Novembro 9 – Colleen Hoover

Novembro 9 é da autora americana Colleen Hoover, lançado aqui no Brasil em 2016 pela editora Galera Record.

resenha1

SOBRE O LIVRO

Fallon O’Neil é uma jovem ex-atriz de 18 anos, que tivera seu futuro promissor interrompido após um trágico acidente que acontecera dois anos atrás na casa de seu pai e, por conta disso, sua vida mudou completamente. Antes ela era uma jovem animada, feliz com sua vida e com uma certeza: queria ser atriz. Porém, após ter boa parte do corpo queimado no acidente, Fallon passou ser uma jovem de baixa autoestima, sem confiança e com medo de seguir seus sonhos.

No dia 9 de novembro, aniversário do incêndio, ela resolve marcar um café da manhã em um restaurante com seu pai Donavan O’Neil, para avisá-lo que está de mudança para Nova York, pois ela deseja encontrar novos ares, buscar alguns papeis e quem sabe, voltar aos poucos com a carreira de atriz. Porém, o pai da jovem não gosta da ideia e não incentiva a filha ir atrás dos seus sonhos, e ela se mostra bastante irritada com o jeito que ele sempre a tratou, até mesmo depois do acidente. Mas é aí que o destino coloca Ben na vida de Fallon.

“Quem diria que o aniversário do pior dia da minha vida poderia terminar de um jeito bom?”

Benton James Kessler é um jovem escritor de 18 anos qu  ouve a conversa de pai e filha e não aprova a forma como ele a trata, ainda mais em questão do relacionamento dela com garotos, o que dá a ele a ideia de sentar na mesa deles e fingir que é namorado de Fallon. Ela fica meio perdida com a situação no começo mas logo entra no jogo. Ben se encantou com Fallon desde o momento que colocou os olhos nela e ambos tem um agradável dia 9 de novembro juntos.

Eles então combinam de se encontrar no próximo ano no dia 9 de novembro. Ambos se bloqueiam das redes sociais para não caírem em tentação de saber como o outro está e se despedem com a promessa de se encontrarem assim durante os cinco próximos anos.


MINHA OPINIÃO

Quando vi no mochilão sobre o lançamento de Novembro 9 eu já pirei! Colleen Hoover com certeza é minha autora favorita de livros New/Young Adult e pode parecer clichê da minha parte falar isso, mas eu leria sua lista de supermercado se pudesse. Essa edição está linda! A capa é a mesma que a edição americana e acho ela super bonita. A diagramação está boa e não encontrei erros que atrapalhassem a leitura. A escrita da Colleen como sempre é muito fluída e rápida de se ler, demorei cerca de dois dias para terminar o livro e ele é narrado pelos dois personagens principais.

Logo nas primeiras páginas já comecei a me sentir incomodada com pai da Fallon. Ele é um ator que teve um papel de sucesso em uma série que já acabara anos atrás, e apesar de não estar mais na mídia, ele ainda se acha um grande ator de sucesso. Ele debocha dos sonhos que Fallon busca em NY, coisa que me deu muita raiva mesmo. Ele como pai, deve ter o papel de apoiá-la independe de suas escolhas, seja atuar na Broadway ou em pequenas peças teatrais. Além de já colocá-la pra baixo por conta de sua vida profissional, ele tem o desprazer de fazer comentários engraçadinhos sobre a vida amorosa da filha.

“Sério? Onde eu estava quando distribuíram os pais decentes? Por que tive que ficar com esse imbecil estúpido?”

resenha2

Assim que Ben aparece, eu me apaixonei pelo senso de humor e sua personalidade. Com poucas horas de convivência, ele mostra pra Fallon como se amar novamente, pois só conseguimos abrir o coração para alguém quando nos amamos primeiro, e é essa autoconfiança que ela precisa recuperar. No primeiro 9 de novembro, antes dela embarcar para NY, ele a instiga a se amar e mostrar as cicatrizes que fazem parte de quem ela é, e é isso que a torna tão especial.

