fbpx

Segredos de Família – Lisa Wingate

Segredos de Família é uma ficção história escrita por Lisa Wingate e publicado no Brasil pela editora Globo Livros.

SOBRE O LIVRO

Memphis, 1939. Vamos acompanhar a história da família Foss, composta pelos pais e seus cinco filhos e os gêmeos, que estão prestes a nascer. Podemos dizer que esta não é uma família comum, eles vivem a bordo de Arcádia, a casa barco que navega pelo rio Mississípi carregando afeto e histórias mágicas de um reino familiar construído por eles.

Tudo corria bem até que, quando chega a hora de a mãe das crianças dar a luz ,ela sofre complicações no parto e, ao contrário do que estava acostumada, não será possível ter as crianças somente com a ajuda de uma parteira sendo necessário ir até um hospital para salvar sua vida e a dos bebês. Rill, a irmã mais velha, é encarregada de tomar conta dos demais até que os pais regressem, mas ela jamais poderia prever que seria responsável por muito mais. Enquanto os pais estão fora, pessoas estranhas invadem o barco e as levam para longe de tudo o que construíram, entregando-as em um orfanato no Tennessee, dirigido por uma mulher cruel e impiedosa que está envolvida em um esquema milionário de tráfico de crianças. É a partir de então que vamos acompanhar a luta de Rill para manter seus irmãos juntos num mundo perigoso e incerto.

“Eles são um quadro em branco. Nasceram imaculados, e se vocês os adotarem quando ainda são bem pequenos e os cercarem com beleza e cultura, eles se tornarão qualquer coisa que vocês desejarem.”

Carolina do Sul, dias atuais. Avery Sttaford é uma jovem bem sucedida que tem tudo o que se há para querer. Filha de um dos senadores dos Estados Unidos, ela vive uma vida dividida entre os seus sonhos e seguir os passos do pai na carreira política. A história começa quando ela tem de retornar à sua cidade natal para acompanhar a doença do pai e lhe dar apoio em seu trabalho, visitando uma casa de idosos para uma festa de bodas de casamento, mas o que ela não podia imaginar era que esta visita a faria embarcar em uma busca a procura do passado de sua família, fazendo com que acontecimentos antigos fossem remexidos alterando tudo o que ela acredita que seja sua verdadeira história.


MINHA OPINIÃO

É impressionante e ao mesmo tempo assustador. Inicialmente, devemos entender o contexto em que a autora se baseia para criar sua obra: em meados da década de 20, nos Estados Unidos, uma mulher era famosa por ser diabolicamente astuta, é claro que este não era o seu cargo, mas sim “consultora familiar” da primeira dama. Georgia Tann foi uma das mentoras de uma organização que praticava o tráfico e comércio de crianças, tiradas de suas famílias (em sua maioria humildes) ou dadas como mortas em hospitais, para serem integradas a ricas famílias. É claro que existiam diversas outras pessoas envolvidas, criando um gigantesco esquema de corrupção: médicos, enfermeiros, policiais, políticos e até mesmo celebridades hollywoodianas. É claro que a história narrada trata-se de uma ficção, mas como a autora explica em sua nota final, baseada no terrível escândalo vivido por pessoas reais.

É curioso pensar em como uma mulher é capaz de algo assim, e digo, tanto quanto em relação a coragem quanto a competência em vender tão bem as pessoas, em criar uma imagem “revolucionária” através de algo tão sórdido. Longe de ser o julgamento, a proposta do livro está na indignação, no florescer da empatia e da compaixão e, acima de tudo, na reflexão.

O cenário criado aqui é dividido por duas protagonistas e, consequentemente, explora dois pontos de vistas diferentes não só pelo tempo e espaço, mas pelos quesitos sociais. Enquanto Avery é uma jovem promissora com um futuro brilhante que se vê presa em uma teia de mentiras e segredos, Rill é uma criança de origem humilde, afastada dos pais e de tudo o que construíram em seus doze anos de vida. É claro que seria difícil transitar entre os dois mundos se a autora não o fizesse com maestria, porém o que acontece é que em ambos os tempos acontecimentos fervilham e se desenrolam a cada linha, os pontos de vista são bem explorados e a transição não faz com que um ou outro momento se torne desinteressante.

