Cari Mora é do autor Thomas Harris. Ele foi lançado em 2019 pela Record.

Sobre o livro

A bela Cari Mora é uma jovem silenciosa, competente e misteriosa. Ela trabalha em Miami Beach, em uma mansão que esconde muitos segredos. Esse gigantesco lugar possui algo valioso para muitos, mais de 25 milhões de dólares escondidos. No entanto, poucos possuem coragem de se aproximar de lá. O que as pessoas encontram neste lugar pode ser muito tenebroso. Mas Cari não sente medo disso. Por quê?

Uma das pessoas que ficou sabendo do tesouro escondido nessa mansão, foi o temível Hans-Peter Schneider. Repulsivo, perverso e sádico. Esse homem é um perigo para todos que cruzam o seu caminho e, pelo o que podemos observar, ele cruzará o caminho de Cari.

“O choro de uma mulher é música para os ouvidos de Hans-Peter, o som o conforta e ele volta a dormir.”

Com uma narrativa intensa, muitas mortes e traições, veremos a busca pela riqueza e o quanto o ser humano pode ir longe para alcançar o que quer. Ficaremos apreensivos aguardando o encontro entre Hans e Cari. E esse encontro pode ser perigoso para ambos.


Minha opinião

Cresci ouvindo falar sobre Hannibal Lecter e suas atrocidades. Vi os filmes, mas nunca tive a oportunidade de ler os seus livros. Por isso, quando surgiu a oportunidade de conhecer a escrita do seu autor, o mesmo deste livro, Thomas Harris, esperei encontrar uma mente criminosa muito inteligente, com sacadas originais e um banho de sangue. Mas, não encontrei quase nada disso aqui. Talvez esse seja um dos pontos que pesou no momento de dar minha nota, fui com as expectativas lá em cima e encontrei algo bem diferente do que esperava.

Podemos considerar muito mais ação que suspense aqui. Algumas revelações são bem enervantes e ficamos apreensivos com o universo de maldade que descobriremos. Mas não existe aquela inteligência que esperamos, o que encontramos é algo mais cru e visceral. Não que não tenha gostado do livro, mas talvez o momento e as expectativas criadas não tenham ajudado no momento de adentrar nessa trama e sentir, exatamente, o que o livro queria passar.

“A garota tinha muitas informações sobre a casa. Antes de qualquer coisa ele devia colher essas informações. Depois dava um jeito de conseguir dinheiro por ela. Ela não devia valer mais que uns milhares de dólares, e, mesmo assim, teria que ser despachada em gelo seco.”

A protagonista é uma mulher forte, destemida e que possui um passado terrível. Ela aprendeu a se virar sozinha desde muito nova, presenciou situações horríveis e passou por coisas que nenhuma criança deveria passar. Por isso, não é de admirar que ela não sinta medo em viver nessa casa. A solidão parece ser sua aliada e, mesmo com apenas 25 anos, ela carrega uma aura de pessoa vivida e sofrida, aparentando ser muito mais velha.

Do outro lado, o nosso maior vilão, o sádico Hans. Um homem que aprendemos a odiar desde as primeiras páginas. Por termos acessos aos seus pensamentos mais tiranos, sentimos total asco e medo desse homem. Ele é perigoso e ardiloso e parece sempre estar a frente dos outros. Os segredos que ele carrega são de arrepiar e ele é outro a nos apresentar uma realidade difícil e que não estamos acostumados a enfrentar.

A história nos trará mais algumas informações sobre a casa, revelando o figurão que está por trás dela. Confesso que, se eu soubesse disso antes de começar a leitura, ficaria muito mais empolgada. Além disso, é mostrado o medo que as pessoas tem de serem entregues para a imigração e como isso funciona nos Estados Unidos. Mostrado um outro lado que é pouco falado e que não temos quase nenhuma informação.

Esse não é o tipo de livro que me agrada. Mas, pode funcionar com outras pessoas. No meu caso, fui esperando outra coisa e fiquei meio decepcionada. A história não funcionou comigo, mas quem sabe ela não funciona com você?

 

CARI MORA

Autor: Thomas Harris

Tradução: Clóvis Marques

Editora: Record

Ano de publicação: 2019

ais um mistério, outras surpresas. O novo livro de Thomas Harris, autor do clássico contemporâneo do suspense O silêncio dos inocentes. Vinte cinco milhões de dólares em ouro estão escondidos em uma mansão em Miami Beach, e seu dono está morto. Há anos homens implacáveis têm tentado encontrar essa fortuna, e agora é a vez de Hans-Peter Schneider. Motivado pela ganância, ele ganha a vida com atividades ilícitas, e a principal delas é realizar as fantasias mais doentias de homens ricos em busca de mulheres… peculiares. Cari Mora, a caseira da mansão, é uma imigrante que fugiu da violência em seu país de origem. Ela vive em Miami, sempre com medo da sua situação com o Serviço de Imigração e Controle Alfandegário. Como seu visto para os Estados Unidos não é permanente, Cari não pode prosseguir com os estudos, por isso é obrigada a ter vários empregos para se sustentar. Uma bela mulher, marcada por cicatrizes da guerra, Cari atrai o olhar de Hans-Peter quando ele se aproxima do tão desejado tesouro. Mas ela tem habilidades surpreendentes, e essa não é a primeira vez que seu instinto de sobrevivência é posto à prova. Monstros vivem à espreita na fissura que existe entre o desejo dos homens e a sobrevivência das mulheres. E nenhum outro escritor foi capaz de criar monstros tão tenebrosos e brilhantes como Thomas Harris. Cari Mora, seu sexto romance, marca o retorno à escrita desse verdadeiro mestre da literatura.

Relacionados

Destaques

Insta
gram

[jr_instagram id='3']

Parceiros