Para ajudar Fallon a seguir em frente durante esse um ano que eles não irão se encontrar, Ben deixa pequenas tarefas para ela, o que eu achei muito fofo, e mostra como ele ficou preocupado com seu bem estar durante esse tempo. Eles combinam de se encontrarem no dia 9 de novembro durante os cinco próximos anos, pois até lá, ambos estarão com 23 anos e terão uma melhor visão sobre o mundo, e assim, quem sabe, eles consigam ter um relacionamento.

“O ressentimento que mantenho ainda está lá, mesmo que eu quisesse que não estivesse. O fogo foi um acidente. Eu sobrevivi. Essas são as duas coisas que tento focar, mas é difícil quando penso sobre isso toda vez que olho para mim mesma.”

Durante uma parte do livro, temos a agradável surpresa de descobrir que Ian, irmão de Ben é o melhor amigo de Miles, o protagonista do livro O lado feio do amor. E tanto Miles, quanto Tate, fazem uma pequena aparição, o que dá aquele charme a mais, já que Colleen sempre dá um jeito de inserir algum outro livro seu de forma sutil na trama.

Confesso que durante o plot twist do livro, eu dei uma leve surtada. Tento ao máximo me segurar, mas nesse livro acontece coisas que eu realmente não esperava! Não sei se eu sou meio lerda mas fiquei literalmente no chão. Eu realmente fiquei sem palavras e quase tive um treco durante um deles, Colleen nunca cansa de me surpreender, e são essas coisas que fazem que seus livros me toquem de um jeito tão especial e único.

E apesar das inúmeras comparações com o livro Um Dia, única semelhança que encontrei entre ambas as histórias foi combinar o encontro sempre na mesma data, de resto, ambas as tramas tem suas diferenças. A própria Colleen Hoover comentou de uma forma engraçada sobre tal coincidência entre os livros.

Novamente, o cantor Griffin Peterson gravou uma música para a história de Colleen. Pra quem já viu minha resenha de Talvez um Dia, sabe que ele gravou todas as músicas que são descritas no livro. Dessa vez, a música se chama November 9 e tem uma letra apaixonante.

Novembro 9 foi uma das melhores leituras que fiz no ano. Eu chorei, ri, gritei (literalmente), me emocionei, senti raiva e me apaixonei pela história de amor de Fallon e Ben. Obrigada Colleen Hoover, por me proporcionar tantos sentimentos diversos em suas obras, eu a amo por isso. Eu super recomendo a leitura desse livro fantástico que não conta apenas uma história de amor, e sim duas histórias de superações.

thumb_livro

4estrelasb

NOVEMBRO 9

Autor: Colleen Hoover

Editora: Galera Record

Ano de publicação: 2016

Autora número 1 da lista do New York Times retorna com uma história de amor inesquecível entre um aspirante a escritor e sua musa improvável.
Fallon conhece Ben, um aspirante a escritor, bem no dia da sua mudança de Los Angeles para Nova York. A química instantânea entre os dois faz com que passem o dia inteiro juntos – a vida atribulada de Fallon se torna uma grande inspiração para o romance que Ben pretende escrever. A mudança de Fallon é inevitável, mas eles prometem se encontrar todo ano, sempre no mesmo dia. Até que Fallon começa a suspeitar que o conto de fadas do qual faz parte pode ser uma fabricação de Ben em nome do enredo perfeito. Será que o relacionamento de Ben com Fallon, e o livro que nasce dele, pode ser considerado uma história de amor mesmo se terminar em corações partidos?

É resenhista do Resenhando Sonhos.
Nascida no interior Paulista, futura cientista da computação, se apaixonou por literatura quando conheceu o bruxo Harry Potter e o vampiro Edward Cullen. Adora ir no cinema e assistir séries em dias chuvosos.
  • Lara Caroline

    Oi Erika, tudo bem?
    Tenho que confessar que nunca li nada da Colleen, mas adoraria. Vejo muitos elogios a ela e a seus livros. Não sei se o estilo da autora é o mesmo que o meu, mas eu gostaria muito de conhecê-la através de suas estórias. Eu gostei da premissa de novembro 9, mas não teve uma coisa super incrível que chamou a minha atenção. Mesmo assim acho que vale super a leitura.
    Beijos

    • Érika Costa

      Oi Lara! Tudo bem e com você?

