Sob a Redoma – Stephen King

Sob A Redoma é do famoso autor Stephen King, publicado no Brasil pela editora Suma de Letras, em 2012.

12189061_919799021467839_4712140508417972288_n

Sobre o Livro

Imagine se de repente a sua cidade fosse separada do resto do mundo por uma barreira invisível. E você ficasse separado de seus amigos, parentes e sem nenhum tipo de contato com o mundo. É isso que acontece nessa obra-prima. Chester’s Mill uma pequena cidade localizada no Maine. Todos os perímetros da cidade são cercados por essa barreira que tem vários quilômetros de altura.

O terror toma conta de Chester’s Mill, que antes era a cidade típica do interior, onde todo mundo se conhece, e agora todos estão assustados com o mistério que cerca o município. Primeiro, todos desconfiam do governo, talvez seria um experimento, mas por quê então o exército está tentando derrubar a redoma de todos os jeitos possíveis?

Pânico e desespero se espalham pela cidade, pois quando a redoma apareceu, causou alguns acidentes de trânsito. Sem contar nos problemas ecológicos surgem, pouca chuva passa pelo domo, e o gás que faz os geradores funcionarem estão com os estoques limitados. Não há eletricidade e todos os aparelhos elétricos que chegam perto da Redoma param de funcionar. Porém, o maior problema de Chester’s Mill é a própria população que ficou presa. Poder e ambição e um pouco de loucura de alguns personagens faz a pequena cidade chegar a beira de um abismo.


CAPA E EDIÇÃO

A capa do livro nos dá uma noção de como é essa redoma e podemos ver também como é a cidade, uma casa bem estilo interior americano, adoro essa capa!

O livro é bem grande, possui 960 e mede cerca de 16×23 (cm). As letras são de bom tamanho, adorei toda diagramação proposta pela Suma de Letras. E a editora colocou uma lista de personagens em uma parte, o que me deixou mais segura à leitura, pois toda vez que eu esquecia de algo, ia lá para consultar.

12191851_919799038134504_7444293368241607427_n


MINHA OPINIÃO

Tensão: É a palavra perfeita que define meu sentimento enquanto eu lia esse livro.

Conheci Sob a Redoma pelo seriado, onde o próprio Stephen King é um dos produtores, a série foi desenvolvida por Brian K. Vaughan, pela emissora CBS. Quando terminei a primeira temporada fui atrás desse livro feito LOUCA, afinal eu precisava de mais detalhes, mais dramas do que a série nos mostra.

Foi a minha primeira experiência com o King, e depois desse livro tenho certeza que não será a última. A escrita dele foi simplesmente fenomenal, ele me prendia à cada página, tornando assim a leitura leve e gostosa, eu lia cerca de cem páginas por dia sem perceber, apesar do tamanho do livro assustar, você consegue terminá-lo em dez dias (como foi no meu caso).

Agora entrando de vez em Chester’s Mill, King nos faz sentir sendo um morador, apesar dele ser reconhecido como o “Rei do Terror”, Sob a Redoma nos dá suspense psicológico ao invés do terror. Eu no começo esperava que a cidade fosse se ajudar, afinal no geral todos se davam muito bem, mas não é isso que acontece, James “Big Jim” Rennie é um vereador e vendedor da única loja de carros da cidade, ele se acha o “dono do lugar” o que me deixou IRRITADA com ele em várias e várias partes do livro. Contudo, ele é um dos melhores vilões que vi construído em um livro, ele é um falso religioso com um ótimo discurso de que consegue facilmente manipular os moradores de Chester’s Mill.

E falando em vilões, eu não podia deixar de fora Junior Rennie, o filho de Big Jim, eis aqui o personagem mais louco PSICOLOGICAMENTE, ele é tão perturbado que me deu pavor de sua mente muito bem definida por Stephen, ele nos mostra todos os sentimentos de Junior, e a sua saúde mental só piora ao decorrer do livro. Big Jim e Junior com certeza foram os dois personagens que mais me marcaram.

Em Sob e Redoma, os mocinhos tem um pouco de vilões dentro de si, eu adorei isso! Dale Barbie é um ex-sargento do exército e que por acaso está na cidade quando tudo acontece e uma outra personagem que merece grande destaque é Julia Shumway, uma jornalista bastante inteligente que comanda o jornal local, ela é sedenta pela verdade e não sossega até conseguir tudo sobre os fatos.

