O Iluminado – Stephen King

O iluminado é um livro de horror, do autor Stephen King. Obra de 2017 da coleção Biblioteca King, publicado pelo selo Suma de Letras.

SOBRE O LIVRO

Jack Torrence é alcoólatra. Já faz alguns meses que ele está tentando se manter longe do álcool. Em um momento enquanto estava bêbado ele acabou quebrando o braço do próprio filho de apenas 3 anos. No entanto, foi um episódio esquisito e sem explicação durante uma bebedeira junto com seu amigo Al, que ele decidiu parar de beber. Mas não é fácil, suas crises de ansiedade e estresse só têm aumentado, e por conta de um ato incontrolável pela fúria ele perdeu o emprego ao brigar com um aluno da escola onde ele dava aulas.

Agora Jack está sem dinheiro, porém com uma família para cuidar. A saída que ele encontra é pedir ajuda ao seu amigo, e eis que seu pedido é atendido. Ele é requisitado para trabalhar como zelador no hotel Overlook. Um hotel que fica no alto das montanhas de Connecticut, e que é muito procurado durante a Primavera e o Verão, mas que fica completamente desabrigado durante o Outono e Inverno. Contudo, ele precisa se manter funcionando para que não fique danificado durante o período de estalagem.

“O vento suspirava por entre as árvores, e as folhas caídas chacoalhavam na calçada e em volta das calotas dos carros estacionados. O ruído era fraco e triste, e o menino pensou que talvez fosse o único habitante de Boulder acordado àquela hora e capaz de ouvir o ruído. Pelo menos, o único ser humano. Não havia outro meio de saber o que mais poderia estar solto no meio da noite, andando faminto, às escondidas, por entre as sombras, sentindo o perfume da brisa.”

Sem ter alternativa, Jack, sua esposa Windy, e seu filho Dany se mudam para o Overlook para passar um período de 6 meses. No Outono eles podem ir e vir à cidade, no entanto, no Inverno é basicamente impossível enfrentar a neve das montanhas. Mas isso não seria um problema, já que eles teriam comida à vontade na dispensa e um hotel inteiro como moradia somente para os 3.

Contudo, o que parecia ser divertido no início, acaba se tornando totalmente assustador. Conforme o inverno vai chegando, as coisas no hotel começam a ficar esquisitas. E coisas tenebrosas começam a acontecer. Vozes, ruídos e visões são apenas o início de uma temporada bastante apavorante.


MINHA OPINIÃO

Esperar muito de um livro é elevar o grau de decepção. É estranho se sentir a única pessoa no mundo que não gostou de um livro que todo mundo ama, ainda mais sendo de um autor tão renomado como Stephen King. Porém, tenho que alegar que este livro não funcionou para mim. E que têm sido difícil me apaixonar pelo autor. Li poucas coisas, mas ainda tenho dúvidas de que King é um autor que entrará para meus favoritos.

O início de O Iluminado é bastante interessante. O autor usa frases assustadoras e o pouco que sabemos, sobre um homem alcoólotra que está tentando deixar o vício de lado, e que para tentar ajudar aceita um emprego recluso de tudo, te deixa afoito pela leitura, tornando-a fluida. Porém, para mim essa fluência e curiosidade pelo desenrolar da trama terminou na metade do livro.

A partir da segunda metade do livro senti que os momentos que eram para serem de horror foram na verdade fantasiosos e muito confusos. Coisas completamente esquisitas começam acontecer, mas não é um esquisito de diferente e positivo, mas um esquisito de realmente dificultar o entendimento. E, muitas vezes, essas cenas se embaralhavam com as crises de abstinência de Jack, e aí eu já não sabia mais o que estava acontecendo.

Acabei percebendo que isso ou é uma qualidade do autor, ou um defeito, pois em todos os livro dele que li encontrei exatamente cenas como essas. E talvez seja esse o motivo de eu ter criado um laço de amor e ódio com o autor. Porque apesar de eu adorar a narrativa densa e cheia de detalhes e amar as sinopses de Stephen King, eu não consigo me acostumar com as cenas sem lógicas dele. E é então que acabo perdendo o interesse e o enredo fica arrastado e cansativo.

“Muitas pessoas têm um pouquinho dessa iluminação. Elas não sabem que têm, mas são aquelas que sempre aparecem com flores quando as esposas estão de TPM, fazem boas provas na escola sem terem estudado, conseguem ter uma boa ideia de como os outros estão se sentindo logo ao entrar numa sala. Já topei com uns cinquenta ou sessenta assim. Mas talvez só uma dúzia deles, contando minha avó, sabiam que eram iluminados.”

O que eu realmente gostei em O Iluminado foi o fato de ser possível visualizar o que uma pessoa passa enquanto está em uma crise de abstinência.  Todos os dilemas que ela trava consigo mesmo, é mesmo interessante de se entender.  E também, o fato de Dany ser um iluminado, e você acreditar que pessoas assim existem, também é intrigante de acompanhar. Pois o autor cria personagens muito visuais, e isso dá toda um diferença no enredo.

Gosto também dessa edição da Biblioteca King. Ela está impecavelmente linda. Não só por fora como também por dentro. Companhia das Letras fez um excelente trabalho. E eu comprei logo as três que saíram mesmo já sabendo desse meu “probleminha” com o autor. Mas, mesmo tendo me decepcionado com O Iluminado, não vejo a hora de poder conferir as demais histórias.

O ILUMINADO

Autor: Stephen King

Editora: Suma de Letras

Ano de publicação: 2017

“O lugar perfeito para recomeçar”, é o que pensa Jack Torrance ao ser contratado como zelador para o inverno. Hora de deixar para trás o alcoolismo, os acessos de fúria, os repetidos fracassos. Isolado pela neve com a esposa e o filho, tudo o que Jack deseja é um pouco de paz para se dedicar à escrita. Mas, conforme o inverno se aprofunda, o local paradisíaco começa a parecer cada vez mais remoto… e mais sinistro. Forças malignas habitam o Overlook, e tentam se apoderar de Danny Torrance, um garotinho com grandes poderes sobrenaturais. Possuir o menino, no entanto, se mostra mais difícil do que esperado. Então os espíritos resolvem se aproveitar das fraquezas do pai… Um dos livros mais assustadores de todos os tempos, O iluminado é um clássico de Stephen King. Edição especial com tradução revisada e prólogo e epílogo inéditos.

Colaboradora do Resenhando Sonhos.

25 anos, Técnica em Química e apaixonada por livros desde que me conheço por gente!