Uma Chama Entre as Cinzas – Sabaa Tahir

Uma Chama Entre as Cinzas é da autora Sabaa Tahir, lançado pela Verus Editora em 2015.

Sobre o Livro

Laia é uma erudita e uma escrava a mercê do povo dominante. Em uma noite, após Darin – seu irmão – chegar em casa uma batida é dada, seus avós assassinados e o irmão levado. No mundo em que Laia vive, os Marciais tem o comando de tudo e os Eruditos tem apenas que obedecer as muitas e rígidas regras impostas por eles.

Porém, em meio a todo povo escravizado há também fagulhas de rebelião e, há anos, eles vem buscando formas de devolver a dignidade e poder ao seu povo. É com os rebeldes que Laia vai buscar ajuda para libertar o irmão, mas isso terá um preço. Ela terá que servir como espiã dentro da Academia Militar Blackcliff, servindo a temível capitã, que tira seu prazer de torturar a todos, inclusive suas criadas.

“A ponta da espada é o meu sacerdote. A dança da morte é a minha reza.”

20161120_152328

Em contra partida, quase se formando na academia, temos Elias. Ele é um dos mais promissores Marciais de sua turma e pertence também a uma conceituada casa, os Gens Venturia. Porém, tudo o que o jovem quer é ser livre, pois não concorda com a forma brutal como seu povo trata aos outros e também seus semelhantes. Entretanto, o simples fato de pensar essas coisas já são motivos para que Elias seja eliminado e é por isso que ele vem tramando seu plano cautelosamente.

É quando está prestes a se formar e também buscar sua liberdade que o jovem será confrontado com um desafio. As peças dentro do jogo vão mudar, e talvez a melhor forma de escapar seja permanecer exatamente onde está. Testado em coragem, astúcia, força e lealdade, Elias se verá envolto em uma trama que remonta muitas gerações e o fato de só desejar ser livre, pode ser o que fará com que seu caminho cruze com o de Laia, a jovem escrava recém chegada.


Minha Opinião

Esse é um daqueles livros que eu queria muito ler desde que saiu, que eu acompanhei a reação das pessoas sendo positiva e que por algum motivo, acabava ficando sempre pra trás. Mas, o que tenho a dizer é que Sabaa Tahir já garantiu seu espaço com um dos livros de fantasia mais legais que li em 2016 e que eu estou ansiosa pela continuação.

A história parece bem simples, temos dois polos: a menina coitadinha e escrava e o jovem privilegiado que quer abrir mão de tudo. Porém, logo que se começa a ler é fácil perceber que a trama vai bem além disso. Há toda uma organização social e histórica que nos é apresentada e que em vários momentos eu tive que parar para anotar e não me perder. Temos quatro povos principais, os Marciais, os Eruditos, os Tribais e os Navegantes, mas os dois primeiros são o foco do livro. A religião e a situação política também é bem explorada, principalmente com o arco que surge para amarrar essas coisas e plantar a semente da dúvida em Elias.

Laia é uma personagem super interessante, ela é forte, decidida, mas também é temerosa, indecisa e de certa forma ingênua. Ela cresceu como uma inferior, mas sempre sonhou com um mundo melhor. Ela perdeu todos aqueles a quem mais amava e agora está tendo que recorrer a estranhos para salvar o que restou de sua família. E ela precisa confiar neles, mesmo sem os conhecer e isso por si só já é um desafio.

“Você é uma chama entre as cinzas, Elias Venturius. Você vai brilhar e queimar, devastar e destruir. Você não pode mudar isso. Não pode parar.”

Há também a questão do romance, já que ele se apresenta aqui e brinca com o fato de a personagem nunca ter tido esse tipo de experiência e, portanto, não entender muito bem as coisas que sente. De qualquer forma, por mais que as vezes discordasse do que ela considerava amor ou de como via as coisas, não acredito que o fator “romance” tenha sido prejudicial à história. Ele não é foco, as vezes é questionável, mas também ajuda a construir os personagens.

20161120_152351

Digo isso porque ambos tem algo maior que os guia. Laia quer libertar o irmão, Elias quer se libertar, porém os dois estão presos a correntes diferentes e os caminhos para escaparem dessa prisão será paralelo, mas de certa forma congruente. O jovem também tem uma boa construção, sua origem e a forma como ele chegou ao seio da família Gens Ventura é muito importante para que entendamos quem Elias verdadeiramente é e porque ele não é um servo marcial cego como todos os outros.

Elias tem uma relação complicada com sua melhor amiga, Helene Aquilla. Ela é a única garota da turma, mas também está entre os mais fortes e promissores. Todos os garotos já tentaram ter algo com ela, mas a jovem sempre os escorraça. A ligação e a lealdade entre os dois é forte, mas será que é suficiente caso ela descubra que ele quer desertar e deixar pra trás tudo o que ela fielmente acredita?

“Você jamais vai se esquecer deles, nem mesmo depois de anos. Mas um dia você vai passar um minuto inteiro sem sentir dor.”

Uma das coisas mais legais sobre o livro e que é aquilo que me faz colocar um livro nos favoritos é que não é uma história reta em termos de começo, meio e fim. A trama vai costurando caminhos e surpreendendo o leitor ao apresentar desdobramentos que não imaginávamos encontrar na história. Esse tipo de coisa engrandece o livro e faz com que ele se destaque das tramas mais comuns.

O final não é extremamente surpreendente, mas em alguns momentos um frio na barriga ocorre pelo que está acontecendo e confesso que corri as páginas pra descobrir se a coisa se concretizaria ou não. Há um alinhamento bem estipulado e um cliffhanger bem feito para o segundo livro, A Torch Against the Night, que deve sair em 2017 aqui pelo Brasil.

Então se você, assim como eu, curte uma boa fantasia, Uma Chama Entre as Cinzas é um ótimo livro e é uma boa pedida também para os iniciantes no gênero e pra quem está cansado já das histórias lineares e sem surpresas.

thumb_livro

4estrelasb

UMA CHAMA ENTRE AS CINZAS

Autor: Sabaa Tahir

Editora: Verus

Ano de publicação: 2015

Laia é uma escrava. Elias é um soldado. Nenhum dos dois é livre.
No Império Marcial, a resposta para o desacato é a morte. Aqueles que não dão o próprio sangue pelo imperador arriscam perder as pessoas que amam e tudo que lhes é mais caro. É neste mundo brutal que Laia vive com os avós e o irmão mais velho. Eles não desafiam o Império, pois já viram o que acontece com quem se atreve a isso.
Mas, quando o irmão de Laia é preso acusado de traição, ela é forçada a tomar uma atitude. Em troca da ajuda de rebeldes que prometem resgatar seu irmão, ela vai arriscar a própria vida para agir como espiã dentro da academia militar do Império.
Ali, Laia conhece Elias, o melhor soldado da academia — e, secretamente, o mais relutante. O que Elias mais quer é se libertar da tirania que vem sendo treinado para aplicar. Logo ele e Laia percebem que a vida de ambos está interligada — e que suas escolhas podem mudar para sempre o destino do próprio Império.

É a criadora e autora do Resenhando Sonhos.
Gaúcha do interior do Rio Grande do Sul, hoje mora na capital Porto Alegre e quer conhecer o mundo.
Publicitária por formação, sonhadora por opção. É mal humorada e chata.