Os capítulos as vezes são bem curtos (duas ou três folhas) o que te faz pensar “Ah, vou ler só mais um capítulo” e assim você vai sendo consumido pela vontade de saber toda a verdade. Em certos momentos eu me senti em Chester’s Mill.

É muito difícil não gostar desse livro, com personagens bem elaborados e eu gostei que King dá referências de coisas da “vida real” citações de outros livros, filmes e marcas famosas. Algumas resenhas falam que o final foi decepcionante ou meio “chato” mas essa não foi a minha opinião. Eu adorei o final, é claro, ficaram algumas lacunas não preenchidas mas nada muito exorbitante. Stephen King fez uma ótima combinação de ficção cientifica, drama e mistério, e recomendo essa leitura para todos! E a reflexão final do livro mexeu comigo, parei para pensar sobre e eu adorei essa sensação.


LIVRO X SÉRIE

Quase todos os livros que viram filmes/séries sofrem diferenças, afinal infelizmente não dá pra por tudo em alguns minutos semanais, mas digo que a série Under The Dome foi satisfatória.

A história muda bastante, mas BASTANTE mesmo. Acho que se a série tivesse apenas uma temporada, teria sido muito melhor, pois logo na segunda temporada já começaram a inventar bastante coisas e assim, se arrastou até a terceira, sendo cancelada. Não vou falar sobre as principais diferenças, se não teríamos uma chuva de spoilers. Toda ideia poderia ter sido melhor se não tivessem mudado drasticamente alguns personagens. Às vezes até pensei em parar de ver a série, o que não aconteceu. Vi todos os episódios, e o final foi bem diferente. Não foi totalmente ruim, gostei do final, e ficou um pequeno leque aberto para uma possível quarta temporada, mas à que tudo indica, isso não irá acontecer.

Aconselho você primeiro ler o livro e depois assistir a série. De cinco estrelas e para a série dou apenas três.

SOB A REDOMA

Autor: Stephen King

Editora: Suma de Letras

Ano de publicação: 2012

Na trama, em um dia como outro qualquer em Chester’s Mill, no Maine, a pequena cidade é subitamente isolada do resto do mundo por um campo de força invisível. Aviões explodem quando tentam atravessá-lo e pessoas trabalhando em cidades vizinhas são separadas de suas famílias. Ninguém consegue entender o que é esta barreira, de onde ela veio e quando – ou se – ela irá desaparecer.
Os moradores de Chester’s Mill percebem que terão de lutar por sua sobrevivência. Pessoas morrem, aparelhos eletrônicos entram em pane ao se aproximar da redoma e a situação fica ainda mais grave quando a cidade se vê exposta às graves consequências ecológicas da barreira. Para piorar a situação, James “Big Jim” Rennie, político dissimulado e um dos três membros do conselho executivo da cidade, usa a redoma como um meio de dominar a cidade.

É resenhista do Resenhando Sonhos.
Nascida no interior Paulista, futura cientista da computação, se apaixonou por literatura quando conheceu o bruxo Harry Potter e o vampiro Edward Cullen. Adora ir no cinema e assistir séries em dias chuvosos.
  • Gustavo Bini

    Interessante sua avaliação! Eu não sabia da existência do livro e nem que era do Stephen King. Assisti o seriado até o episódio 11, acho, e decidi parar porque essa história de tomar decisões com base no que a redoma quer ficou cansativo. Certos comportamentos absurdos são aceitos muito facilmente nesse seriado e isso começou a me deixar irritado.

    • Érika Costa

      olá Gustavo! Realmente, algumas coisas no seriado são bem absurdas, mas acho que isso é por conta da mudança de personalidade que alguns personagens tem em relação ao livro. Não sei se você já leu algum livro do King mas eu recomendo a leitura, realmente é um livro de suspense e que me deixou tensa do começo ao fim.

  • Reinaldo José Nunes

    Eu gostei bastante do seriado, porém, o final achei que deixou muito a desejar… não sei se no livro há mais emoção.. mas o final do seriado não me agradou :/ (mas confesso que o final deixou espaço para uma continuação, o que é interessante :D )