O medo mais profundo – Harlan Coben

O medo mais profundo é um dos livros do famoso escritor Harlan Coben e foi lançado pela editora Arqueiro em 2016.

3

Sobre o livro:

Após um lesão que sofreu em um jogo, Myron Bolitar, precisou abandonar a sua vida de jogador de basquete e abriu uma empresa de Representações Esportivas. Há alguns anos a sua ex-namorada Emily o abandonou e casou com Greg Downing, um atleta famoso que destruiu a vida de Bolitar. Com isso, depois de quatorze anos, Myron fica surpreso ao ser procurado pela ex que está separada do seu antigo rival e implorando por sua ajuda.

Emily retorna com a notícia de que seu filho, Jeremy, de apenas 13 anos, está com anemia de Franconi, uma anemia hereditária causada por uma deficiência na medula óssea e que enfraquece os cromossomos, essa anemia acontece apenas em crianças. O garoto pode ser salvo com um transplante de medula e existe um doador compatível cadastrado no banco de doadores, mas acontece que ele desapareceu. Por isso, ela foi pedir a ajuda de Myron (que já é conhecido de outros livros do escritor como um bom investigador), ele decide não se envolver, pois já tem os seus próprios problemas, mas, para sua surpresa, Emily possui um motivo ainda maior para pedir sua ajuda: o garoto é fruto da sua última noite com Myron, que eles tiveram antes dela casar com Greg.

“- Não vamos discutir isso de novo. Não importa o que foi: desejo, burrice, medo, destino… Chame pelo maldito nome que você quiser, mas eu faria tudo de novo. Esse “erro” foi a melhor coisa que já me aconteceu, Jeremy, nosso filho, surgiu dessa confusão. Está me ouvindo? Eu destruiria um milhão de carreiras e casamentos por ele.”

Assim, ele parte em busca desse doador desaparecido. Dividido entre acreditar em Emily, a mulher que partiu seu coração, já mentiu sobre a conduta do ex-marido Greg e que já alegou diversas vezes que faria tudo para proteger os filhos e em seu coração que o deixou em dúvida desde que viu o garoto. Para isso, ele conta com a ajuda da sócia Esperanza e o amigo de longa data Win, um rico excêntrico que não mede esforços para ajudar Myron nas suas investigações e que possui métodos peculiares para obter o que deseja. Bolitar terá de passar por cima da rivalidade existente entre ele e Greg e de todo o ressentimento guardado por Emily, tudo isso para salvar o seu possível filho.

Dentre animosidades e mágoas antigas, o livro passeia pelos lados mais obscuros da mente humana. Entre o passado de uma das famílias mais ricas, um jornalista que teve a carreira destruída após ser acusado de plágio e antigos casos de sequestros realizados por um lunático e que nunca chegaram a ser comprovados pelas autoridades, a história vai traçando um paralelo entre todos esses dramas e fazendo com que tudo se encaixe e faça sentido no final. Em um ritmo eletrizante vemos Myron, juntamente com seus companheiros, desvendando essa teia de mentiras e intrigas.

Minha opinião:

Uma coisa é certa: Harlan Coben sempre surpreende nos seus livros. Nessa história que reúne elementos que, em uma primeira olhada, não fazem sentido, mas que após a história ser desenvolvida os nós são desamarrados e todo o raciocínio do escritor chega a um resultado. O livro conta com personagens cativantes e uma trama muito bem desenvolvida. Esse é o sétimo livro da saga Myron Bolitar, já existem outros livros que contam com nosso herói, mas nada que interfira em ler as histórias separadamente. Algumas questões que já aconteceram em livros passados são citadas nesse e não temos uma resposta sobre o que aconteceu, nada que prejudique a atual leitura, mas são lacunas que não são preenchidas e que acabam nos deixando curiosos para ler o restante.

