Os Últimos Jedi – Jason Fry

Os Últimos Jedi é uma versão expandida do filme, baseada em uma história de Rian Johnson pelo autor Jason Fry. Ele foi lançado em 2018 pela editora Universo dos Livros.

Sobre o livro

A Primeira Ordem continua sendo um perigo para todos os habitantes da galáxia. Eles estão atrás da Resistência, que busca uma maneira de driblar esse oponente e encontrar uma nova base a fim de continuarem com seus planos. Pelo comando da general Leia Organa, observamos todas as dificuldades enfrentadas por esses remanescentes. O poder e a fúria do Líder Supremo Snoke parece estar sempre rondando, sua influência é enorme e, juntamente com seu aliado Kylo Ren, ele busca uma forma de adquirir o domínio de toda a galáxia.

Enquanto isso, a poderosa Rey foi enviada ao planeta Ahch-To atrás de Luke Skywalter. Uma lenda perdida que parece ser a única capaz de ajudá-los nesse momento tão delicado. A jovem contará com a ajuda de Chewie e R2 e precisará usar de toda a sua diplomacia e poder de persuasão para convencer um Luke taciturno e mal-humorado a ir embora com ela ajudar na causa.

“Rey andou na direção de Luke Skywalker enquanto ele puxava o capuz para trás. Sua mão esquerda era de carne e osso, a direita era feita de metal e fios. Ele a encarou; seu olhar era direto e intenso, sua expressão era estranha. Ela não sabia se era raiva, aflição ou melancolia em seu rosto.”

Enquanto cada um dos apoiadores da Resistência está envolvido com alguma arriscada missão. Temos o lado negro representado por dois seres cruéis e poderosos. Snoke e Kylo discordam muitas vezes, mas possuem um desejo em comum: destruir Leia e seus seguidores e instaurar o caos na galáxia. O que nos reserva essa trama cheia de ação e revelações inesperadas? Com personagens marcantes e muito bem estruturados, temos uma perfeita adaptação do filme que dividiu os fãs dessa franquia.


Minha opinião

Imagine se Luke nunca tivesse atendido ao chamado daquele holograma da, até então, princesa Leia? Imagine se ele continuasse em Tatooine como um simples agricultor e casasse com uma antiga paixão? Imagine a princesa sendo executada? Então, calcule o tamanho do meu susto ao começar essa história e ser apresentada a esse realidade? Por um momento quase pensei que teria algo completamente surreal aqui. Porém, logo tudo foi explicado e eu vi que o autor não estava brincando quando falou em uma edição expandida.

Sempre fui daquelas pessoas que acha o livro superior ao filme. Como tive uma péssima experiência com o filme “Os Últimos Jedi”, imaginava que nem o livro conseguiria salvar toda aquela miscelânea de acontecimentos. Mas, para minha grande felicidade, acabei adorando esse livro e vendo a história com outros olhos. Aqui consegui ver tudo por um ângulo diferente. Temos uma ampliação do filme, com conteúdos adicionais e versões alternativas do roteiro. Enquanto lia, quase conseguia visualizar tudo aquilo que vi no cinema, mas, agora, prestando muito mais a atenção nos diálogos e em detalhes que passaram pelo meu radar e que nem levei em consideração. O autor fez um excelente trabalho nesse livro.

“A esperança é muito mais brilhante do que a mais profunda escuridão, mas somente nós podemos mantê-la acesa.”

Rever cenas tão icônicas com muito mais atenção e detalhes tão minuciosos, ajudou a reformular tudo que vimos no final do ano passado. Apesar de ser um relato, sentimos as mesmas emoções como se estivéssemos visualizando todas essas cenas na nossa frente. Um Luke mais experiente, amargurado e até bem ranzinza. Essa imagem contrasta, e muito, com aquele jovem rapaz sonhador que queria conhecer a galáxia. Agora, ele se esconde em um planeta distante e vive uma vida modesta. Mas, suas estruturas estão prestes a ser balançadas com a chegada de Rey, uma órfã que possui a Força muito latente em si. Esse encontro é dos mais esclarecedores desta narrativa.

Amo perceber que nessa narrativa temos a figura de duas mulheres muito importantes e que são os grandes destaques. Rey talvez seja a personagem mais curiosa e emblemática dessa nova fase. Não sabemos quem são seus pais, o que ela guarda no seu passado e nem o tamanho da força que ela tem. A jovem é extremamente focada e corajosa. E, além disso, possui uma estranha conexão com o nosso antagonista, o cruel e odioso Kylo Ren que está cada vez mais perdido no lado negro.

Além dela, Leia continua sendo uma das maiores protagonistas. Uma general que sabe ser rígida, mas que também possui um grande amor por todos aqueles que estão unidos e lutando pela mesma causa que ela. Ela que mantém a Resistência unida e funcionando, apesar dos parcos recursos que eles possuem. Percebo aqui que, entre as duas mulheres mais importantes da galáxia, temos as duas possuindo uma ligação com o mais desprezível dos seres, como bem sabemos, Leia é mãe de Ben, atualmente conhecido como Kylo.

“Gostando ou não, Leia sabia que a maior força da Resistência – seu recurso mais indispensável – era ela própria. Sua liderança, seu legado de sacrifício, sua lenda eram o que mantinha aquele frágil movimento unido. Sem isso, a Resistência se desintegraria diante das armas da Primeira Ordem.”

E eu não poderia deixar de citar Poe Dameron, o piloto de x-wings, extremamente inconsequente, mas com um coração gigantesco que, na minha humilde opinião, deu um grande sucessor do nosso Han Solo. Não é de admirar todo o carinho que Leia mostra ter por ele. Já sinto um cheiro de casal no ar, mas deixo esses spoilers longe dessa resenha e reforço a necessidade de vocês lerem e assistirem a esse filme. Temos os combates e confrontos muito bem elaborados e descritos. O livro tratou de ser extremamente fiel ao filme. E não de uma maneira maçante ou repetitiva, mas completamente dinâmica e envolvente.

É claro que algumas partes não conseguiram ser salvas nem aqui, cenas que eu achei desnecessárias no filme, continuaram sendo no livro. E foram as que eu mais achei arrastadas e cansativas. Entretanto, o interessante é que temos vários núcleos, cada um envolvido com os seus problemas. Veremos os pensamentos de alguns dos personagens, que não estão presentes no filme, e vamos relembrar tudo o que aconteceu, visto por um novo olhar. Se você gostou do filme, vai amar esse livro. Se não gostou tanto, dê uma chance a essa história contada por esse visão e tenho certeza que você não vai se arrepender.

thumb_livro

45estrelasB

OS ÚLTIMOS JEDI

Autores: Jason Fry

Editora: Universo dos Livros

Ano de publicação: 2018

Após encontrar o mítico e recluso Luke Skywalker em uma ilha isolada, a jovem Rey busca entender o equilíbrio da Força a partir dos ensinamentos do mestre Jedi. Paralelamente, a Primeira Ordem de Kylo Ren se reorganiza para enfrentar a Resistência Rebelde.

É colaboradora do Resenhando Sonhos.
Natural de São Sepé, atualmente morando em Santa Maria.
Formada em Gestão da TI pela URCAMP e cursando Produção Editorial na UFSM.
Apaixonada por livros, Johnny Cash e cachorros.