“[…] a maioria das pessoas subsiste da melhor forma que consegue. Sem intenção de magoar ninguém. É apenas um subproduto terrível da sobrevivência.”

Criar uma narrativa sob o olhar de uma criança é possivelmente um dos maiores desafios, já que não se pode ser maduro demais ou infantil demais visto que o leitor deve criar empatia e ser convencido dos fatos que lê. No entanto, o que acontece com a protagonista aqui é encantador, para falar em aspectos mais claros, Rill é inocente na medida certa, mas astuta para procurar entender e resolver situações que fugiriam do controle até dos adultos, o senso de lar e família que possui é tão emocionante quanto mágico.

É difícil dizer o quanto este livro se torna incômodo ao longo da leitura, não apenas por tratar de assuntos que se fizeram presentes no mundo como falhas na sociedade, mas por expor pontos que muitas vezes não queremos ver, como por exemplo: bases familiares quebradas (ou corrompidas), segredos escondidos embaixo de tapetes, pessoas escondidas do que o padrão chama de “família feliz”, a desumanidade… Alguns dos pontos que mais me chamaram atenção durante a leitura e que foram muito bem explorados foram o abandono, tanto daqueles que já não queremos mais carregar quanto daqueles a quem não demos chance, a diferença entre classes sociais, a corrupção, a ganância e, acima de tudo, as falhas de caráter as quais os seres humanos estão sujeitos.

Relatar acontecimentos devastadores deixam marcas, aqui, acredito, tanto nos personagens quanto no leitor.

SEGREDOS DE FAMÍLIA

Autor: Lisa Wingate

Tradução: Natalie Gerhardt

Editora: Globo Livros

Ano de publicação: 2018

Segredos de família é um romance fascinante e inspirador. Memphis, 1939. Rill Foss, de doze anos, e seus quatro irmãos mais novos vivem uma vida mágica com seus pais a bordo de um barco no rio Mississípi. A mãe está grávida do sexto filho e, ao sofrer complicações durante o parto, é levada às pressas para o hospital. Rill é encarregada de tomar conta dos irmãos, até que estranhos invadem o barco que as crianças chamavam de casa, arrancando-as de tudo o que lhes era familiar e jogando-as em um orfanato no Tennessee. À mercê da cruel diretora da instituição, uma mulher sem escrúpulos envolvida em um impiedoso esquema de tráfico de crianças, Rill luta para manter seus irmãos juntos num mundo perigoso e incerto. Aiken, Carolina do Sul, dias de hoje. Nascida em uma família rica e poderosa, Avery Stafford parecia ter tudo: uma carreira de sucesso como promotora, um noivo bonito e promissor, e uma luxuosa festa de casamento à vista. Quando ela retorna a sua cidade natal para ajudar o pai, um político influente que está às voltas com um escândalo de opinião pública e um grave problema de saúde, um encontro casual com uma senhora durante uma vista oficial a uma clínica geriátrica a faz seguir uma jornada pelo passado de sua família, um caminho que acabará revelando histórias enterradas e fazendo com que Avery repense as suas escolhas e tudo aquilo que considerava como a sua verdade. Best-seller em mais de vinte países e baseado em uma história real que fez com que milhares de famílias norte-americanas revissem suas origens e os segredos escondidos em seu passado, Segredos de família alterna passado e presente para mostrar o poder de duas mulheres fortes, dispostas a vencer todos os obstáculos para defender suas famílias e reinventar suas próprias vidas, ligadas por um vínculo muito mais intenso do que jamais poderiam imaginar.

É resenhista do Resenhando Sonhos.
Estudante de Direito, 21 anos, mineira, mora em Belo Horizonte e ama o universo literário.