Não posso falar sobre esse livro sem citar o fiel escudeiro de Myron, o mulherengo Win. Um homem rico, com grande poder de persuasão e que possui uma língua afiada. Ele é pouco explorado nesse livro, entretanto, quando ele aparece sempre deixa a sua marca na história. Ele e Myron são amigos desde o tempo da faculdade e estão sempre juntos quando precisam resolver algum caso, fugir dos federais ou até de um tiroteio. Além dele a sócia de Bolitar, Esperanza, também adquire notório espaço na história e acaba auxiliando muito os dois nas suas investigações em busca do doador misterioso.1

É claro que o nosso protagonista também possui o seu charme, Myron não consegue ficar quieto e possui um senso de humor bem peculiar com respostas rápidas e um toque de humor negro. Suas piadas são o seu mecanismo de defesa e além de uma grande inteligência para resolver os casos, ele também possui um grande coração e é muito sensível. Muitas vezes desconfiei de Emily e pensei que ela estava se aproveitando desse seu jeito, pois durante todo o livro ela me pareceu uma personagem muito duvidosa, sempre pronta para apunhalar alguém pelas costas.

O fato de ter um sequestrador misterioso que atormenta a família das vítimas e cita trechos macabros para elas serviu para dar um toque de terror e mistério a toda a história, pois a todo o momento nos perguntamos qual a ligação entre esses fatos com o que está acontecendo agora. O nome do livro faz sentido por se tratar de algo que o sequestrador pergunta para os familiares “qual o seu medo mais profundo?”. Fora isso, não acredito que a capa tenha muito ligação com o resto da história, mas a diagramação com capítulos curtos me agrada e ajuda na leitura. Essa história é muito viciante, com diálogos bem elaborados e Harlan já sabe o jeito de prender os seus leitores, assim como, qual a hora de acelerar e diminuir o ritmo da história e também o momento certo de jogar uma revelação.

“A ligação telefônica veio do nada.
– Qual o seu medo mais profundo? – sussurra a voz. – Feche os olhos e imagine. Você consegue visualizar? A agonia mais terrível?
Após uma longa pausa, digo:
– Sim.
– Ótimo. Agora imagine algo muito mais terrível…”

A história passa por muitas voltas e quando achamos que o livro chegou ao final somos surpreendidos com uma reviravolta, após estarmos acostumados com esse novo rumo, começamos a encaixar as peças e BAM! outra reviravolta genial que faz ainda mais sentido e que deixa o leitor aflito por não ter percebido isso antes. Começamos com a simples procura de um doador para salvar a vida de um garoto, mas acabamos sendo arrastados para uma história bem mais complexa que envolve muito mais do que imaginamos. Recomendo muito esse livro, não apenas por se tratar do Harlan que é um grande escritor, mas também pela história que é extremamente envolvente.

thumb_livro

4estrelasb

O MEDO MAIS PROFUNDO

Autor: Harlan Coben

Editora: Arqueiro

Ano de publicação: 2016

Na época da faculdade, Myron Bolitar teve seu primeiro relacionamento sério, que terminou de forma dolorosa quando a namorada o trocou por seu maior adversário no basquete. Por isso, a última pessoa no mundo que Myron deseja rever é Emily Downing. Assim, ele tem uma grande surpresa quando, anos depois, ela aparece suplicando ajuda. Seu filho de 13 anos, Jeremy, está morrendo e precisa de um transplante de medula óssea – de um doador que sumiu sem deixar vestígios. E a revelação seguinte é ainda mais impactante: Myron é o pai do garoto.
Aturdido com a notícia, Myron dá início a uma busca pelo doador. Encontrá-lo, contudo, significa desvendar um mistério sombrio que envolve uma família inescrupulosa, uma série de sequestros e um jornalista em desgraça.
Nesse jogo de verdades dolorosas, Myron terá que descobrir uma forma de não perder o filho com quem sequer teve a chance de conviver.

É colaboradora do Resenhando Sonhos.
Natural de São Sepé, atualmente morando em Santa Maria.
Formada em Gestão da TI pela URCAMP e cursando Produção Editorial na UFSM.
Apaixonada por livros, Johnny Cash e cachorros.