Quatro Vidas de um Cachorro – W. Bruce Cameron

Quatro Vidas de um Cachorro é livro do autor americano W. Bruce Cameron. Lançado originalmente em 2012 pela editora Agir. E foi relançado em 2016 pela editora Harper Collins.

IMG_8535

SOBRE O LIVRO

Qual é o motivo da nossa existência nesse planeta? Por quê nós estamos aqui? Qual é o nosso propósito? Essas são perguntas que o jovem cão Toby faz ao perceber que está cercado pelos seus jovens irmãos e irmã e, claro, sua mãe. Apesar de não poder vê-la, ele sente ali a sua presença. Ao crescer mais um pouco, ele, seus irmãos e sua mãe são capturados por um canil, que de primeiro momento pode parecer amedrontador, mas na verdade estão ali pessoas que não tem muitas condições de vida, porém seu amor por animais é gigantesco. Após algo acontecer, o pequeno Toby morre ainda novo, mas o propósito dele ainda não acabou por aí.

Ao renascer novamente cercado pelo montante de pelos de seus irmãos mais novos, ele percebe que novamente vive e que agora é um Golden Retriever. Ao seu adotado pelo pequeno Ethan, ele então se torna o melhor amigo e companheiro dele. Ambos vivem inúmeras aventuras enquanto eles descobrem o verdadeiro significado do amor de cães e humanos.

“Ele me deu um abraço comprido e amoroso. Entrefechei os olhos – não havia no mundo nenhuma sensação melhor do que ser abraçado pelo meu menino”

Quando alcança uma certa idade, ele novamente parte mas renasce na pele de uma linda Pastor Alemão, e sua missão nessa vida é muito importante: Trabalhar com a polícia para o resgate de pessoas. Ali, Ellie acha que finalmente encontrou seu grande propósito, pois estava salvando pessoas, tanto vítimas, quanto dois policiais especiais com quem ela convive. Mas mal sabia essa alma canina que sua quarta, e última vida, iria guardar tantas surpresas. Não só para ela, mas também para uma pessoa muito especial que já passou por sua vida.


MINHA OPINIÃO

Confesso que só fui conhecer a história quando o trailer do filme foi lançado, e naquele momento eu já me apaixonei. Adoro histórias que mostram o amor animal interagindo com humanos. Filmes como Marley e Eu e Sempre ao seu Lado conquistaram meu coração de uma forma tão especial, e me fizeram chorar tanto. Assim que o livro chegou por aqui, comecei a leitura com a maior certeza: Eu iria chorar MUITO. A capa do livro original da editora Agir é uma graça, mas essa nova da HarperCollins ficou ainda melhor. Achei uma narrativa muito fluida, o que me fez terminá-lo em poucos dias e devorar as páginas

Acho que o que mais me conquistou nesse livro em suas poucas páginas foi ele ser narrado inteiramente pelo ponto de vista do cachorro. Há algumas situações bem engraçadas que ele comenta como é usar um cone na cabeça após sua castração, coisa que segundo o próprio, o deixava ridículo. Ou sobre sua convivência com gatos. Nesses momentos eu parava pra imaginar se meu cachorro também vive essas situações engraçadas e tem essa consciência do mundo.

“Fiquei atônito diante dessa falsa acusação. Malvado? Eu havia sido acidentalmente trancado na garagem, mas estava mais que disposto a desculpar todos eles. Por que me repreendiam assim, balançando o dedo na minha cara?”

IMG_8534

Confesso que mesmo sabendo que ele iria renascer depois, eu chorava à cada morte. Com certeza o apego que ele teve com o Ethan foi algo sensacional de se ler. Ele tem um carinho tão especial pelo menino, sempre buscando o ajudar como pode, e vemos o tamanho da bondade dos anjinhos de quatro patas.

Além de transformar a vida de Ethan, quando ele é uma cão policial, Ellie realmente salva vidas. Ela ajuda no resgate de pessoas, além de defender fielmente seu parceiro Jakob. Nessa parte nos mostre companheirismo que ela tem com seu treinador/parceiro. Ficando depois aos cuidados de outra policial, ela transforma sua vida; Maya é uma policial que precisa ter força de vontade para treinar, e com a ajuda de Ellie, ela consegue superar barreiras que sempre foram impostas em sua vida e se torna então uma policial respeitada.

Finalizei 2016 com essa leitura e digo que foi uma das melhores do ano. Eu me emocionei, ri, chorei, fiquei ansiosa para saber o que iria acontecer no fim e acima de tudo, aprendi muitas coisas sobre os cães. Realmente espero que esses anjos sempre tenham uma segunda chance para que possam iluminar sempre as vidas das pessoas. Recomendo para todo bom amante de cães! Esse é um livro de drama mas também com uma pitada de comédia.


SOBRE O FILME

Quando o trailer quatro vidas de um cachorro foi lançado, logo uma explosão de pessoas se apaixonaram pela história e estavam ansiosas pela estreia do filme, que estava marcada para o final de Janeiro de 2017. Porém, uma semana antes do lançado, o canal de fofocas americano TMZ liberou um vídeo onde o treinador do cachorro Hércules, que estava interpretando Ellie, era forçado à entrar na piscina para gravar as cenas do animal dentro da água. E também no final do vídeo, vemos o cãozinho se afogando. Na hora, milhares de pessoas compartilharam tal vídeo, e muitas delas prometeram boicotar o filme pelo acontecido.

