O Assassino do Zodíaco – Sam Wilson

O Assassino do Zodíaco é um thriller policial em uma sociedade distópica, dividida pelos signos do zodíaco, escrito pelo autor Sam Wilson, e trazido ao Brasil em 2018 pela editora Jangada.

SOBRE O LIVRO

Era apenas mais uma manhã em que Rachel seguia para uma nova casa onde passaria o dia trabalhando como arrumadeira e, apesar de ter tido problemas com o uniforme e estar ansiosa por trabalhar em um bairro de residências ricas, tudo parecia correr bem. No entanto, aquele dia estava longe de ser um dia comum.

Ao chegar ao endereço Rachel encontra o dono, Peter Williams, chefe de polícia da cidade, morto. Imediatamente ela entra em contato com o serviço de emergência, mas o que ela não poderia imaginar é que o assassino ainda estivesse dentro da casa e agora ela também estava em perigo. Desesperada ela entra na frente de um carro em busca de ajuda, mas aquele carro trazia o perigo para mais perto de si.  Por ser a única testemunha ela acaba sendo sequestrada e à partir daí o nosso caso de assassinato se torna também um caso de busca pela garota desaparecida.

“A verdade está escrita nas estrelas ou está escrita nas sombras?”

Agora o Detetive Burton precisa assumir o caso, o estado quer resultados, o assassino do chefe de polícia não pode ficar impune e a única testemunha está nas mãos do assassino. Provavelmente o responsável por este e muitos outros crimes que vem acontecendo é um dos arianos que vivem na periferia da cidade, mas não existe muito mais pistas a serem seguidas. Será que ele será capaz de solucionar o caso enquanto ainda tem de se preocupar com o nascimento do bebê em um signo digno? Afinal a única ajuda que ele tem é a da astróloga Lindi Childs, uma libriana nada compatível a ele. Que os astros o ajudem…


MINHA OPINIÃO

Inicialmente é preciso dizer que o autor conseguiu construir uma obra que abrange dois gêneros muito aclamados pelos leitores com maestria. Ao mesmo tempo que constrói uma trama policial bem amarrada, é capaz de nos inserir em um cenário caótico, de uma sociedade enlouquecida pelo poder e pela representatividade. A ideia do livro por si só já é simplesmente devastadora: uma sociedade regida pelos signos do zodíaco, imagine só! 

É comum vermos pessoas ligadas a astrologia preocupadas em arranjar um parceiro de um signo que seja compatível com o seu ou acreditar fielmente em horóscopos, mas não é disto que o autor trata em seu livro, é algo muito maior, onde existem bairros determinados, profissões, escolas, classes sociais.

No início do livro temos uma breve descrição de cada um dos signos com alguns detalhes importantes que facilitam muito caso você se perca no meio da história. Admito que fiquei um pouco confusa com tantos nomes e atribuições e é claro que é muito importante que você esteja atento para que consiga entender as motivações dos personagens, suas características e por que eles agem da forma que agem, vivem onde vivem ou ainda, são o que são.

“Jamais haverá paz na sociedade se continuarmos negando nossa natureza autêntica.”

Os personagens principais desta trama são o detetive Burton e a astróloga Lindi Childs, os dois de signos diferentes e que, à propósito, são totalmente incompatíveis, que agora precisam trabalhar juntos para resolver o caso que assola toda uma sociedade. É claro que inicialmente os dons de Lindi serão considerados mera especulação por parte do detetive, no entanto ele acabará descobrindo que existe muito mais do que superestimação no trabalho da astróloga.

“A astrologia revela a verdadeira natureza do mundo – reforçou ela. – Nada em nossa vida ou na sociedade faz sentido, a menos que olhemos sob o véu das aparências físicas e contemplemos a realidade cósmica que está por trás dele.”

Além da trama principal iremos acompanhar um capricorniano, bem sucedido e cheio de posses. Daniel é agora um homem de meia idade que acaba de perder o pai, um homem autoritário e que sempre manteve o filho sob suas rédeas e que acaba deixar um legado a ser comandado. No entanto, ao se deparar com um segredo há muito escondido pelo pai, ele terá sua vida alterada para sempre.

Dizer mais do que algumas poucas palavras sobre essa narrativa seria estragar a experiência do livro. O que posso dizer é que existe muito mais,  além do que o leitor é capaz de imaginar. O Assassino do Zodíaco é uma trama totalmente imprevisível, que requer do leitor atenção e um bloquinho para anotações, para estar atento a todas as pistas.

Esta é, sem dúvida, uma ótima pedida para aqueles que gostam de se aventurar através de um bom mistério policial e também para aqueles que são arrebatados por uma boa distopia, sendo esta, nada clichê. Espero que a editora traga mais livros do autor para o Brasil e que mais leitores tenham a oportunidade de entrar em contato com o mundo criado por Sam Wilson.

O ASSASSINO DO ZODÍACO

Autor: Sam Wilson

Editora: Jangada

Ano de publicação: 2018

Numa sociedade corrupta e violenta, dividida pelos signos do Zodíaco, as desigualdades entre as pessoas vêm do berço e continuam por toda a vida. Assassinatos passam a ocorrer com brutalidade incomum, e as vítimas parecem não ter nada em comum. Seriam esses crimes uma rebelião contra o sistema ou obra de um serial killer? Para encontrar uma resposta, o detetive Jerome Burton se junta à astróloga forense Lindi Childs. Juntos eles percorrem uma trajetória sombria para tentar desvendar uma história tenebrosa de traição, amores perdidos, promessas quebradas e uma verdade devastadora capaz de abalar o mundo em que vivem…

É resenhista do Resenhando Sonhos.
Estudante de Direito, 20 anos, mineira, mora em Belo Horizonte e ama o universo literário.