fbpx

Série Os Bridgertons – Julia Quinn

Os Bridgertons é uma série de romance de época composta por 9 livros, sendo o último um compilado de contos de todos os livros anteriores, após passados alguns anos. A obra é da autora Julia Quinn, com publicação pela editora Arqueiro.

SOBRE A SÉRIE

Violet tem uma vida perfeita. Esta casada com o homem que ama, a casa cheia de filhos, e além de tudo é viscondessa. No entanto, ela se vê perdida quando por uma fatalidade da vida ela fica viúva, e prestes a dar a luz ao seu 8° filho.  Os anos passam, e agora, com todos seus filhos criados, tudo o que ela mais quer é ter a casa cheia de netos.

E é com esse “prefácio” que nossas histórias se iniciam. Cada livro irá narrar a história de amor de um filho de Violet, sendo que elas são contadas do filho mais velho ao mais novo. No entanto, cada livro é independente e não se passam em ordem cronológica.


Em O Duque e Eu conhecemos a história de Daphne, a sétima irmã, a mais velha das meninas. Ela já está em uma idade prestes a ser considerada uma solteirona. Sua mãe então tenta desesperadamente casá-la, levando-a a todas as festas possíveis. Daphne não aguenta mais isso. Por outro lado, temos o mais novo duque de Hastings, Simon, que acaba de herdar o título de seu falecido pai. Simon não quer se casar de jeito nenhum, mas ao ser apresentado a sociedade, chovem convites de mães com propostas de casamento. É então que nossos protagonistas se conhecem e decidem fingir um relacionamento para que Daphne não precise mais ir às festas e Simon não tenha mais que negar ofertas de casamento. Mas é claro, que esse complô não vai dar muito certo.

Em O Visconde Que Me Amava, temos como protagonista Anthony, nosso Bridgerton mais velho, o herdeiro do título de visconde e responsável pelas finanças da família. Aberta a temporada de bailes, Anthony decide que precisa se casar, o que ele não esperava era se casar por amor. Kate Sheffield vive com sua madrasta e sua meia irmã que leva o título da mais bela. Quando nossos protagonistas se encontram, é impossível negar a paixão que sentem um pelo outro no meio de tantas brigas hilárias!  Porém, este livro é muito mais do que o romance, afinal, Anthony assumiu uma maturidade muito cedo e o que ele mais teme na vida é ter uma vida curta como seu pai.

No terceiro livro, Um Perfeito Cavalheiro, iremos encontrar um reconto da Cinderela. Sophie é filha ilegítima de um conde e sofre na mão da madrasta e de sua irmã quando seu pai morre. Seu maior sonho é ir ao um baile e quando tem essa oportunidade ela não perde a chance. E é nesse baile de máscaras que ela e Benedict se encontram e se apaixonam à primeira vista. Benedict Bridgerton não é só um libertino, mas um artista, nao assumido, e muito romântico. Mas, serão muitos encontros e desencontros até que este casal possa realmente ficar junto.

Os Segredos de Colin Bridgerton é o 4° volume da série. Aqui temos o Bridgerton mais encantador da família, aquele que todas as moças solteiras querem estar casada. Porém, a sortuda da vez é Penelope Featherington, uma moça que frequenta a casa  Bridgerton desde sua infância e sempre sofreu nas mãos da mãe e das irmãs por estar “fora dos padrões da beleza”. No entanto, quando uma nova temporada de bailes se iniciam e Colin volta de uma viagem ao exterior, ele percebe que Penélope mudou. Não é mais a moça sem graça, agora, ela é dona de uma auto estima com um humor e uma beleza fora do comum. Aqui, muitos segredos são revelados e não apenas o de Colin Bridgerton.

Para Sir Phillip, com Amor, 5° volume da série, Quinn nos conta a história de Eloise Bridgerton, uma moça que já se declara uma solteirona, que vê seus planos de viver com sua melhor amiga para sempre solteiras, mudarem quando esta se casa. Eloise tem como hábito escrever cartas para todo mundo e é em meio a tantas cartas que ela conhece Sir Phillip, o agora então viúvo de sua prima distante. O que era para ser só uma carta de “meus pesames” se torna uma amizade e Eloise então decide “fugir” para passar uns dias na casa de Sir Phillip e conhecê-lo melhor. Eloise vai perceber que nem tudo é o que parece, vai ter experiência bem diferentes e segredos serão descobertos.

Em O Conde Enfeitiçado vemos a história de Francesca a única Bridgerton já casada e que vive na Escócia. No entanto, ela não tem uma vida feliz, após apenas 3 anos de casada, ficou viúva, longe da família e sem filhos para lhe fazer companhia. Mas, Francesca não está tão sozinha quanto pensa. Michael Stirling, primo de seu falecido marido e seu grande amigo está com ela nessa, mas o que ela não sabe, é que Michael guarda uma paixão por ela desde o dia em que a conheceu, anos atrás no jantar de véspera do seu casamento.

Um Beijo Inesquecível tem como protagonista Hyacinth Bridgerton, a Caçula da família, uma moça que é bem diferente dos padroes da epoca. Ela fala mesmo o que pensa e toma muitas iniciativas e nao se importa com opiniões alheias.
Hyacinth frequenta semanalmente a casa de sua amiga Lady Danbury e é em uma dessas visitas que ela conhece o neto de Lady Danbury, Gareth St Clair. Um certo dia, Gareth aparece na casa de sua avó com um misterioso diário italiano onde pode conter coisas sobre sua vida, e é oferencendo ajuda na tradução do diário que Hyacinth se aproxima de Gareth e uma amizade vai surgindo…

Em A Caminho do Altar, o 8º romance, temos Gregory Bridgerton que passou muitos anos estudando e agora decide que está na hora de se casar. Em uma festa organizada por sua cunhada kate, ele conhece a jovem mais linda que seus olhos já viram, Hermione Watson. No entanto a jovem já está noiva e ignora completamente Gregory. Mas, para sorte dele, Lucinda Abernathy, amiga de Hermione decide ajudá-lo a conquistá-la pois não considera o pretendente da amiga uma boa escolha.  Mas, Gregory vai perceber que quem manda realmente é o coração e não os olhos.

