Sobre a Escrita – Stephen King

Sobre a Escrita é do autor Stephen King e foi publicado pela primeira vez em 2000 e depois ganhou uma edição comemorativa de dez anos em 2010. Aqui no Brasil ele saiu em 2015 pela editora Suma de Letras.

Sobre o Livro

Sobre a Escrita vai trazer as dicas e ensinamentos de um dos maiores escritores da atualidade, no gênero do terror. Stephen King tem mais de 50 livros publicados e teve que trilhar um longo caminho até chegar onde chegou. É sua trajetória desde a infância, que vamos ter no primeiro capítulo desse livro, intitulado “Currículo”.

Stephen começou, quando criança, reescrevendo histórias em quadrinhos que lia e, após demonstrar grande talento, sua mãe o incentivou a escrever suas próprias histórias. Assim, ele fez seus primeiros contos, que vendia para a mãe e na escola. Quando começou a submeter seus trabalhos à revistas, recebeu seus primeiros de muitos ‘nãos’ que viriam pela frente, mas isso não o desanimou. Ele passou a colecionar essas cartas negativas, para ter ainda mais força para escrever. Enquanto trabalhava e estudava, achava tempo em meio a tudo pra por algumas palavras no papel.

Foi na faculdade de letras que ele conheceu a mulher, Tabitha King, e com quem teve o filho, também autor, Joe Hill. Na trajetória que ele nos conta, vamos saber como foi escrever Carrie, a estranha e receber seu sim mais importante. Em como as drogas e o álcool tiveram protagonismo em sua vida por alguns anos, e como um grave acidente em 99 quase nos tirou esse grande escritor.

Na segunda parte temos o que ele chamou de “Caixa de Ferramentas”, que é exatamente o que o próprio nome diz, tudo aquilo que um escritor precisa ter para poder escrever. O conhecimento da língua, de pontuação, gramática, narrativa e, claro, uma grande bagagem literária como leitor crítico e atento.

“Se você quer ser escritor, existem duas coisas a fazer, acima de toas as outras: ler muito e escrever muito. Que eu saiba, não há como fugir dessas duas coisas, não há atalho.”

20160110_143230

A terceira parte, “Sobre a Escrita”, e aquela que dá nome ao livro, temos realmente dicas de como escrever e construir suas história e diálogos, segundo Stephen King. Aqui ele vai tentar passar tudo aquilo que aprendeu como escritor, e tudo aquilo que condena também. Essa é a parte que talvez realmente interesse àqueles que almejam se tornar escritores e estejam atrás da parte técnica.

“Gosto de escrever dez páginas por dia, o que dá cerca de 2 mil palavras. São 180 mil palavras ao longo de três meses, um livro de bom tamanho.”

Depois disso ainda temos um “Pós escrito”, onde o autor conta sobre o acidente que sofreu em 1999, quando já tinha esse livro por finalizado, e do quanto achou que talvez nunca fosse voltar a escrever. Aos poucos, porém, o mestre do terror voltou a seus hábitos de escrita e manteve o sucesso que já tinha conquistado, adicionando esse adendo ao livro, que também conta com duas listas no final, de sugestões de leituras feitas pelo próprio King.


Minha opinião

Esse livro me estragou ainda mais como leitora, essa é a primeira coisa que preciso dizer. Eu já sou crítica por natureza e sempre aponto uma coisa ou outra em livros que leio. Não acho que isso seja ruim de forma alguma, muito pelo contrário, acho que o mundo está em falta de leitores críticos e esse livro com toda a certeza pode ajudar com isso.

A segunda coisa importantíssima de Sobre a Escrita é que ele é um livro sensacional e empolgante. É quase impossível você terminar a leitura e não sentir pelo menos um pouquinho de vontade de se aventurar no mundo da escrita. Eu por enquanto estou feliz em ser uma leitora crítica, mas senti o comichão de abrir um documento e atirar ali todas as minhas ideias. É inevitável.