Apesar da TMZ ser fofoqueira e super sensacionalista, fiquei bastante chocada com o vídeo e chateada também, afinal eu estava tão animada de ver essa linda história no cinema. Após um tempo, a organização American Humane afirmou que o vídeo foi manipulado e “deliberadamente editado com o propósito de desinformar o público e provocar revolta.” Sabemos que trabalhar com animais não é fácil, muitos já morreram ou se feriram por causa de filmagens de grandes filmes que foram até indicados à Oscar. Mas temos sempre fé que as empresas vão tratar os animais, seja ele cães, gatos, cavalos, com respeito e compaixão como eles sempre merecem.

Eu fui ao cinema para ver o filme e digo que não me arrependi, apesar de toda polêmica envolvida por trás de tudo. A história está diferente do livro mas mesmo assim não perde nem um pouco da sensibilidade que o livro transparece em suas páginas. Foi bem legal ver gente de todas as idades, gêneros chorarem de soluçar dentro da sala de cinema, eu não estava sozinha nessa haha. Indico o filme para os amantes de Marley & Eu e já digo: Leve lencinhos pois as lágrimas são inevitáveis.

QUATRO VIDAS DE UM CACHORRO

Autor: W. Bruce Cameron

Editora: Harper Collins

Ano de publicação: 2016

Esta é a inesquecível história de um cão que — após renascer várias vezes — imagina que haja uma razão para seu retorno, um propósito a cumprir, e que, enquanto não o alcançar, continuará renascendo. Narrado pelo próprio animal, Quatro vidas de um cachorro aborda a questão mais básica da vida: Por que estamos aqui?
Emocionante e com boas doses de humor, Quatro vidas de um cachorro é um livro para todas as idades, que mostra o olhar de um cão sobre o relacionamento entre as pessoas e os laços eternos entre os seres humanos e seus animais.

É resenhista do Resenhando Sonhos.
Nascida no interior Paulista, futura cientista da computação, se apaixonou por literatura quando conheceu o bruxo Harry Potter e o vampiro Edward Cullen. Adora ir no cinema e assistir séries em dias chuvosos.
  • Lili Aragão

    Sobre o livro, a capa tá realmente bonita, a história parece ser bem emocionante e tenho certeza que iria me render as lágrimas em todos os finais da vida do cãozinho assim como você :D Sobre o filme, ainda não vi, a polêmica dos maus tratos ganhou uma proporção enorme, enquanto que essa nota da organização American Humane não, assim acho que o filme deve ter sido prejudicado na bilheteria, contudo gostei de saber que o resultado da tela é tão fofo quanto o livro e somos apresentados a um bom filme ;)

  • Lara Caroline

    Oi Erika, tudo bem?
    Eu só conheci o livro também pelo lançamento do filme. Assim que vi esta capa me apaixonei de imediato porque eu sou uma pet lover hahaha
    Quero muito ler este livro, e ver a história ser narrada na perspectiva do cão, que é uma experiência que eu não tive ainda.
    Quanto ao filme, ainda tenho algumas duvidas quanto as imagens.
    Beijos

  • Bruna Prata

    Só fui conhecer esse livro quando descobri que teria filme, filme esse que já tinha o trailer lançado faz um tempo, e que até agora eu não assisti. Já tive a experiência de ler um livro na visão de um animal doméstico, mas não foi algo tão agradável. Todo o enredo para ser algo incrível de ser lido.

  • rudynalvacorreiasoares

    Ai Érika!
    Sou totalmente apaixonada por bichos e por cachorros ainda mais.
    Adoro leituras que tenham esses animais tão inteligentes e fiquei ainda mais interessada em ver que todo o livro é narrado por ele e acredito que ficamos mesmo pensando: será que nossos animaiszinhos também tem pensamentos do tipo?
    Vi a polêmica em relação ao vídeo e depois que foi desmistificado tudo a respeito da gravação, fiquei com muita vontade de assistir o filme, mesmo sendo um pouco diferente do original.
    Desejo uma semana repleta de realizações!
    “O saber é saber que nada se sabe. Este é a definição do verdadeiro conhecimento.” (Confúcio)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

  • Thaynara Ribeiro

    não gosto nem assisto ou leio livros onde animais são os protagonistas… Nunca em atraem e não é diferente com esse. Não fico com nem um pouco de vontade de ler

  • Marta Izabel

    Oi, Érica!!
    Também conheci o livro através do trailer do filme. É fiquei apaixonada pela a história! Olha fico aliviada por saber que essas notícias de maus tratos no filme pode ter sido manipulado. Como adoro cachorros e gatos fiquei morrendo de pena dos bichinhos!
    Beijoss

  • Gislaine Lopes

    Oi Erika,
    Eu também só soube da existência deste livro quando assisti ao trailer do filme. Amei a proposta do autor para esta história. Quem tem animais de estimação sabe o quanto, as vezes, nos sentimos muito ligados a eles de forma inexplicável. Quero muito ler este livro e assistir ao filme.