E Viveram Felizes Para Sempre é o último volume da série. Um compilado de contos de todos os outros livros depois de passados alguns anos do fim de suas histórias. Nessa edição temos um extra, uma grande surpresa, a história de amor da nossa querida matriarca, Violet Bridgerton.


MINHA OPINIÃO

Quando decidi que leria a série, eu imaginava algo completamente fiel a uma época onde mulheres não tinham vez. Mas eis minha surpresa quando percebi que Julia Quinn não teve medo de arriscar, e colocar mulheres inteligentes, independentes ecorajosas. Só isso bastou para me conquistar.

Todos os livros trazem, na primeira página, uma espécie de árvore genealógica, os casais que estão presentes em cada um e o ano em que se passa. Dessa forma fica mais fácil não se perder em meio a tantos livros. E a escrita da Julia Quinn é fluida e ela escreve de uma forma tão delicada que a todo momento você se pega dando um suspiro de tão belas palavras. Com uma narrativa envolvente, ela insere sempre em suas palavras várias pitadas de humor. É uma escrita doce e ao mesmo tempo forte, tornando impossível largar a leitura. As capas estão lindas e, mesmo não gostando de pessoas estampadas, essas representam muito bem os personagens.

“Em toda vida ocorre um momento decisivo. Um instante tão extraordinário, tão claro e tão nítido que temos a sensação de havermos sido golpeados no peito, deixados sem fôlego, sabendo, sabendo, sem a menor sombra de dúvida, que nossa vida jamais será a mesma.”

Todos os personagens são um pouco parecidos entre si. Os homens em sua maioria são libertinos que em determinado momento da vida decidem parar com a “vida de liberdade” e construir uma família. As mulheres são personagens fortes, recatadas e adoráveis. Elas fogem um pouco do padrão do século XVIII, tornando-as, sem saber, feministas. No entanto, mesmo sendo parecidos, os personagens também são únicos em suas características pessoais, o que torna muito difícil ter um favorito. Cada personagem que você lê se torna seu queridinho, até você ler o próximo livro.

Uma personagem que merece destaque é Lady Whistledown. A fofoqueira de plantão! Pois é, os Bridgertons não é só romance de época, mas uma história de muito humor, onde com certeza você vai dar altas risadas. Mas o mais interessante nessa personagem, é que suas fofocas são contadas através de manchetes no jornal local, e ninguém sabe quem ela é. Até sua identidade ser revelada em algum dos livros (confesso que era um momento muito aguardado por mim e eu adorei saber quem era!).

Uma outra personagem que merece todo o meu amor é Lady Bridgerton. Que mulher maravilhosa! Criou sozinha 8 filhos e ainda assim é uma mãe atenciosa que soube medir a dose certa de cuidado e atenção aos seus filhos. Uma mãe que mesmo vivendo nos padrões da época diz aos seus filhos que eles devem sim se casar por amor.

Posso citar aqui três dos livros que me encantaram mais que os outros: primeiramente, Um Perfeito Cavalheiro, reconto de Cinderela, que é uma história tão bonita de um casal que passa praticamente o livro todo longe um do outro. Todos os problemas que Sophie enfrenta, é com certeza uma história de superação. Depois, Os Segredo de Colin Bridgerton. Ver Penélope enfrentando sua mãe e a sociedade, mostrando que você não tem que ter um corpo perfeito para ser linda. E por fim, O Conde Enfeitiçado, que na minha opinião é a mais linda história. Aquela que derramei algumas lágrimas por causa de Francesca. Perder o marido cedo, nao ter filhos e se ver numa briga cruel com seu coração e seu cérebro, é apaixonante.

Mesmo que as histórias sejam clichês, de casais que brigam o livro inteiro e só no final ficam juntos, todas elas têm algum tipo de superação. Seja medo, trauma, etc. Temos também um toque, bem de leve de erotismo, o que deixa a história bem menos “padrão”. Então, veja bem amigo leitor, essa série de livros tem uma pitada de tudo o que é necessário para uma leitura daquelas bem gostosas.

Uma curiosidade na família Bridgerton, se você percebeu, é que nossos 8 irmãos têm nomes em ordem alfabética, sendo o primeiro com a letra A e o último com a letra H.

“Colin decidiu, naquele momento, que a mente feminina era algo estranho e incompreensível -algo que um homem jamais deveria tentar compreender. Nao havia uma única mulher viva que conseguisse ir do ponto A ao B sem parar diversas vezes pelo caminho.”

Em um primeiro momento a diagramação das edições poder dar uma assustada, porque a escrita toma a página inteira do livro. Porém as letras são grandes e os capítulos curtos, o que combinado com a escrita fluida da autora acabam por tornar a leitura muito confortável. E, é claro que existem problemas, afinal estamos numa época bem diferente, mas acho que os livros cumprem muito bem ao que se propuseram: um leitura leve e divertida. Então, se é isso que você procura, essa série é inteiramente envolvente para te deixar bem longe de uma ressaca literária.

O DUQUE E EU

Autor: Julia Quinn

Editora: Arqueiro

Ano de publicação: 2013

Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo.
Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta.
Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.

Colaboradora do Resenhando Sonhos.

25 anos, Técnica em Química e apaixonada por livros desde que me conheço por gente!