20160117_174826

Acho que tudo o que ele diz é muito válido e várias coisas se sobressaltaram pra mim:

  • A importância de ler muito, sempre, independente de você estar escrevendo ou não, manter em paralelo. Não se faz um bom autor sem que ele também seja um bom leitor. E sim, ser um leitor crítico, que vê além do básico.
  • Cortar coisas desnecessárias. King defende que se o arco pode ser retirado sem fazer falta a trama, ele DEVE ser retirado. Nada que deixe o leitor entediado deve permanecer no livro.
  • Seu livro revisado e reescrito deve ser 10% menor que a primeira versão, já que, teoricamente, na primeira versão você jogou todos os pensamentos e, na segunda, é preciso poli-los.
  • Escreva de porta fechada e só mostre sua obra para o mundo depois que ela estiver concluída e revisada.
  • Tenha um beta reader. Alguém que você pode confiar e que vai ser honesto com você sem ser tendencioso. Esse vai ser o seu cara, o primeiro a ter contato com a sua obra e aquele em que a opinião você vai poder confiar para fazer os ajustes que achar pertinente.

Não vou colocar a sexta dica listada, pra não ser tendenciosa, mas vou falar aqui pra vocês que o Sr. King manda os potenciais escritores a abandonarem a TV. Isso mesmo. E foi aqui que eu me senti ainda melhor com a leitura, já que estou a 1 ano e 7 meses #televisionfree. Tenho o aparelho, obviamente, mas nada de tv aberta nem fechada. E digo-lhes uma coisa: não faz falta nenhuma. A gente perde muito tempo com programas que assistimos só por assistir, ou simplesmente zapeando entre canais tentando achar algo pra ver. Eu só assisto Netflix e seriados que puxo pelo pendrive e o fim dos episódios é sinal de eu ir fazer alguma outra coisa mais produtiva.

A edição está muito bacana e super bem revisada, além de contér vários exemplos práticos presentes durante as páginas. A capa mostra o escritório do King, de onde ele escreve suas 2 mil palavras diárias há anos.

20160110_143426

20160110_143312

Tenho certeza que não poderia ter escolhido livro melhor para ter meu primeiro contato com o autor. Eu já admirava ele por tabela, mesmo nunca tendo lido nada, e agora estou ainda mais encantada. Sobre a Escrita é um bate papo, é quase como se você estivesse na frente dele, enquanto ele te conta uma história. Espero que quando pegar os ficcionais, tenha a mesma sensação e que eu e King possamos nos tornar bons amigos daqui pra frente.

Então aqui fica a dica pra você que está procurando um bom livro sobre escrita, quer conhecer algo diferente do King ou simplesmente quer ler algo sensacional. Sobre a Escrita é esse livro, escreve ai o que to te dizendo <3

SOBRE A ESCRITA

Autor: Stephen King

Editora: Suma de Letras

Ano de publicação: 2015

Eleito pela Time Magazine um dos 100 melhores livros de não ficção de todos os tempose vencedor dos prêmios BRAM STOKER e LOCUS na categoria Melhor Não Ficção, Sobre a escrita — A arte em memórias é uma obra extraordinária de um dos autores mais bem-sucedidos de todos os tempos, uma verdadeira aula sobre a arte das letras.
O livro também não deixa de lado as memórias e experiências do mestre do terror: desde a infância até o batalhado início da carreira literária, o alcoolismo, o acidente quase fatal em 1999 e como a vontade de escrever e de viver ajudou em sua recuperação. Com uma visão prática e interessante da profissão de escritor, incluindo as ferramentas básicas que todo aspirante a autor deve possuir, Stephen King baseia seus conselhos em memórias vívidas da infância e nas experiências do início da carreira: os livros e filmes que o influenciaram na juventude; seu processo criativo de transformar uma nova ideia em um novo livro; os acontecimentos que inspiraram seu primeiro sucesso: Carrie, a estranha. Pela primeira vez, eis uma autobiografia íntima, um retrato da vida familiar de King.
Ao mesmo tempo um álbum de memórias e uma aula apaixonante, Sobre a escrita irradia energia e emoção no assunto predileto de King: literatura. A leitura perfeita para fãs, escritores e qualquer um que goste de uma história bem-contada.

