Rangers #3 – Terra do Gelo – John Flanagan

Terra do Gelo é o terceiro livro da série Rangers – Ordem dos Arqueiros, do autor John Flanagan, e foi publicado em 2009 pela editora Fundamento.

Sobre o Livro

*Está resenha contém spoilers dos livros anteriores.

Com o desenrolar das coisas no fim do segundo livro, a ameaça de Morgarath foi eliminada, mas alguns daqueles que serviram ao temível homem ainda assombram o reino e, é atrás destes, que o rei colocou os arqueiros. Quem não ficou nada satisfeito com essa situação é Halt, que deseja a todo custo ir atrás de Will.

Para tentar ser dispensado da missão, Halt vai bolar um plano bem atípico, já que o rei está irredutível quanto a o liberar e Crowley, seu comandante, também não pode ajudá-lo. Com o auxílio inusitado de Horace, o jovem aprendiz guerreiro, ambos sairão em uma jornada nada simples e várias coisas estranhas vão acontecer no caminho, dificultando cada vez mais que Halt cumpra o objetivo de encontrar Will.

“Acredite que você não é visto, dizia o ditado dos arqueiros, e isso vai acontecer.”

20161023_170215

Enquanto isso, o jovem está junto com Evalyn como refém dos escandinavos, indo em direção a terra deles. Porém, uma tempestade inesperada no meio da viagem vai impor desafios que nenhum deles esperaria e o caminho dos dois jovens vai se complicar. Além disso, Evalyn precisa contar a Will que não é uma simples criada, e sim a princesa herdeira, mas esse é o tipo de informação que se cair nas mãos dos inimigos colocaria-os em ainda mais maus lençóis. Será que eles vão encontrar um jeito de sobreviver e permanecer junto?


Minha Opinião

Quando eu comecei a ler Rangers – Ordem dos Arqueiros, meu principal medo era que por ser uma série longa, o tédio e o desgaste viria para assombrar a leitura. Sei que no terceiro livro ainda é cedo pra concluir algo, mas a cada nova história vejo que isso provavelmente não vai acontecer. Terra do Gelo poderia ter um enredo semelhante aos demais, com algum grande inimigo e algo a ser derrotado, mas resolveu seguir por outro caminho.

Neste terceiro livro tiramos um momento para conhecer melhor nossos personagens e amadurecer junto com eles. Halt, que esteve meio desaparecido no segundo livro, volta novamente ao centro da história e impõe seu valor a trama. Ele é uma pessoa leal e não se conforma em não estar indo atrás de Will. Ele é seu aprendiz e, portanto, sua responsabilidade e para arcar com o peso disso ele está disposto a ir até as últimas consequências.

“Mas, dentro do peito, Halt tinha o coração leve, como havia semanas ele não sentia.”

20161023_170258

Essa fato é um aspecto novo do personagem, já sabíamos que ele era leal, porém a forma como ele conduz sua postura mostra que acima de sua devoção com os arqueiro e ao rei está também as pessoas que ele ama, e ele não vai simplesmente ignorá-las. Outro personagem que mais uma vez agrega à trama é Horace. O jovem que no primeiro livro ensaiou se tornar um problema, aqui volta a mostrar seu valor como um aliado bem vindo a Halt. Ele, mesmo em treinamento, já é um excelente guerreiro e isso chamará a atenção de pessoas indesejadas.

Em contraponto a isso temos Will e Evalyn em um navio indo em direção as terras dos escandinavos. Eles são escravos e estão tendo que trabalhar, porém já conquistaram uma certa simpatia entre os homens. Porém nada nunca é fácil e novos desafios vão se apresentar: primeiro Will precisa se manter forte e tentar a todo custo achar uma forma de escapar e, em um segundo momento, precisa simplesmente sobreviver a sua própria mão.

O que acontece com o personagem aqui me lembrou bastante um momento do personagem Fitz da Saga do Assassino. As condições e situações são diferentes, muito mais agravantes no outro livro, mas através da forma debilitada como o Flanagan constrói esse momento para Will, foi impossível não relacionar com o personagem e com aquilo que ele está passando.

20161023_170238

Terra do Gelo é portanto um livro de transição, mas, ao invés de querer construir uma história vazia para dar ação a trama, preferiu exercitar as personalidades dos personagens, deixando-os mais palpáveis e humanos para o leitor. Mesmo com o sentimento de que quase não aconteceu nada no livro, esse terceiro volume é o meu favorito até aqui. Acho importante o autor ter tirado um momento para fortalecer seus protagonistas, principalmente esta sendo uma série juvenil, onde normalmente isso não é feito.

Conforme andamos pelo livro é difícil dizer o que virá a seguir. Por mais que todos tenham andado em várias direções, parece que os dois núcleos mais se afastaram do que se aproximaram e a incógnita sobre o que virá fica sobre o leitor. O fim do livro poderia ter acontecido das mais diversas formas, mas veio para dar um alívio àqueles que torcem pela história.

Acho que para quem até o momento gosta da série e está seguindo com a leitura, Terra do Gelo é um ótimo livro e mesmo mudando o foco das batalhas ou inimigos a derrotar, trabalha um aspecto que é tão importante quanto o desenvolvimento desses outros temas. Para o quarto livro, Folha de Carvalho, ainda não sei se o reencontro virá ou se veremos mais uma vez nossos personagens queridos seguindo caminhos diferentes, mas o que sei é que estou ansiosa para descobrir.

thumb_livro

4estrelasb

RANGERS #3 – TERRA DO GELO

Autor: John Flanagan

Editora: Fundamento

Ano de publicação: 2009

Forças da natureza podem ser um poderoso oponente para um jovem aprendiz de arqueiro e uma princesa em terras de piratas e mercenários. Por isso, depois de um longo e sombrio inverno, Will e Evanlyn estão diferentes. Eles entenderam que, em toda guerra, há um tempo para lutar e um tempo para aceitar o inevitável. A Terra do Gelo nunca tinha visto jovens prisioneiros com tanta honra, coragem e companheirismo, mesmo passando por muitas tristezas e humilhações. Nesse pedaço de mundo gelado e hostil, a batalha pela vida é travada com armas feitas de outros materiais: uma forjada no pulsante calor da alma; outra malhada na mais cruel escuridão. Na corrida pela salvação, Evanlyn mostra seu valor, mas isso pode não ser o suficiente para libertar ela e Will. Por sua vez, Halt e Horace precisam enfrentar falsos cavaleiros e muitos espertalhões na tentativa de resgatar seus amigos. Será que chegarão a tempo? Duas batalhas pela vida, simultâneas e arriscadas, com uma finalidade só: salvar Will.

É a criadora e autora do Resenhando Sonhos.
Gaúcha do interior do Rio Grande do Sul, hoje mora na capital Porto Alegre e quer conhecer o mundo.
Publicitária por formação, sonhadora por opção. É mal humorada e chata.