Outlander – A Viajante do Tempo: Livro e Série

Eu não sei a quanto tempo estou protelando esse post, mas é com certeza muuuuuito tempo. A série Outlander estreou em agosto de 2014 e eu bati o olho e amei. Só descobri em setembro que ela na verdade era baseada em uma série de livros da autora Diana Gabaldon. A série Outlander é composta por 8 livros até o momento, e teve seu primeiro volume publicado em 1991. Aqui no Brasil a série está sendo publicada pela editora Saída de Emergência.

“Você pode olhar através das limitações da sua própria vida e ver que não significam nada. Nesse momento, quando o tempo para, é como se você soubesse que poderia embarcar em qualquer aventura, terminá-la e voltar para si mesmo, para encontrar o mundo da mesma forma, e  tudo exatamente como você deixou um momento antes. É como se, sabendo que tudo é possível, de repente nada seja necessário”.

A leitura do primeiro livro foi um pouco lenta no início, já que a série é super fiel e a principio tudo que estava lendo já havia visto acontecer. Porém, após as primeiras páginas mergulhei de cabeça no livro e devorei todas as 800 páginas.

Outlander – A Viajante do Tempo vai contar, em 1945, a história de Claire Randall, uma inglesa que serviu como enfermeira durante a Segunda Guerra Mundial e agora tenta se reaproximar do marido, Frank, em uma viagem a Inverness nas Ilhas Britânicas. Frank está pesquisando seus antepassados, que viveram no local e Claire está aproveitando para conhecer novos lugares e aprender mais sobre ervas e curas. Em uma das aventuras da viagem Claire acaba presenciando um ritual junto ao círculo de pedras de Craigh na Dun. Mais tarde ao retornar ao lugar sozinha, Claire sente uma força e ao alcançar uma das pedras algo inexplicável acontece. Ela acorda em 1743 em meio a uma Escócia em guerra, dominada pelos Clãs das grandes famílias.

Tanto o exército inglês como os clãs escoceses não sabem dizer se Claire é uma aliada ou uma espiã dos inimigos e o seu farto e para 1743, inexplicável, conhecimento em cura não colabora para que sua índole seja comprovada. Levada pelo Clã Mackenzie e procurada pelos ingleses ela não sabe o que fazer para voltar a Inverness e tentar retornar para o seu tempo certo e para sua vida. Entre os Mackenzie Claire vai conhecer Jaime Fraser, um jovem que pode mudar a sua vida e os seus desejos de voltar pra casa.

A história é maravilhosa e a narrativa da autora é super leve e bem construída. Aos poucos vamos vendo o desenrolar da história acontecer e sentimos muitos sentimentos diferentes conforme Claire enfrenta seus desafios para permanecer viva e encontrar novamente o caminho para casa.

Jaime vai aos poucos ganhando nosso coração e sabemos que será algo difícil estar na pele de Claire. Ela tem um marido esperando por ela, mas no momento atual, esse homem representa outra coisa, e há um jovem guerreiro a defendendo.

outlander

O contexto histórico é muito legal e é sempre algo que eu levo muito em consideração. A personalidade de Claire é muito forte e não a vemos se dobrar frente as dificuldades da mudança drástica de época, a limitação das condições de saúde e até a visão de ela ser uma possível “bruxa” por saber técnicas desconhecidas de cura.

A série está seguindo um caminho muito semelhante ao livro e já teve a primeira metade da primeira temporada liberada, com 8 episódios. Os episódios restantes vão ao ar a partir de abril de 2015 e deve terminar exatamente no fim do primeiro livro. A escolha dos personagens foi ótima e enquanto lia tinha a imagem perfeita deles em minha mente, portanto, super recomendo :D

“Porque onde todo o amor existe, não há necessidade de palavras. É tudo. É imortal. E se basta.”

OUTLANDER: A VIAJANTE NO TEMPO

Autor: Diana Gabaldon

Editora: Saída de Emergência

Ano de publicação: 2014

Em 1945, no final da Segunda Guerra Mundial, a enfermeira Claire Randall volta para os braços do marido, com quem desfruta uma segunda lua de mel em Inverness, nas Ilhas Britânicas. Durante a viagem, ela é atraída para um antigo círculo de pedras, no qual testemunha rituais misteriosos. Dias depois, quando resolve retornar ao local, algo inexplicável acontece: de repente se vê no ano de 1743, numa Escócia violenta e dominada por clãs guerreiros. Tão logo percebe que foi arrastada para o passado por forças que não compreende, Claire precisa enfrentar intrigas e perigos que podem ameaçar a sua vida e partir o seu coração. Ao conhecer Jamie, um jovem guerreiro escocês, sente-se cada vez mais dividida entre a fidelidade ao marido e o desejo. Será ela capaz de resistir a uma paixão arrebatadora e regressar ao presente?

É a criadora e autora do Resenhando Sonhos.
Gaúcha do interior do Rio Grande do Sul, hoje mora na capital Porto Alegre e quer conhecer o mundo.
Publicitária por formação, sonhadora por opção. É mal humorada e chata.