Um Conto às Avessas de a Bela e a Fera – Liz Braswell

Um Conto às Avessas de a Bela e a Fera é uma encantadora releitura escrita por Liz Braswell que inaugura uma série de livros para o público jovem adulto que reconta os clássicos Disney de uma forma inusitada! Publicado originalmente em 2016, foi trazido ao Brasil em 2017 pela editora Novo Século.

SOBRE O LIVRO

Em um reino distante, em um majestoso castelo vivia um belo e rico jovem príncipe. Apesar de toda a sua fortuna e beleza, o príncipe era mimado, egoísta e grosseiro. Em uma noite de inverno uma velha maltrapilha bate à porta do castelo e lhe oferece uma rosa em troca de abrigo para o frio. Repugnado pela feiura dela, o príncipe a zomba e manda a velhinha embora. Ela o aconselhou a não se deixar enganar pelas aparências, pois a beleza está no interior das pessoas. Quando o príncipe voltou a expulsá-la, ela se transformou em uma bela feiticeira e jogou um feitiço nele, transformando-o em uma fera horrenda.

A rosa que ela lhe deu era encantada. Se ele aprendesse a amar alguém e fosse retribuído até o momento em que a última pétala caísse, o feitiço estaria desfeito, senão, ele permaneceria fera para sempre.

Mas antes disso, um pouco mais antigamente do que antes… existia uma pequena aldeia, em um pequeno reino, onde seres mágicos e feiticeiros podiam viver em harmonia com as demais pessoas, eles eram conhecidos como “les charmantes”.  Nessa aldeia, vivia um jovem casal: Maurice, um estranho inventor e sua jovem e bela esposa Rosalind, uma poderosa feiticeira, que esperava sua primeira filha. Mas então a peste chegou e cada ser mágico foi caçado e perseguido sob acusações de terem trazido a doença para o vilarejo e, com o simples desaparecimento de poderosos magos, Rosalind resolve interferir.

Mas é assim que a nossa história começa… Bela é uma jovem inteligente, inquieta, uma traça de livros. Tudo o que ela mais desejava era escapar do pequeno e pacato vilarejo onde vivia para viver sua grande aventura. Até que um dia seus desejos acabam se realizando, mas é claro que não da forma que ela sempre imaginou. Agora ela era prisioneira de uma terrível fera, dentro de um castelo mágico e completamente encantado. Quando Bela toca uma certa rosa encantada, ela começa a ter algumas intrigantes visões sobre como aquele castelo foi enfeitiçado e, acima de tudo, visões sobre uma jovem feiticeira a quem aparentemente, ela não conhecia, ou ao menos, não como uma feiticeira, mas sim, como sua mãe. Confusos, Bela e Fera se unem para desvendar um angustiante mistério sobre suas famílias.


MINHA OPINIÃO

Pode parecer estranho para alguns o quão importantes são os contos de fadas, assim como pode parecer ainda mais estranho que uma releitura de um conto tão conhecido se torne uma nova aventura. O livro mescla características do mundo real e do mundo fantástico através da personalidade de cada ser e objeto, mas também na descrição de cenas e locais narrados. Toda a descrição dos personagens e a ambientação dos lugares a qual o leitor visitará é feita de forma detalhada e faz com que sejamos transportados para dentro das páginas e mais além, para dentro do universo criado pela autora.

“A verdade era que… ler, já não era o suficiente.”

A história é contada em dois tempos: o primeiro retrata o pequeno vilarejo ainda habitado por seres mágicos que nos conta como Maurice e Rosalind se conheceram; o outro retrata em sua base a história já conhecida de a Bela e a Fera, no entanto, se misturando à história criada pela autora, criando fatos, explicações e personagens novos, fazendo com que a narrativa fique toda bem amarrada e cada acontecimento tenha sua justificativa e consequência.

Um ponto interessante, talvez até histórico, é o fato de como as mulheres da época eram subestimadas e colocadas como seres inferiores aos homens. É claro que retratado de uma forma sutil, como por exemplo, o porque de uma garota parecer tão estranha por andar pelas ruas com o rosto enfiado em um livro e se recusar a casar com o homem mais bonito da cidade, afinal: quem ela pensa que é?

Os personagens criados são em sua essência, peculiarmente reais… Cada característica dos personagens retrata valores e diferenças, como a lealdade, a sinceridade, a “esquisitice”, o quanto desejamos o que não podemos ter e tantas outras.

Como um todo, o livro é envolvente e cativante do início ao fim, colocando cada acontecimento no momento certo, temperando a curiosidade do leitor e deixando um gostinho de que ainda existem milhões coisas para se descobrir.

Talvez por ter causado tamanho apego e me feito sempre esperar pelo desfecho, não consegui me satisfazer com o final, embora ele seja fechado e não deixe nenhuma ponta solta, não foi o que eu esperava que acontecesse. Ele é inovador, e para uma história já contada e recontada tantas vezes isso tem seus riscos somado às vantagens. Mas afinal, uma boa história sempre é aquela que nos surpreende e se você curte recontos ou essa história específica, eis aqui mais uma chance de visitar esse mundo mágico.

thumb_livro

35estrelasb

UM CONTO ÀS AVESSAS DE A BELA E A FERA

Autor:Liz Braswell

Editora: Novo Século

Ano de publicação: 2017

Bela é inteligente, engenhosa, inquieta e mais uma porção de coisas. Ela anseia escapar de seu modesto e provinciano vilarejo. Quer explorar o mundo, apesar de seu pai relutar em deixar sua casinha para o caso de a mãe de Bela retornar – mãe da qual ela mal se lembra. Um dia, os desejos da garota por novas aventuras acabam por se realizar – mas não da maneira que ela imaginava. Agora ela é cativa de uma terrível fera, dentro de um castelo enfeitiçado. Quando Bela toca a rosa encantada da Fera, intrigantes imagens inundam a mente da jovem – imagens da mãe que ela acreditava que nunca mais veria. Ainda mais estranho que isso, ela descobre que sua mãe é ninguém menos que a bela Feiticeira que amaldiçoou a Fera, seu castelo e todos os seus habitantes. Chocados e confusos, Bela e Fera devem se unir para desvendar um assombroso mistério sobre suas famílias. Um conto às avessas de A Bela e a Fera é uma saborosa e encantadora releitura, inaugurando uma série de livros para o público jovem adulto que reconta os clássicos Disney de um jeito jamais imaginado!

É resenhista do Resenhando Sonhos.
Estudante de Direito, 20 anos, mineira, mora em Belo Horizonte e ama o universo literário.