fbpx

O Gato Preto em quadrinhos – Edgar Allan Poe

O Gato Preto em quadrinhos é um lançamento de 2017 da editora Martin Claret, e vai trazer a obra de Edgar Allan Poe.

20170326_123036

Sobre o Livro

O Gato Preto é uma das mais famosas obras do escritor Edgar Allan Poe, e junto com O Corvo, Os Crimes da Rua Morgue, O Retrato Oval, A Queda da Casa Usher, O Poço e o Pendulo e O Barril de Amontillado alcançou o status de cânone literário. Com diversas traduções para o Brasil, agora é hora da obra se apresentar em quadrinhos, com uma nova forma de retratar a história.

“Fui mudando, dia após dia, mais taciturno, mais irritável, mais indiferente aos sentimentos dos outros.”

Nesse conto temos a mudança de um homem que amava os animais para alguém atormentado e perigoso. O protagonista, sob influência do álcool, começa a atacar seu animais incluindo o seu mais querido, o gato preto. Porém, é nesse animal que ele encontrará os maiores obstáculos, pois o felino não ficará a mercê de seus maus tratos sem revidar.

Em uma trama sombria e aterradora, Edgar Allan Poe mostra sua maestria com as palavras, em nos passar nesse pequeno conto todo o peso da maldade humana.


Minha Opinião

Eu acredito que essa seja a terceira vez que eu leia essa história e ainda sim parece algo novo a cada nova leitura. Em 2015 eu me aventurei no mundo de Poe com os Contos de Imaginação e Mistério e, entre eles, fiz a releitura de O Gato Preto. Confesso pra vocês que não sou a maior fã do autor e não me entendo muito bem com a sua escrita. Dos muitos contos que li dele, apenas alguns me cativaram o suficiente para que eu ficassem marcados, sendo esse um deles.

Trazer essa história que já é tão conhecida e publicada em um outro formato é uma forma muito interessante de aproximar a obra de novos leitores, principalmente daquele que podem ver Poe como uma leitura difícil. Com apenas 28 páginas ilustradas, a trama é entregue ao leitor de forma fácil e clara, utilizando-se do recurso gráfico para dar ainda mais peso a voz do autor.

20170326_123138

20170326_123154

O restante de edição, que conta com 72 páginas, está ricamente cheia de informações. Já começamos com um texto do Prof. Dr. Alexandre Huady Torres Guimarães contextualizando o leitor sobre o peso de Poe em sua época e na atualidade, bem como linkando a importância da obra se manter atual. Ao fim do quadrinho temos, também ilustrada, uma parte que resume a vida do autor em 9 quadros, seguido por um texto de Lilian Cristina Corrêa sobre os mistérios encontrados nas obras e o peso deles sobre o leitor. Ao fim temos O Gato Preto em texto, na sua integridade.

“Pensamentos maus tornaram-se minha única companhia íntima – os mais obscuros e perversos.”

No conto, que foi originalmente publicado em 1843, temos uma narrativa em primeira pessoa com um narrador pouco confiável. Ele apresenta-se como alguém que cresceu amando os animais e que sua espose detinha do mesmo gosto. Entre os tantos que tinha em casa estava Plutão, o gato preto e seu favorito. Por adversidades da vida esse narrador se torna violento e descontrolado, mudando completamente sua postura e descontando sua raiva no que estiver a sua frente.

20170326_123215

20170326_123253

Aos olhos do leitor é uma transformação marcante, mas bastante repentina, e talvez ai esteja minha única reclamação com relação à história. Todo o resto é pautado pelo mistério de como os fatos apresentados vão se desenrolando e as consequências dos atos do narrador sobre a trama e também sobre sua vida.

O Gato Preto em quadrinho é uma ótima opção para quem quer começar a ler Poe, mas tem certo receio, ou para introduzir o autor a um público mais jovem que não gosta de uma linguagem tão rebuscada. Essa é a primeira aposta da editora na transformação de uma história em quadrinhos e acho que o resultado foi muito interessante e promissor, deixando o caminho aberto para que uma série de outras histórias tome o mesmo rumo e ganhe um novo olhar.

O GATO PRETO EM QUADRINHOS

Autor: Edgar Allan Poe

Editora: Martin Claret

Ano de publicação: 2017

A intrigante história de “O gato preto” é narrada em primeira pessoa pelo personagem sombrio que desde criança possui uma grande afeição por animais, mas o destino mostra-se assustador quando um gato preto aparece em sua vida. Nesses quadrinhos desfrutamos um pouco do mistério, do fantástico e da alma do ser humano, que se revela aterrorizadora. Uma leitura imperdível.

É a criadora e autora do Resenhando Sonhos.
Gaúcha do interior do Rio Grande do Sul, hoje mora na capital Porto Alegre e quer conhecer o mundo.
Publicitária por formação, sonhadora por opção. É mal humorada e chata.