Rangers #3 – Terra do Gelo – John Flanagan

Terra do Gelo é o terceiro livro da série Rangers – Ordem dos Arqueiros, do autor John Flanagan, e foi publicado em 2009 pela editora Fundamento.

Sobre o Livro

*Está resenha contém spoilers dos livros anteriores.

Com o desenrolar das coisas no fim do segundo livro, a ameaça de Morgarath foi eliminada, mas alguns daqueles que serviram ao temível homem ainda assombram o reino e, é atrás destes, que o rei colocou os arqueiros. Quem não ficou nada satisfeito com essa situação é Halt, que deseja a todo custo ir atrás de Will.

Para tentar ser dispensado da missão, Halt vai bolar um plano bem atípico, já que o rei está irredutível quanto a o liberar e Crowley, seu comandante, também não pode ajudá-lo. Com o auxílio inusitado de Horace, o jovem aprendiz guerreiro, ambos sairão em uma jornada nada simples e várias coisas estranhas vão acontecer no caminho, dificultando cada vez mais que Halt cumpra o objetivo de encontrar Will.

“Acredite que você não é visto, dizia o ditado dos arqueiros, e isso vai acontecer.”

20161023_170215

Enquanto isso, o jovem está junto com Evalyn como refém dos escandinavos, indo em direção a terra deles. Porém, uma tempestade inesperada no meio da viagem vai impor desafios que nenhum deles esperaria e o caminho dos dois jovens vai se complicar. Além disso, Evalyn precisa contar a Will que não é uma simples criada, e sim a princesa herdeira, mas esse é o tipo de informação que se cair nas mãos dos inimigos colocaria-os em ainda mais maus lençóis. Será que eles vão encontrar um jeito de sobreviver e permanecer junto?


Minha Opinião

Quando eu comecei a ler Rangers – Ordem dos Arqueiros, meu principal medo era que por ser uma série longa, o tédio e o desgaste viria para assombrar a leitura. Sei que no terceiro livro ainda é cedo pra concluir algo, mas a cada nova história vejo que isso provavelmente não vai acontecer. Terra do Gelo poderia ter um enredo semelhante aos demais, com algum grande inimigo e algo a ser derrotado, mas resolveu seguir por outro caminho.

Neste terceiro livro tiramos um momento para conhecer melhor nossos personagens e amadurecer junto com eles. Halt, que esteve meio desaparecido no segundo livro, volta novamente ao centro da história e impõe seu valor a trama. Ele é uma pessoa leal e não se conforma em não estar indo atrás de Will. Ele é seu aprendiz e, portanto, sua responsabilidade e para arcar com o peso disso ele está disposto a ir até as últimas consequências.

“Mas, dentro do peito, Halt tinha o coração leve, como havia semanas ele não sentia.”

20161023_170258

Essa fato é um aspecto novo do personagem, já sabíamos que ele era leal, porém a forma como ele conduz sua postura mostra que acima de sua devoção com os arqueiro e ao rei está também as pessoas que ele ama, e ele não vai simplesmente ignorá-las. Outro personagem que mais uma vez agrega à trama é Horace. O jovem que no primeiro livro ensaiou se tornar um problema, aqui volta a mostrar seu valor como um aliado bem vindo a Halt. Ele, mesmo em treinamento, já é um excelente guerreiro e isso chamará a atenção de pessoas indesejadas.

Em contraponto a isso temos Will e Evalyn em um navio indo em direção as terras dos escandinavos. Eles são escravos e estão tendo que trabalhar, porém já conquistaram uma certa simpatia entre os homens. Porém nada nunca é fácil e novos desafios vão se apresentar: primeiro Will precisa se manter forte e tentar a todo custo achar uma forma de escapar e, em um segundo momento, precisa simplesmente sobreviver a sua própria mão.

O que acontece com o personagem aqui me lembrou bastante um momento do personagem Fitz da Saga do Assassino. As condições e situações são diferentes, muito mais agravantes no outro livro, mas através da forma debilitada como o Flanagan constrói esse momento para Will, foi impossível não relacionar com o personagem e com aquilo que ele está passando.

20161023_170238

Terra do Gelo é portanto um livro de transição, mas, ao invés de querer construir uma história vazia para dar ação a trama, preferiu exercitar as personalidades dos personagens, deixando-os mais palpáveis e humanos para o leitor. Mesmo com o sentimento de que quase não aconteceu nada no livro, esse terceiro volume é o meu favorito até aqui. Acho importante o autor ter tirado um momento para fortalecer seus protagonistas, principalmente esta sendo uma série juvenil, onde normalmente isso não é feito.

Conforme andamos pelo livro é difícil dizer o que virá a seguir. Por mais que todos tenham andado em várias direções, parece que os dois núcleos mais se afastaram do que se aproximaram e a incógnita sobre o que virá fica sobre o leitor. O fim do livro poderia ter acontecido das mais diversas formas, mas veio para dar um alívio àqueles que torcem pela história.

