O Álbum – Timothy Lewis

O Álbum é do autor Timothy Lewis e é lançamento de 2015 da Editora Novo Conceito.

20150802_204219

Sobre o Livro

Nesse livro vamos acompanhar Adam Colby, que tem como profissão se desfazer dos pertences das pessoas quando elas morrem e fazer com que certos itens cheguem aos seus novos donos, pelo que foi estipulado em testamento. E é isso que Adam está fazendo, quando após ter praticamente despachado tudo que precisava, encontra na casa de um casal de idosos, um álbum com cartões postais que contam uma história de 60 anos.

“Olha bem fundo na alma de um homem e você vai ver os sonhos e as esperanças dele. De uma mulher também. É só olhar bem lá no fundo para ver o futuro deles, junto com todas as coisas ruins que aprontaram.”

Ao folhear as páginas desse Álbum ele se dá por conta que durante 60 anos, todas as sextas-feitas, Gabe enviou a sua amada Pearl – ou Huck, como ela gostava de ser chamada- um cartão postal com um poema. Desacreditado do amor, após estar separado da mulher a 2 anos, Adam enxerga nesses cartões postais uma forma de provar que o amor duradouro realmente existe. E para que essa teoria se firme, ele vai atrás de saber mais sobre a história daqueles dois enamorados.

“Como seres humanos, temos a esperança de ter uma série de coisas. Felicidade, saúde, emprego, filhos, um parceiro, a eternidade. À medida que amadurecemos, começamos a reconhecer uma força misteriosa que é parte da cada um de nós, algo muito mais poderoso que nós mesmos.”

É assim que vamos ser levados para 1926, quando Gabe e Huck vão se conhecer e se apaixonar, e através da narrativa deles e do que é contado a Adam por Yevette, a herdeira desse casal, vamos conhecer como o amor se manteve vivo por tanto tempo e assim, tentar reacender em Adam essa esperança.

O livro é inspirado na história dos avós do autor, que tinham o ritual descrito na história, porém todos os poemas apresentados na narrativa são novas composições do autor.


Minha Opinião

Esse é um livro leve que vai falar sobre amor, esperança, perseverança e compreensão. É ver uma história comum ser transformada em mágica pelo toque especial do envio de um cartão postal com um poema, toda as sextas-feiras durante 60 anos. É ver como o amor tem várias formas e pode ser mantido se com o devido cuidado e graças a isso, se multiplicar.

“Ela respirou fundo, e então esvaziou os pulmões lentamente. A mudança era inevitável, ela sabia disso. A morte também.”

Não há nada de excepcional ou de surpreendente na escrita ou história apresentada por Lewis, mas há um toque de realidade, de possibilidade e como já mencionei, de esperança. Saber que um toque disso é uma história real ajuda a fazer com que realmente acreditemos no amor e, para aqueles que ainda não encontraram o seu, sigam procurando por ele.

20150802_204154

Os cartões são apresentados com uma cara gráfica diferente, o que ajuda muito na compreensão, e os poemas foram criados para o livro. Dessa forma, Timothy consegue fazer uma homenagem aos avós, escrever uma boa história e ainda preservar a essência do relacionamento deles.

Ao ler, fiquei pensando o quão especial seria encontrar alguém com esse comprometimento, principalmente nos dias de hoje, onde tudo é tão efêmero e nada mais é dado como certo por mais que dez minutos. Onde os relacionamentos parecem descartáveis, encontrar amor de verdade está se tornando uma tarefa cada vez mais difícil.

O ÁLBUM

Autor: Timothy Lewis

Editora: Novo Conceito

Ano de publicação: 2015

Para Adam, negociante de objetos usados, a casa de Gabe Alexander é apenas uma propriedade que será esvaziada e vendida pelo maior lance. Entretanto, em meio às prateleiras repletas de relíquias, um álbum antigo atrai sua atenção. Nele há cartões-postais amarelados pelo tempo, escritos ao longo de 60 anos. Intrigado, Adam começa a lê-los: eles estão cheios de frases românticas e delicadas, as provas do amor incondicional entre Gabe e Pearl Alexander.
Gabe cuidava para que um cartão chegasse às mãos de Pearl todas as sextas-feiras. Cada um deles possui não apenas um poema, mas verdades preciosas sobre o cotidiano de um casal que viveu um sonho. A soma de todas essas verdades talvez responda perguntas que Adam se faz há muito tempo.

É a criadora e autora do Resenhando Sonhos.
Gaúcha do interior do Rio Grande do Sul, hoje mora na capital Porto Alegre e quer conhecer o mundo.
Publicitária por formação, sonhadora por opção. É mal humorada e chata.