Solanin | vol. 1 e 2 – Inio Asano

Solanin 1 e 2 são mangás escritos e ilustrados pela autora Inio Asano. No Brasil eles foram licenciados e publicados pela L&PM em 2011.

Meiko Inove está quase completando 24 anos. Ela vive em Tóquio com o namorado Naruo Taneda. Eles estão juntos há 6 anos e vivem um relacionamento normal e rotineiro. O casal mora junto por necessidade, já que Taneda não tem condições de pagar o aluguel sozinho, ele é ilustrador em uma empresa e, assim como a namorada, não está satisfeito com sua vida profissional. Meiko é auxiliar de escritório, emprego que odeia, e vive sempre irritada e de mal com a vida. Ela tem grande pavor dessa vida adulta e sente-se completamente insatisfeita com os rumos que ela tomou.

Os dois vieram do interior, ela do norte e ele do sul do país. E ficaram abismados ao chegar na cidade grande e se depararem com tantas pessoas e opções. Eles acabam buscando refúgio um no outro até que várias mudanças chegam nas suas vidas. Meiko decide tomar uma importante decisão: largar o emprego e partir em busca de algo novo. Taneda a apoia nessa empreitada, mas também possui uma vontade secreta de dar novos rumos à sua vida. E não tarda para que tudo mude na vida dos dois.

Um antigo hobby que Taneda praticava na faculdade pode estar tomando conta dos seus pensamentos novamente. A banda que ele tinha com amigos volta a tona,  Billy e Kato, que são amigos do casal desde a faculdade são os outros componentes que chegam para completar a situação e tem importante destaque nessa narrativa. É nesse momento que Taneda passa a escrever uma nova canção para a banda.

Tudo isso acontece no volume 1. Não posso falar da continuação sem entregar alguns spoilers, por isso vou me limitar a falar apenas que: grandes mudanças acontecem, decisões precisam ser tomadas e um recomeço é inevitável. E o melhor é observar esse recomeço, as superações dos obstáculos, no quanto nossas vidas têm que seguir em frente (e sempre seguem!).

Essa é uma daquelas história que aquecem o coração. Encontraremos de forma leve e direta as dificuldades enfrentadas quando saímos da faculdade e mergulhamos nesse mar turvo e cheio de perigos e incertezas que é a vida adulta. Também observamos os problemas enfrentados em um relacionamento, principalmente quando as duas pessoas decidem dar um passo tão importante: morarem juntas. A autora mostra todos os dilemas que existem neste momento de transição, na hora que o que temos já não é mais suficiente e estamos dispostos a buscar mais.

“Não nasci para ser uma adulta responsável”.

Essa frase proferida por Meiko fez eu me sentir completamente em sintonia com ela. Me identifiquei muito com a jovem. Com suas dúvidas, seus pensamentos, suas frustrações e seus acessos de raiva com as injustiças da vida. Ela é muito rebelde e impetuosa, o oposto de Taneda que é a calma em pessoa. Meiko passa a se questionar e aos outros sobre o que é felicidade. Se eles são felizes. Ela está em busca dessa felicidade, de algo que ela não sabe explicar, mas que sabe estar lá.

Fiquei completamente encantada com Taneda. Ele é muito fofo e compreensivo com a namorada. Quando eu ficava com raiva de certas atitudes dela e pensava “agora ele te larga!”, ele me surpreendia ao aparecer todo preocupado e segurando as mãos dela para não deixá-la cair. É isso que difere uma relação promissora de uma sem futuro: um servir de suporte para o outro, em estar presente em todos momentos, sejam eles bons ou ruins.

A história deles é muito bonita. Segurei as lágrimas em vários momentos. Eles se conhecem muito bem e é inevitável não fazermos uma ligação com alguma pessoa especial nas nossas vidas também. Mesmo assim, nos é apresentado um relacionamento real. Com altos e baixos. Nem tudo são flores e os dois passam por diversas brigas, incertezas e dificuldades o tempo inteiro. Isso nos gera certa apreensão. No segundo mangá, nos é apresentado um pouco da história de quando eles se conheceram e em como essa conexão foi firmada entre eles.

Não consigo expressar em palavras o quanto eu amei essa história. Leve, bem humorada e cheia de ações que são corriqueiras na nossa vida. É possível identificarmos diversas situações que ocorrem no nosso dia a dia. E aqui temos tudo isso de uma maneira encantadora e cheia de sentimentos. Retratando de maneira fiel nossos medos e incertezas perante novas decisões, por sabermos que não podemos voltar atrás.

As ilustrações, que foram feitas pela própria autora, são todas em preto e branco. E extremamente fofinhas e cheias de humor, servindo como toque final para essa história tão envolvente. Se eu pudesse resumir os mangás em apenas duas palavras a primeira seria incertezas e a segunda superação. Pois é isso que move as nossas vidas.

 

5estrelasB

SOLANIN 1

Autor: Inio Asano

Editora: L&PM

Ano de publicação: 2011

A Série L&PM Pocket Mangá traz ao leitor brasileiro as melhores histórias e autores de quadrinhos do Oriente, com opções para todas as idades. Em Solanin 1, do premiado quadrinista japonês Inio Asano, o jovem casal de namorados Meiko e Taneda decide dar uma virada em suas vidas e ir atrás de seus sonhos de música e liberdade.

 

5estrelasB

SOLANIN 2

Autor: Inio Asano

Editora: L&PM

Ano de publicação: 2011

A Série L&PM Pocket Mangá traz ao leitor brasileiro as melhores histórias e autores de quadrinhos do Oriente, com opções para todas as idades. Solanin 2, a segunda e última parte da aclamada história de Inio Asano, mostra que, frente ao abismo entre os sonhos e a vida como ela se apresenta, às vezes improvisar é a única saúda possível.

É colaboradora do Resenhando Sonhos.
Natural de São Sepé, atualmente morando em Santa Maria.
Formada em Gestão da TI pela URCAMP e cursando Produção Editorial na UFSM.
Apaixonada por livros, Johnny Cash e cachorros.