 

É a criadora e autora do Resenhando Sonhos.
Gaúcha do interior do Rio Grande do Sul, hoje mora na capital Porto Alegre e quer conhecer o mundo.
Publicitária por formação, sonhadora por opção. É mal humorada e chata.

  • Alessandra Maria

    Muito legal sua resenha Tami. Já tinha ouvido coisas muito interessantes sobre o livro e agora estou convencida de que preciso ler. King é realmente um mestre e temos muito o que aprender com ele.

    Beijinhos

    • Verdade Alessandra! O livro é muito bom e empolgante :D
      Beeijo

  • Stephen King é um mestre e ler ensinamentos dele deve ser maravilhoso. Fiquei muito tendenciosa a ler este livro também.
    Ainda não escrevo, mas sempre gostei de escrever e tenho algumas ideias que dariam bons livros, mas por enquanto fico apenas na vida de leitora :)
    Bjuxxxxx

    • Siim, também to na vibe leitora por enquanto. Mas quem sabe um dia né? Quero começar a ler os outros livros dele agora!
      Beeijo

  • Lunii Black

    Olá, tudo bom/?
    Ele é um dos únicos escritores famosos que eu nunca li. Eu já tive a oportunidade de ler em pdf, mas os livros são muito longos e me dá uma preguicinha. Quem sabe quando eu puder comprar ele eu leia, não é mesmo?
    Esse livro me parece ótimo e eu me interessei muito por ele. Vou procurar e comprar.

    s-sessaoproibida.blogspot.com.br/

    • Pois é Lunii, eu também nunca tinha lido nada dele e adorei a experiência. espero também gostar dos ficcionais :D

      Beeijo

  • Silvana Crepaldi

    Olá, Tamirez.
    Eu não sou fã do autor. Já li vários livros dele mas até agora não tem nenhum que posso dizer que eu amei realmente. Esse livro não me interessa, porque eu prefiro ler ficção. Mas achei legal isso que você falou sobre ler o livro para ser um leitor critico.

    Blog Prefácio

    • Ah, que pena! Eu espero ter uma ótima experiência com o King :D
      Beeijo

  • Tsuki – Alcoolize

    Stephen King, sou apaixonada por esse cara <

    Sinceramente, adorei a resenha! Já tinha lido algumas outras sobre esse livro, mas nenhuma despertou tanto meu interessa quanto a sua. Sou apaixonada por leitura e escrita e quero melhorar minhas habilidades.. Esse livro seria excelente para me tornar mais crítica e desenvolver algumas habilidades.. Assim que conseguir uma grana, vou compra-lo!

    Kissus de menta ♥ ~ alcoolize.blogspot.com.br

    • Aii, que legal sua história com ele! Eu to começando agora a minha jornada de leitora do King, mas tenho certeza que vou gostar dos outros livros dele também.
      Espero que consiga ler esse em breve e comprar todos os que você quer dele, pra ter na coleção :D

      Beeijo

  • Tisa Prata

    Stephen King é, definitivamente, um mestre. Já li dezenas de livros dele e foram poucos os que me decepcionaram, sou uma grande fã! (tanto que o nome do meu blog é inspirado em um dos livros dele hahaha)
    Ainda não li Sobre a Escrita, mas ele já está encaixado em uma meta de um desafio literário do qual estou participando este ano, então logo mais ele estará na minha lista de lidos. :)

    http://magoevidro.blogspot.com.br/

  • Pingback: Leituras de Janeiro | 2016 - Resenhando Sonhos()

  • Tamirez, eu AMO esse livro! Na verdade, eu sou apaixonada por qualquer livro que nos ensine a pensar a leitura e a escrita de uma forma diferente. Eu já tinha tido meu contato com Stephen em outras obras, porém essa é a que mais me encantou (não sou muito fã de terror). Ele é um mestre, com certeza, e com esse livro conseguiu nos provar isso. Eu tenho vários rascunhos abertos no Word, mas não consigo escrever 10 páginas por dia. No entanto, a gente sempre consegue aquela folga que dá para preencher uma folha à mão. E é assim que eu vou indo, até ter tempo e inspiração.

    Beijos, Iza