua vida, como por exemplo tentar sair do departamento inútil em que trabalha e se tornar uma jornalista de verdade. Ela é uma personagem cínica, decidida e descrente. E, mesmo segura de si, enxerga seus defeitos e coisas em que gostaria de ser melhor.

“Eu não sou uma pessoa que costuma viver esses encontros de comédia romântica. Eles são para mulheres com estilo de protagonista, e essa não sou eu.”

Sua irmã, Asha, é o seu extremo oposto, além de ser mais bonita, segundo a protagonista. E, mesmo que saiam juntas, é sempre Eden quem volta acompanhada pra casa, enquanto a caçula se mantém em busca do par perfeito. Porém, o gosto dela é meio duvidoso. Mas pra que se preocupar com o resto, se só o que ela quer é uma noite sem compromisso? Para a irmã e para a avó Nannabeth, há muita coisa errada aí.

Mas é claro que as coisas vão começar a ficar um pouco bagunçadas quando Max Riley, o nosso Mr. Romance, entra em cena. Ele é presunçoso, mas não de uma maneira rude. Ele apenas sabe o efeito que causa nas mulheres e sabe lê-las como ninguém. Ele é como um ator que interpreta muitos papeis, cada um deles para atender um desejo escondido – ou nem tanto. Porém, a fantasia tem um limite, e ele não faz sexo por dinheiro. E essa é uma das coisas que mais intriga Eden quando ela sabe sobre o assunto. Porque pagar uma fortuna pela companhia de um homem se o mais “importante” você não vai conseguir? Acreditando que ele se aproveita da “fragilidade” de suas clientes, ela vai mergulhar de cabeça em conseguir suas respostas. Max vai mergulhar também, mas do seu jeito.

O que veremos nesse livro é um duelo entre o romantismo e a descrença. Um duelo tenso, sensual e sagaz. Max não está pra brincadeira e a Senhorita Tate, como ele se refere a ela, pode não estar assim tão preparada quando imagina. E é simplesmente gostoso e divertidíssimo acompanhar as coisas que ela pensa e diz durante o livro. Tive momentos onde gargalhei alto com a história, mesmo sabendo que o que eu estava lendo não tinha nada de surpreendente.

“Ele possui uma segurança que não tem nada a ver com a sua aparência, mas com quem ele é.”

A questão toda é que assim como o Mr. Romance sabe seduzir uma mulher, Leisa sabe fazer o mesmo com o leitor. Eden é um peça e Max é encantador. É impossível não torcer pra que uma catástrofe de hormônios aconteça entre os dois, enquanto não sabemos se queremos que Tate vença a disputa ou atire tudo pro alto. Eu simplesmente devorei as páginas e não larguei o livro até que ele estivesse terminado. Eu sabia cada passo da trama, previ os movimentos, e mesmo assim, lá estava eu agarrada ao livro, gargalhando e torcendo pelos personagens. Se isso não é mágico em se tratando de uma relação livro-leitor, eu não sei o que seria.

Porém, se tratando de ver a história com um olhar crítico, não posso dizer que o livro é surpreendente ou inovador. Eu já vi derivados do que ela apresenta aqui. Esse desafio, e essa negação ao amor não são novidades pra ninguém, assim como os elementos apresentados para justificar cada um dos personagens. Há a tradicional tensão sexual durante toda a história, mas as cenas mais intensas ficam para o final. Não é um livro erótico, não tem sexo explícito. Nesse sentido a autora mantém a linha de Starcrossed, nesse que é o primeiro livro da série Masters of Love, que eu acredito, a partir do segundo, serem livros com focos em personagens diversos, podendo serem lidos separadamente, assim como acontece entre Meu Romeu/Minha Julieta e o terceiro livro Coração Perverso, que foca em uma protagonista a parte.

Entretanto, como tenho certeza que já esclareci, é um livro envolvente. É uma história que nos faz ansiar pela virada de cada página, por mais momentos com Max e, certamente, ter a oportunidade de conhecer um Mr. Romance em algum momento da vida. Leisa sabe conduzir suas palavras para nos enfeitiçar e sei que ainda vou ler muitos livros dela, enquanto vou refutando quase todos os outros do gênero.

Se você é fã da autora, vá correndo ler, porque a mágica permanece. Se você é um leitor de romance e ainda não leu ou conhece a Sr. Rayven, está na hora de consertar isso e, se por acaso, assim como eu, você é um estranho a esse gênero, pode ser que o milagre que acontece comigo, vá funcionar em você também ;)

35estrelasb

MR. ROMANCE

Autor: Leisa Rayven

Editora: Globo Alt

Ano de publicação: 2017

Max Riley pode fazer com que as fantasias mais incríveis ganhem vida: sob o alter-ego de Mr. Romance, ele pode ser um bilionário dominador, um bad boy inocente, um geek sexy ou qualquer outro homem que satisfaça os desejos das mulheres solitárias da alta sociedade de Nova York. No entanto, nada disso envolve sexo: são apenas encontros inesquecíveis. Intrigada com a lenda urbana de Mr. Romance, a jornalista Eden Tate está determinada a publicar uma matéria revelando sua identidade e suas artimanhas. Desesperado para proteger seu anonimato, Max desafia Eden a ter com ele três encontros: se ela não se apaixonar por ele, poderá publicar a matéria. Caso contrário, deverá esquecer a história. Eden não tem dúvidas de que conseguirá resistir a todos os falsos personagens de Mr. Romance, mas será que é seguro entrar no jogo do maior mentiroso de todos?

É a criadora e autora do Resenhando Sonhos.
Gaúcha do interior do Rio Grande do Sul, hoje mora na capital Porto Alegre e quer conhecer o mundo.
Publicitária por formação, sonhadora por opção. É mal humorada e chata.