#RESENHA: A Vida do Livreiro A. J. Fikry – Gabrielle Zevin

A Vida do Livreiro A. J. Fikry é da autora Gabrielle Zevin e foi publicado em 2014 pela editora Paralela.

Eu basicamente comprei ele porque sabia que era um livro que ia falar sobre livros e por mais que a premissa da história seja bem simples o livro trouxe pra mim uma sensação se alegria muito grande, que é até difícil de explicar.

Esse livro vai nos contar bem o que o título já nos antecipa, a vida do livreiro A. J. Fikry, um homem que é dono de uma livraria, a Island Books, em uma pequena cidade chamada Alice Island. Fikry tem um humor nebuloso e está bastante solitário desde a morte da sua esposa e, com isso, não faz muita questão de ser simpático, o que faz com que o leitor, a principio, fique bastante receoso com o protagonista.

O livro vai começar com ele recebendo Amelia Loman, a representante da Editora Piterodactyl e sendo bastante rude com ela, já que, mesmo sendo dono de uma livraria ele é bastante seleto com o seu gosto literário. Após isso descobrimos que Fikry guardava em seu apartamento, em cima da livraria, um livro antigo e raro que pensava ser a sua “poupança” para quando não quisesse mais trabalhar, porém nesse dia, após ficar bêbado e adormecer com o livro no colo, ele acorda e descobre que o exemplar sumiu e isso vai ajudar a causar uma mudança de perspectiva em sua vida. Porém não são esses fatos que vão tornar o livro interessante ou dar continuidade a história, e sim um pacote que é deixado para o livreiro algum tempo depois em sua livraria. Uma menina, chamada Maya, abandonada com um bilhete dizendo que sabia que ele iria cuidar bem dela e esse fato sim é que vai mudar a vida desse homem que já tinha desistido de viver a vida plenamente.

avidadolivreiro

Daí pra frente vamos ter um Fikry relutante com relação a essa criança e o que fazer com ela, ideias para melhorar os negócios da livraria que não vão lá muito bem e a batalha de seu coração ao encontrar um novo amor que lhe devolva paz e vontade de seguir em frente.

Pra mim, que não sabia o que esperar do livro, foi uma grande surpresa saber como uma história tão simples pode me dar tamanha satisfação de leitura e me preencher o coração.

Ao longo das 200 páginas que compõem essa história tão bonita vamos acompanhar toda a vida de um homem, que aos poucos vai se abrindo para o mundo e para as felicidade que a vida pode dar. Todo início de capítulo é iniciado com as considerações do livreiro sobre um livro que ele leu, como se fosse um diário de leitura, algo que ele está escrevendo para alguém.

Apesar de ter ouvido vários questionamentos de como a edição em português estava com problemas de revisão e de edição, eu ADOREI esse livro e ele já entrou rapidinho para aqueles livros que eu guardo pertinho do coração.

Acho que ele trás uma lição bacana de como ao tentarmos, podemos sim ser felizes e aproveitar tudo de bom que a vida tem a oferecer ;)

Se você está procurando uma história bacana e leve, porém cheia de sentimento, fica aqui a minha sincera recomendação.

thumb_livro

4estrelasb

A VIDA DO LIVREIRO A. J. FIKRY

Autor: Gabrielle Zevin

Editora: Paralela

Ano de publicação: 2014

Uma carta de amor para o mundo dos livros .“Livrarias atraem o tipo certo de gente”. É o que descobre A. J. Fikry, dono de uma pequena livraria em Alice Island. O slogan da sua loja é “Nenhum homem é uma ilha; Cada livro é um mundo”. Apesar disso, A. J. se sente sozinho, tudo em sua vida parece ter dado errado. Até que um pacote misterioso aparece na livraria. A entrega inesperada faz A. J. Fikry rever seus objetivos e se perguntar se é possível começar de novo. Aos poucos, A. J. reencontra a felicidade e sua livraria volta a alegrar a pequena Alice Island. Um romance engraçado, delicado e comovente, que lembra a todos por que adoramos ler e por que nos apaixonamos.

É a criadora e autora do Resenhando Sonhos.
Gaúcha do interior do Rio Grande do Sul, hoje mora na capital Porto Alegre e quer conhecer o mundo.
Publicitária por formação, sonhadora por opção. É mal humorada e chata.