Acho que para quem até o momento gosta da série e está seguindo com a leitura, Terra do Gelo é um ótimo livro e mesmo mudando o foco das batalhas ou inimigos a derrotar, trabalha um aspecto que é tão importante quanto o desenvolvimento desses outros temas. Para o quarto livro, Folha de Carvalho, ainda não sei se o reencontro virá ou se veremos mais uma vez nossos personagens queridos seguindo caminhos diferentes, mas o que sei é que estou ansiosa para descobrir.

thumb_livro

4estrelasb

RANGERS #3 – TERRA DO GELO

Autor: John Flanagan

Editora: Fundamento

Ano de publicação: 2009

Forças da natureza podem ser um poderoso oponente para um jovem aprendiz de arqueiro e uma princesa em terras de piratas e mercenários. Por isso, depois de um longo e sombrio inverno, Will e Evanlyn estão diferentes. Eles entenderam que, em toda guerra, há um tempo para lutar e um tempo para aceitar o inevitável. A Terra do Gelo nunca tinha visto jovens prisioneiros com tanta honra, coragem e companheirismo, mesmo passando por muitas tristezas e humilhações. Nesse pedaço de mundo gelado e hostil, a batalha pela vida é travada com armas feitas de outros materiais: uma forjada no pulsante calor da alma; outra malhada na mais cruel escuridão. Na corrida pela salvação, Evanlyn mostra seu valor, mas isso pode não ser o suficiente para libertar ela e Will. Por sua vez, Halt e Horace precisam enfrentar falsos cavaleiros e muitos espertalhões na tentativa de resgatar seus amigos. Será que chegarão a tempo? Duas batalhas pela vida, simultâneas e arriscadas, com uma finalidade só: salvar Will.

É a criadora e autora do Resenhando Sonhos.
Gaúcha do interior do Rio Grande do Sul, hoje mora na capital Porto Alegre e quer conhecer o mundo.
Publicitária por formação, sonhadora por opção. É mal humorada e chata.
  • Lili Aragão

    O bom e o ruim de uma série longa é que o autor tem espaço pra desenvolver os plots e enquanto uns autores acabam perdendo o “fio da meada” e tornando a história enfadonha e repetitiva, outros autores conseguem fazer com que os leitores se importem com os personagens e desenvolver a história sem que a mesma fique chata e fico feliz em saber que é isso que acontece com essa série, que apesar de juvenil parece ser bem legal. Gostei de saber que existe uma princesa disfarçada de criada, e deve haver o inicio de um romance ai né? rsr
    Tô gostando de acompanhar as resenhas dessa série e quando surgir a oportunidade vou querer lê-la ;)

  • Alison de Jesus

    Olá,apesar que ser uma série longa,tenho o pressentimento de que vale a pena acompanha-la,pelo que li da resenha Rangers parece envolver muita ação e aventura,além de dar bastante destaque para os personagens.Beijos.

  • Caverna Literária

    Ainda não tive oportunidade de ler essa série, mas já ouvi vários comentários positivos a respeito. Fico contente por embora o terceiro volume não ter trago grandes revelações, ele tenha sido importante pra melhor construção dos personagens, é uma leitura sempre mais envolvente quando conseguimos entrar na mente dos personagens, nos sentir mais próximos deles, né?

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

  • Lara Caroline

    Oi Tami!
    Estou acompanhando todas as resenhas desta série e cada vez estou mais animada para começar a ler, o que desanima um pouco é o fato de ela ser longa, mas quando um livro vale a pena a gente não pode deixar de ler.
    Beijos

  • Bruna Prata

    Lembro vagamente de ter ficado interessada nessa série quando li as resenhas anteriores, mas me desanimar rapidamente quando descobri que ela era grande. Agora, o sentimento de curiosidade voltou juntamente com o receio do tamanho, quem sabe futuramente eu não tenha oportunidade de lê-lo.

  • Daiele

    Oi Tami
    Estou adorando as Resenhas de Rangers, ainda não comecei a ler a série mas estou cada vez mais empolgada, pois a cada resenha eu me sinto imersa um pouquinho na historia. Ja conheço os personagens e estou adorando saber da evolução da historia. É tão bom pegar uma série em que a cada livro as coisas so melhoram, nao é?!
    Acho que vou começar a lê-la em 2017.

  • Marta Izabel

    Oi, Tamirez!!
    Que bom que essa série está cada vez mais se aprimorando!! Gostei muito da resenha desse livro que é o terceiro da Série Rangers. Ainda não sei se vou ler pois é uma série bem longa mas estou gostando muito de conhecer a história dos livros.
    Beijoss

  • Gislaine Lopes

    Oi Tamirez,
    Como não li os livros ainda (por isso evitei ler a respeito da sinopse), vou deixar um comentário aqui com base na sua opinião sobre a história ok?
    Bom, eu tenho evitado iniciar a leitura de novas séries grandes, primeiro, porque tenho algumas em andamento e, segundo, porque acabo perdendo o interesse no decorrer dos livros, mas acho que isso não ocorrerá com esta série. Pelo que pude perceber o autor está usando algumas “táticas” que poderão evitar aquela perda de rumo da história. Alternar o foco dos personagens em cada volume é algo que pode ajudar no envolvimento do leitor, principalmente se tem muitos personagens a serem apresentados. O fato de este volume não ter tantas cenas de ação, eu acho ótimo, pois evita aquela repetição chata que ocorre em todos os volumes de uma mesma série sabe? as mesmas batalhas em mesmo cenário (só para encher linguiça mesmo). Você disse que é uma série juvenil, mas lendo sua resenha senti que ela é bem madura. Talvez eu dê uma chance para ela em um momento onde não tenha tantas séries em andamento!!