À Sombra de Uma Mentira – Alex Marwood

À Sombra de Uma Mentira é o livro de estreia de Alex Marwood, que venceu o Prêmio Edgar Allan Poe em 2013, e foi trazido ao Brasil pela editora Bertrand Brasil.

20160901_124840

SOBRE O LIVRO:

O tema central do livro é bem simples: Duas meninas de 11 anos se conhecem em um dia de verão e ao final dele serão acusadas pelo assassinato de Chloe, uma garotinha de quatro anos. Um escândalo que tomou enormes proporções e chocou todo o país, as transformando nas “crianças mais odiadas do Reino Unido”. Jade e Bel  serão enviadas para reformatórios distintos, onde receberão uma ordem judicial que as  proíbe de entrar em contato uma com a outra enquanto viverem.

“A menina está morta. Não é preciso se aproximar para ter certeza. Queixo caído, sem sinais de percepção da visão, uma boneca de pano sem vida. Vestindo uma blusa listrada e uma saia tubinho, ambas enroladas em torno de sua cintura, seios fartos e coxas brancas refletidas no espelho, e no outro, e no outro espelho, e no outro, até o infinito.”

O livro alterna entre o passado, e o presente, vinte e cinco anos depois, onde elas são pessoas diferentes. Kirsty, uma respeitável jornalista freelancer de Londres e Amber, gerente de um parque de diversões no sul da Inglaterra.

No entanto, tudo pode mudar quando Amber encontra o corpo de uma adolescente em umas das atrações do parque em que trabalha. É o terceiro assassinato em um curto período de tempo em uma pacata cidadezinha litorânea, o que atrai jornalistas de vários lugares e, uma delas é Kirsty.

O encontro das duas pode fazer com que seus segredos venham à tona e destruam tudo que construíram, assim elas terão de lutar juntas para manter suas verdadeiras identidades e passados em segredo.


MINHA OPINIÃO:

Em À Sombra de uma Mentira, além de construir um suspense intrigante, a autora dá vida a suas personagens e traz à tona questões como a discussão entre índole/personalidade e criação. A edição está super bacana e a capa é muito bonita. Dividido em capítulos de tamanho razoável e letras de tamanho confortável, isso auxilia o leitor a manter o pique de uma leitura intrigante e voraz. A escrita de Alex também é super fluida.

Parece que a vida tomou rumos que  inverteram os papéis. Enquanto no passado Jade era filha de um criador de porcos mal educado e com um lar instável, Bel era exemplarmente educada, sendo enteada de um homem rico. Ao serem afastadas de suas famílias e transferidas a reformatórios onde receberam novas instruções e identidades, suas vidas foram alteradas bruscamente, onde hoje uma é bem sucedida e vive uma vida confortável e a outra, nem tanto.

“A sociedade é um problema, e sei. Eu sei. A sociedade. Mas vamos enfrentá-la: a sociedade realmente não se importa com quem culpa, desde que haja algum culpado.”

20160901_124931

Amber agora divide seu tempo entre o trabalho de “gerente dos zeladores” do parque no período noturno, cuidar de seu marido Vic e de suas preciosas cadelinhas. Apesar de ter se casado com o homem mais bonito da vizinhança (é o que todas dizem), e parecer sempre feliz e satisfeita, nem tudo é o que parece. Vic às vezes tem um temperamento complicado, o que faz com que Amber se questione algumas vezes sobre porque ainda está ao seu lado. Apesar de tudo, ela é quem cuida de seus vizinhos e amigos, como uma “santa”, como a chamam. Ao longo da narrativa descobrimos que apesar de sua dura realidade e convivência com o passado ela ainda mantém sua essência sendo uma nova mulher sem perder aquilo que sempre achou certo. Mantendo sua característica mais forte: o controle das situações a seu redor. 

Enquanto isso, Kirsty havia se tornado uma jornalista freelancer bem sucedida. Casada e mãe de dois filhos, no momento sustenta a casa por conta própria até o marido conseguir um emprego. Apesar das dificuldades ela vive uma vida maravilhosa e é grata por isso, afinal, quem diria que ela chegaria até ali. 

Ao decorrer da narrativa também somos apresentados a atual conjectura de vida dos personagens secundários que as cercam. Martin, Jackie e Victor, estão ligados à Amber, cada um a sua maneira e particularidades. Martin é quem leva um foco maior, já que somos apresentados a ele logo no início do livro. Ele é nada mais nada menos do que um maluco que persegue Jackie e jura que conseguirá conquistá-la. Ao decorrer da história ele vai se tornando cada vez mais bizarro e repugnante. O grande mistério que o envolve é qual será seu destino e qual é seu verdadeiro papel em meio a todos os acontecimentos e assassinatos da cidade.

O que mais me atraiu foi a curiosidade em saber o que aconteceria com as personagens e quem estava por trás dos assassinos das mulheres em Whitmouth, como realmente foi o assassinato de Chloe e se Kirsty e Amber seriam descobertas por suas famílias e conhecidos após uma vida de mentiras.

Quando as revelações começaram a chegar me vi aflita assim como as personagens, que viam suas vidas desmoronarem e serem destruídas. O fato de o livro ter sido escrito em capítulos intercalados entre passado e presente é o que mais contribui para essa expectativa, já que o leitor acompanha a história pouco a pouco.

A ênfase que autora da às características das personagens e suas experiências trazem ao leitor um novo sentimento e sensações distintas a cada página. Os dramas envolvendo os amigos, um maluco desconhecido, e suas vidas particulares, além da constante impressão de que algo ruim pode arruinar suas vidas a qualquer momento deixa tudo mais interessante.

Sem falar é claro de algo que está sempre a nos rodear: as mentiras. O que essas jovens tem a esconder e o quanto o passado ainda é uma sombra em suas vidas. Para todo bom fã de mistério e suspense, temos aqui um thriller super empolgante que tem tudo pra conquistar você.

thumb_livro

4estrelasb

À SOMBRA DE UMA MENTIRA

Autor: Alex Marwood

Editora: Bertrand Brasil

Ano de publicação: 2016

Poucas horas depois de se conhecerem, Jade e Bel, ambas com 11 anos, veem-se envolvidas na morte de uma garotinha e tachadas de assassinas. As duas meninas são enviadas a diferentes reformatórios, onde recebem novas identidades e são instruídas a nunca mais entrar em contato uma com a outra. Agora elas são Kirsty, uma respeitável jornalista freelancer de Londres, e Amber, gerente de um parque de diversões no sul da Inglaterra. Quando Amber encontra um corpo em uma das atrações do parque, a mídia fica em polvorosa, e Kirsty, enviada para cobrir os assassinatos, acaba cruzando o caminho de sua velha conhecida. Não demora muito para as duas se darem conta de o quanto sabem uma sobre a outra. Com medo de que seu passado seja descoberto e exposto pelo frenesi da imprensa, Kirsty e Amber lutam para manter o segredo a salvo.

É resenhista do Resenhando Sonhos.
Estudante de Direito, 20 anos, mineira, mora em Belo Horizonte e ama o universo literário.