Vis a Vis é uma série espanhola originalmente produzida pelo estúdio Globomedia entre 2015 e 2019, tendo no elenco Maggie Civantos, Najwa Nimri, Alba Flores, Berta Vázquez e é distribuída mundialmente pela Netflix. A série contém 5 temporadas, sendo que a quinta Vis a Vis: El Oasis, que pode ser considerada um spin-off.

A história gira em torno de Macarena Ferreiro a qual ingenuamente se apaixonou por seu chefe sendo influenciada pelo mesmo a cometer vários crimes.

Após ser descoberta e ser rejeitada friamente pelo homem que estava apaixonada, ela é condenada a dez anos de prisão com uma fiança muito alta, isso acaba resultando a sua ida para a penitenciária feminina Cruz do Sul. Chegando na prisão, ela irá descobrir que aquele lugar não passa de um inferno, pois qualquer favor pedido é uma divida a ser paga. Logo uma chance de ouro surge quando Macarena descobre um chip escondido, deixado por uma colega de sela que contém a localização de uma boa quantidade de dinheiro roubado, entretanto, essa chance pode também ser um passaporte para a morte, pois detentas perigosas assim como el,a almejam esse chip e farão o que for preciso para consegui-lo.

“Um líquido é um estado da matéria sem formato específico. Ele muda facilmente e se molda ao recipiente que o contém. O corpo humano é 70% água.”


Vis a Vis é uma daquelas séries que eu nunca iria ver e se chegasse a ver odiaria. Como eu poderia gostar de uma série que se passa em um presídio? Essa era a pergunta que sempre me fazia, porém, por pressão de algumas pessoas próximas a mim, resolvi dar aquela chance, vai que ela me surpreendesse como La Casa de Papel e Elite, outras produções da Espanha que eu assisti com receios, mas por fim acabei curtindo bastante, e foi bem isso que aconteceu. Amei muito a série logo nos primeiros episódios.

Mesmo tendo episódios com mais de uma hora de duração, Vis a Vis consegue não ser maçante e criar expectativa e um grande interesse no dia a dia das detentas, onde me fez querer acompanhar mais sobre o que elas faziam ali, o porquê de estarem presas. Macarena no início da série estava desestabilizada, o que faz dela um alvo fácil ali dentro e ao mesmo tempo que sentimos pena, sentimos raiva pois acaba criando um circo de horrores para si própria. Também vemos na própria Macarena, como uma pessoa acaba perdendo sua essência para conseguir sobreviver naquele ambiente.

A série também aproveita a deixa, para nos apresentar e criticar algumas situações que reflete no sistema penitenciário de hoje em dia, como o abuso de poder, abuso sexual, qualidade da alimentação, entre outros assuntos como dependência química entre as detentas. Ali as mais fortes subjugam as mais fracas e lucram. Revela também como dentro da prisão existe uma hierarquia entre as mulheres confinadas e isso me incomodava pois as pessoas que administravam não colocavam ordem e acabava acontecendo coisas bem graves e que eram esquecidas logo em seguida.

Cada personagem possui um motivo para ter ido parar na cadeia e ir descobrindo isso aos poucos durante a série é bem legal, acabou fazendo com que criasse apreso por algumas das personagens como Sole, uma mulher que matou o marido e foi condenada a muitos anos de prisão. E o mais bacana é que ela reconhece seu erro, sendo assim a única da série que demostra arrependimento por ter feito o que fez. Em outro extremo podemos conhecer Teresa que foi presa por tráfico e é uma viciada em drogas, onde mesmo presa perde o pouco que ainda tem para o vício que a consome. Essa é a personagem com o melhor final dentro da série, um final muito merecido.

Em relação a quinta temporada “El Oasis” é algo que achei bem desnecessário, mesmo não achando o enredo de todo ruim, mas poderia não ter acontecido, acabou sendo só uma enrolação. A temporada funciona melhor se for apreciada como um spin-off e não como uma continuação das anteriores.

Se você gosta de séries carregadas de drama e algumas cenas de ação, não pode perder a oportunidade de maratonar Vis a Vis.

VIS A VIS

Diretor: Daniel Écija, Álex Pina, Iván Escobar Esther Martínez Lobato

Elenco: Maggie Civantos,Berta Vázquez,Najwa Nimri,Alba Flores,Itziar Castro

Ano de lançamento: 2015

Manipulada pelo homem por quem se apaixonou, essa moça cometeu um crime. Condenada à prisão, ela agora deve aprender a viver num ambiente hostil e impiedoso.

Relacionados

Destaques

Insta
gram

Parceiros