Canção da Escócia é um romance escrito por Barbara Cartland e publicado em 2018 pela Barbara Cartland Ebooks Ltda.

Sobre o livro

Sona McChad é uma jovem inglesa, inteligente, amorosa e vivaz. Órfã de mãe, desenvolve um relacionamento muito próximo com o pai, a quem adora. A família é convidada para o casamento do filho do chefe do Clã McChad e a jovem fica extasiada pela oportunidade de conhecer a família paterna.

Era diabólico. Sona susteve a respiração, transtornada diante daquela incontestável tentativa de assassinato. Quem poderia ter tido aquela ideia terrível?

Torquil McChad é um rapaz solitário. Foi excluído do clã e, por isso, busca uma forma de ser aceito novamente.

Napier é o próximo na linha de sucessão para se tornar o Laird do Clã McChad. Após estudar na Inglaterra, é chamado pelo pai para cumprir as obrigações com o Clã. Napier está comprometido com a filha do Clã rival, mas acaba se apaixonando por Sona.

Capa do audiolivro

Sobre o livro

Barbara Cartland foi uma romancista bem sucedida, com centenas de livros publicados. Ela tem uma narrativa envolvente com mocinhas interessantes, pitadas de aventura e mistério.

Escolhi o livro pela capa, mas calma! Não foi pela capa do e-book, mas a do audiolivro que é bem mais bonita. A experiência foi muito positiva, gostei muito da narração de Maju Helman. Achei a escrita da autora objetiva, mas em alguns momentos percebi uma repetição desnecessária que me causou certa estranheza, mas não prejudicou muito a minha experiência com história.

Por mais estúpido que pudesse parecer, Torquil McChad conseguira perturbar a euforia de sua chegada.

Antes de chegar ao castelo, Sona conhece Torquil. Um jovem misterioso e solitário, que foi expulso do Clã McChad. O afastamento da família gera nele um sentimento de frustação e injustiça. Apesar da animosidade entre o clã e Torquil, ninguém conta a Sona o motivo desse mal estar.

Sona se apaixona pela Escócia. Ao ser apresentada para a família, ela conhece o atual Laird e seu filho, Napier. O jovem se mostra bastante amargurado pelo peso da obrigação e isso desperta a curiosidade de Sona. Aos poucos eles vão se aproximando o que coloca Sona em perigo.

Subitamente ocorreu-lhe que talvez Torquil estivesse apaixonado pela futura noiva e por isso desaprovasse tanto aquele casamento.

Sona é uma personagem muito interessante. Não esperamos muito dela no início da trama, mas com desenrolar da história percebemos que ela é a peça central para a revelação do mistério. A jovem é inteligente, mas a pouca experiência de vida acaba prejudicando algumas de suas decisões.

Os personagens masculinos são ambíguos. Não sabemos exatamente quem é o mocinho e quem é o vilão durante a maior parte da trama. A autora cria um triangulo amoroso que é logo dissolvido, pois a mocinha percebe rapidamente de quem gosta. Todavia existe uma rivalidade entre Torquil e Napier, que acaba colocando a mocinha no meio de um jogo de interesses.

A experiência com o audiolivro foi muito boa, mas ao analisar a versão em e-book percebi vários pontos negativos: a ausência do nome da tradutora; a péssima diagramação e, por fim, a tradução. Deste modo, recomendo consumir a história em audiolivro, para não passar raiva.

Minha nota se baseia apenas na minha experiência com o audiolivro, pois não achei justo julgar o e-book, se não consumi a história por ele. As únicas coisas retiradas do livro digital foram as citações.

CANÇÃO DA ESCÓCIA

Autor: Barbara Cartland

Tradução: Não divulgado

Editora: Barbara Cartland Ebooks Ltda.

Ano de publicação: 2018

Assim que a carruagem atravessou os imensos portões de ferro, Sona teve a impressão de entrar num cenário de contos de fada. À sua frente, o castelo medieval dos McChad guardava o mistério e a magia que se insinuavam nas canções executadas pelas gaitas de fole. Encantada pela beleza da Escócia, ela mal imaginava que logo soaria um sinistro rufar de tambores… O sinal que anunciava a morte do homem que ela amava!

Relacionados

Destaques

Insta
gram

Parceiros