      Em breve, irei resenhar o meu livro favorito da Colleen, e quem sabe ele não seja o que você está procurando para conhecer essa autora maravilhosa? haha
      Beijos <3

  • Bruna Prata

    Esse misto de sensações é o toque essencial que me faz amar um livro. Todos os livros que já li da Colleen até agora me fizeram derramar aquela lágrima marota hahaha. Eu já estou pirando em saber da presença de Tate e Miles sem nem mesmo ter lido, imagina quando ler?

    • Érika Costa

      oi Bruna! Tudo bem??

      Nem me fale, quando li os nomes Miles e Tate surtei!!!!!! OMG hahah todos os livros dela me emocionaram muito, e esse não foi diferente… MEGA RECOMENDO!
      Beijos <3

  • Daiele

    Eu me incomodo um pouco com essa escritora. Na verdade eu tenho uma relação de amor e odio com ela, assim como vc ja vi muitas pessoas que sao apaixonadas por ela, mas eu não consegui sentir isso tudo nos livros em que ja li dela. O que eu senti, é que ela coloca uma carga de “problemas” muito forte em personagens muito novos, entende?! O que não há diferença nesse livro… A premissa é interessante, mas eu ainda me sinto incomodada com diversas coisas. Como por exemplo eles simplesmente se bloquearem durante o ano todo e decidir se encontrar na mesma data no ano seguinte. Acho isso até um pouco bizarro, pq em um ano pode acontecer N coisas.
    Mas enfim, eu tenho que entender que ficção não é realidade….
    Quem sabe um dia eu tenha a oportunidade de ler outra coisa dela, e ai tenha minha opinião mudada! Eu realmente espero que sim

    • Érika Costa

      Oi Daiele, tudo bem?!

      Exatamente, durante os anos, a vida deles mudam bastante. E é interessante ver como eles estão depois de tanto tempo sem se encontrarem. haha
      beeeeijos!

  • Marta Izabel

    Oi, Érica!!
    Sabe ainda não li nenhum livro da Colleen Hoover mais já ouvi muito elogios a essa escritora. Pretendo comprar esse livro e outro da autora agora na BF, espero conseguir. Amei a resenha!! Ficou maravilhosa!!
    Beijoss

    • Érika Costa

      oi Marta! Tudo bem?
      Espero que consiga sim e se apaixone pela Colleen assim como eu <3
      beijinhos

  • Alison de Jesus

    Collen Hoover é a rainha do Young/Adult,a autora cria tramas tão boas que fica impossível não gostar dos seus trabalhos,e não é diferente com o livro acima.Pretendo ler assim que possível,beijos.

    • Érika Costa

      oi Alison! Tudo bem?

      Ela é a rainha mesmo <3 haha espero que goste da leitura de Novembro 9!
      Beijinhos

  • Gislaine Lopes

    Oi Erica, tb adoro os livros da Colleen, apesar de ter ligo poucas obras dela. Novembro 9, com certeza, irei ler. Já estava com vontade, mas após sua resenha, fiquei mais ainda.
    Sem ler a história, já vi que terei problemas com o pai da Fallon. O fato de ele não apoia-la em sua carreira, como deveria, me faz pensar que ele tenha medo de que ela possa se sair melhor do ele, enquanto estava no auge da fama. É o tipo de drama familiar que poderia se encaixar bem na história.
    O problema de auto-estima dela, por causa das cicatrizes, é um ponto onde muitos leitores podem se identificar, onde as cicatrizes para ela é algo físico (mas que consequentemente trouxe outros danos), para muitos pode ser emocional e ter algo ou alguém que te faça recuperar a confiança é essencial.
    Pretendo fazer a leitura deste livro assim que possível, além de outros livros da autora!!