Good Girls é uma série transmitida originalmente pelo canal National Broadcasting Company (NBC), em 2018. No Brasil, as quatro temporadas estão disponíveis na Netflix.

A história é composta por 3 mulheres de Detroit, mães e que estão passando por problemas financeiros. Beth Boland (Christina Hendricks) é irmã de Annie Marks (Mae Whitman) e Ruby Hill (Retta) é amiga das duas desde a infância. Logo no primeiro episódio já temos uma quebra nas expectativas quando elas decidem assaltar um supermercado. Duas delas desempenham o papel clássico de esposas, uma com quatro filhos vivendo apenas como dona de casa, outra com dois filhos e que trabalha fora e, a única que não é casada, com apenas um filho. Por isso, ver as três com armas e roubando grandes quantias de dinheiro é bem inesperado.

O que elas não sabiam é que o local que elas decidiram atacar já estava sendo usado por uma gangue. Assim, elas acabam conhecendo Rio (Manny Montana), que parece ser o líder do bando. A partir daí, tudo muda e elas acabam entrando no mundo do crime. O que tinha tudo para ser uma comédia, mesmo com as questões de crimes, acaba desviando para uma narrativa mais dramática e violenta. Conforme as temporadas avançam, essa violência acaba escalonando e diversos outros personagens entram e saem da história.

Um dos pontos que se destaca na série e deixa tudo ainda mais frenético é: cada vez que elas tentam consertar algo, uma coisa pior acontece. Sabe aquelas decisões erradas que acabam se tornando uma bola de neve? Suas atitudes acabam trazendo mais problemas para resolver e ficamos tensos do início ao fim. Quando pensamos que não existe mais saída, elas conseguem contornar a situação e contam com a sorte e com alguns plots inesperados. No entanto, logo tudo muda mais uma vez e cada final de episódio é um gancho para o próximo.

O mais interessante na minha opinião é a evolução das personagens. A principal delas é a Beth, que no começo descobre a traição do marido, é apenas uma dona de casa sem renda e com quatro filhos para criar. Por ver o marido jogando tudo fora com uma amante, ela toma as rédeas da situação para si e começa a ser a chefe da casa. Percebemos sua mudança e a ambição que toma conta dela. Adorei a forma como ela mudou, mas em alguns momentos suas atitudes acabam mostrando uma mulher perigosa e pouco confiável. Ao que tudo indica, desde que ela provou o gosto do dinheiro fácil e da liderança, ela não quer mais outra coisa.

Além disso, é estranho torcermos para um casal improvável: Beth e Rio. A tensão entre eles é quase palpável e, embora ele tenha muitas atitudes questionáveis e esteja sempre colocando Beth em perigo, nos pegamos desejando que os dois fiquem juntos. Até os episódios finais da última temporada, não temos muita certeza do que está reservado para eles e nem para as suas companheiras. E, para completar, elas acabam envolvendo os maridos e tantas outras pessoas que passam pelo caminho delas.

Essa é mais uma daquelas histórias clássicas onde torcemos para as ditas “vilãs” se darem bem. O peculiar da série é isso, torcemos por quem está fazendo algo errado, pois conhecemos sua história pessoal e nos compadecemos dos seus problemas. A trama termina com um final aberto, o que não me agrada muito, mas deixa no ar o que pode ter acontecido. Por mim, teríamos muitas outras temporadas contando mais sobre as histórias delas. Senti falta de um fechamento para algumas, mas acredito que outras deixaram bem claro como terminaram.

E você? Já assistiu a série?

GOOD GIRLS

Diretores: Bans, Dean Parisot e Jeannine Renshaw

Elenco: Christina Hendricks, Retta, Mae Whitman, Reno Wilson, Manny Montana, e outros

Ano de lançamento: 2018

A série segue três mães suburbanas de Detroit, duas das quais são irmãs, que estão tendo dificuldades para sobreviver. Elas estão cansadas de ter tudo tirado delas, então decidem fazer um assalto improvável roubando um supermercado, apenas para descobrir que estão em mais do que negociavam. Seu roubo bem-sucedido atrai a atenção do gerente da loja depois que ele reconhece uma das mulheres, mas por uma razão diferente totalmente ligada ao dinheiro. A partir daí elas descobrem que todo o dinheiro que roubaram é lavado e se envolvem em um negócio improvável.

Relacionados

Destaques

Insta
gram

Parceiros