#RESENHA: A Lâmina da Assassina – Sarah J. Maas | VEDA #12

A Lâmina da Assassina é um prequel da Série Trono de Vidro da autora Sarah J. Maas, que está sendo publicada aqui no Brasil pela Galera Record. Esse livro é lançamento de 2015.

Sobre o livro

Em A Lâmina da Assassina vai contar trechos da história da nossa assassina preferida Celaena Sardothien antes de a conhecermos no primeiro livro. São cinco histórias que começam a ser contadas em média 9 meses antes da protagonista ir parar nas Minas de Sal de Endovier. Os capítulos acontecem em ordem cronológica e vão contar pra gente o que desencadeou na prisão de Celaena.

Nesse livro vamos conhecer um pouco de como a coisa funcionava na Guilda de Assassinos e que Celaena era de longe a preferida do Rei dos Assassinos do Norte e a tratava a pão e ló, preparando ela para ser a sua sucessora. Junto com Sardothien, outros 7 jovens assassinos se sentavam a mesa de Arobynn e formavam o círculo principal da Guilda.

Um personagem super importante que nos é apresentado é Sam, o primeiro amor de Celaena, que acabou sendo morto durante o último trabalho da assassina, antes de ser presa. Muito sobre essa prisão também é esclarecida e finalmente sabemos o porquê e graças a quem a jovem foi parar Endovier.

Tudo começa quando um dos 8 de Arobynn é morto e logo após mais três assassinos na guilda também morrem. Em função disso, Celaena é enviada para encontrar com um pirata, que foi nomeado como o culpado pelos assassinatos, para cobrar a dívida em nome da Guilda. Porém, ao encontrar com esse misterioso pirata, Sardothien descobre que a história não é tão simples assim, e que sua viagem tinha um objetivo oculto que não lhe agrada. O desenrolar dessa primeira história vai levar aos eventos dos capítulos seguintes e vai esclarecer muita coisa.


Capa e diagramação

20150412_120221

A capa é linda, definitivamente, das que saíram do Brasil, a mais bonita. Eu sou super birrenta com capas feias e tive muito pé atrás pra começar a ler essa saga porque não curtia a capa brasileira. O Segundo livro também não veio pra melhorar, mas com toda certeza A Lâmina da Assassina salvou a pátria.

A diagramação é bem boa e os parágrafos são curtos, o que ajuda na leitura.

Minha opinião

Eu sempre fico de cara quando spin offs são lançados antes de séries ou trilogias serem finalizadas, parece uma estratégia do autor para atrasar o lançamento dos livros oficiais. Mas nesse caso, esse livro é essencial para entender a postura que a protagonista toma no segundo livro e que foi criticada por muita gente que leu.

SPOILER ALERT!

No segundo livros, após ser eleita como assassina do Rei de Adarlan, Celaena, ao sair para matar as pessoas apontadas pelo soberano, acaba por tentar salvar a vida dessas pessoas, as tirando do alcance do Rei e fingindo suas mortes. E isso gerou um rebuliço entre os fãs, afinal, como a MAIOR assassina de Adarlan não estava querendo matar? Pois é. Em A Lâmina da Assassina fica super claro que Celaena tem um código de conduta que leva muito a sério e é capaz de desafiar até os mais poderosos para mantê-lo, mostrando assim, que a postura dela não é novidade e somente ficou implícita quando a personagem foi apresentada no primeiro livro.

~FIM DO SPOILER

20150412_123314

Isso, por si só, valeu toda a leitura. Além disso o livros é um presente pros fãs que sempre querem saber mais sobre os personagens. Ao apresentar Arobynn e Sam, somos capazes de adentrar um mundo que antes era muito subjetivos, já que não conhecíamos realmente esses personagens. Pra mim que amoooo essa saga, foi uma experiência muito legal.

Então, se você é fã da saga e já leu os dois primeiros livros, ou somente o primeiro mesmo, esse é leitura obrigatória <3

A LÂMINA DA ASSASSINA

Autor: Sarah J. Maas

Editora: Galera Record

Ano de publicação: 2015

Implacável, sedutora, letal. Poucos conhecem seu rosto, menos ainda sobrevivem à sua fúria. Não à toa Celaena Sardothian é sinônimo de morte. Suas lâminas são certeiras, assim como seu estranho código de honra e seu aguçado senso de justiça. Mas como uma menina, encontrada agonizando pelo rei dos Assassinos de Adarlan, se tornaria a campeã do rei? Disputada pelo capitão da guarda real e o próprio príncipe herdeiro? No centro de intrigas políticas?
Acompanhe Celaena vencer um lorde pirata e toda sua tripulação; o encontro como uma curandeira; seu treinamento com o Mestre Mudo, senhor dos assassinos silenciosos, nas dunas do deserto Vermelho; a prisão nas Minas de Sal de Endovier; ou, ainda, sua luta contra o mais escorregadio e traiçoeiro dos adversários — o próprio coração.

É a criadora e autora do Resenhando Sonhos.
Gaúcha do interior do Rio Grande do Sul, hoje mora na capital Porto Alegre e quer conhecer o mundo.
Publicitária por formação, sonhadora por opção. É mal humorada e chata.
  • Myrlena Raquelly

    Que-capa-fantástica! Ultimamente eu ando torcendo o nariz para séries. Eh só o que tem, parece que ninguém mais faz um livro só! hahaha! Mas você me deixou bem curiosa pra ler essa série.
    Mas me fala: eu leio A lâmina da assassina antes dos outros ou do jeito normal mesmo? rsrs. Eu pulei o spoiler porque quero ler. Mas sua resenha me deixou ansiosa pra comprar. Você fala rápido, mas identifiquei com você… shuahsuahsa. Eu confesso que já to triste porque o amor dela morre! :( kkkkkkkkkk.Um gatinho miou perto de ti no final do vídeo? oO’ Beijossss

    http://www.myrlenaraquelly.com