Não há idade para gostar de Young Adult, e eu sou prova disso, afinal já deixei de ser adolescente e ainda sim sou completamente apaixonada nesse “gênero”. Entretanto, os livros YA abrangem muitos outros gêneros dentro dele, e vim aqui indicar um de cada (não há como indicar de todos os gêneros, é claro, mas selecionei alguns).

Tentei focar em livros únicos, mas em caso de exceção eu avisarei!

Romance – Allegro em Hip-Hop

Começando com um dos gêneros que mais tem Young Adult. Allegro em Hip-Hop, da autora Babi Dewet, pertence a uma série (comecei com as exceções já) chamada “Cidade da Música”, sendo esse o segundo volume. Contudo, os livros não são uma sequência um do outro, apenas se passam na mesma escola (uma escola voltada para música), e os personagens do primeiro aparecem brevemente nesse livro e se você não leu, nem vai se dar conta. Então, se você quiser ler apenas Allegro em Hip-Hop você vai conseguir aproveitar e compreender a história muito bem, sem necessidade de ler seu antecessor, Sonata em Punk Rock (mas se quiser, fica aqui a minha indicação!).

Babi Dewet, além da música, aborda muitos pontos relevantes para os jovens, bem como preconceito, inclusão, estudos, família, amor… A protagonista é Japonesa e irá apresentar como sofre com a pressão da sua família para ser sempre a melhor, e também sobre estereótipos e preconceitos com etnia. Apesar de assuntos relevantes, o livro é muito leve e me arrancou sorrisos a leitura toda.

SINOPSE: No segundo livro da série Cidade da Música, você vai conhecer Camila. Ela é neta de japoneses e filha de pais muito rigorosos que têm grandes planos para ela e para sua irmã. Desde pequena, aprendeu que precisava se esforçar mais, que precisava ser melhor, que não existia tempo a perder na adolescência e que sua inteligência e seu talento deveriam levá-la longe. Camila, então, trocou as festas das amigas por treinos de balé, e a vontade de viajar o mundo afora pela consagrada Academia Margereth Vilela. Sua vida inteira estava programada e organizada. Até que uma crise de ansiedade a fez perceber que tudo ainda podia mudar e, depois de conhecer Vitor, um garoto desengonçado e cheio de sardas que tocava violino, a vida mostrou à Camila que uma dose de hiphop poderia fazer os dias dela mais felizes.


Fantasia (e Releitura) – Sem Coração

Esse é um favorito meu! Foi uma experiência incrível do inicio ao fim. Cath e Jest são personagens aos quais sou completamente apaixonada e levo eles no coração. Mesmo sabendo que algo ruim aconteceria (porque se trata de uma releitura de Alice No País das Maravilhas, sendo essa a história da Rainha de Copas antes de se tornar rainha), eu ainda tinha esperanças que o livro acabasse com um final feliz. Sem sombra de dúvidas, quem ficou sem coração fui eu, porque ele foi despedaçado.

SINOPSE: Catherine era uma das garotas mais desejadas do País das Maravilhas e a favorita do ainda solteiro Rei de Copas, mas seus interesses eram outros. Por seu talento na cozinha, ela só queria abrir uma confeitaria em sociedade com sua melhor amiga e oferecer ao Reino de Copas os mais deliciosos doces e bolos. Porém, de acordo com sua mãe, era uma ideia inaceitável para a jovem que poderia ser a próxima rainha. Em um baile real em que o rei pretende pedi-la em casamento, Cath conhece Jest, o belo e misterioso bobo da corte. Pela primeira vez, sente a força da pura atração. Mesmo correndo risco de ofender o rei e contrariar os pais, ela e Jest iniciam um relacionamento intenso e secreto. Cath está determinada a escolher o próprio destino e se apaixonar nos seus próprios termos. Mas em uma terra repleta de magia, loucura e monstros, o destino tem outros planos…


Ficção Científica – Uma Coisa Absolutamente Fantástica

A melhor palavra que define esse livro é: louco (no melhor dos sentidos). Esse livro também é um favorito. Ele aborda vários assuntos relevantes, sobretudo para jovens/adolescentes, principalmente em relação a preconceitos, internet, mídia, etc. Esse também me prendeu do início ao fim, e foi uma leitura super divertida.

Caso você tenha receio em ler por o autor ser irmão do John Green, no meu entendimento as histórias são de estilos completamente diferentes, assim como a escrita. Então você deveria ler se estiver interessado, gostando ou não do João Verde.

E, pelo que vejo, há diversas opiniões sobre o gênero desse livro, mas para mim ele se encaixa em uma ficção científica jovem (entretanto não posso dar detalhes, porque poderá ser spoiler). Ele também faz parte de uma duologia, mas o segundo ainda não foi lançado no brasil.

SINOPSE: Enquanto volta para casa depois de trabalhar até de madrugada, a jovem April May esbarra numa escultura gigante. Impressionada com sua aparência — uma espécie de robô de três metros de altura —, April chama seu amigo Andy para gravar um vídeo sobre a aparição e postar no YouTube. No dia seguinte, a garota acorda e descobre que há esculturas idênticas em dezenas de cidades pelo mundo, sem que ninguém saiba como foram parar lá. Por ter sido o primeiro registro, o vídeo de April viraliza e ela se vê sob os holofotes da mídia mundial. Agora, April terá de lidar com os impactos da fama em seus relacionamentos, em sua segurança, e em sua própria identidade. Tudo isso enquanto tenta descobrir o que são essas esculturas — e o que querem de nós. Divertida e envolvente, essa história trata de temas muito relevantes nos dias atuais: como lidamos com o medo e o desconhecido e, principalmente, como as redes sociais estão mudando conceitos como fama, retórica e radicalização.


Suspense – Um de Nós Está Mentindo

Devo confessar que esse é o único livro Young Adult de suspense que li, e acredito ter poucos livros do gênero voltados para jovens, entretanto ele está aqui porque eu gostei. Para mim ele é muito mais voltado ao drama, a relação dos personagens, mas tudo isso gira em torno da morte do personagem Simon e a suspeita sobre os protagonistas e a história também se desdobra a partir disso.

Suspense é meu gênero favorito, e apesar de amar livros Young Adult, nesse caso prefiro livros adultos e acredito que por isso eu não tenha amado o livro como poderia. Entretanto, acredito que para o publico alvo ele é uma boa escolha!

SINOPSE: Cinco alunos entram em detenção na escola e apenas quatro saem com vida. Todos são suspeitos e cada um tem algo a esconder. Numa tarde de segunda-feira, cinco estudantes do colégio Bayview entram na sala de detenção: Bronwyn, a gênia, comprometida a estudar em Yale, nunca quebra as regras. Addy, a bela, a perfeita definição da princesa do baile de primavera. Nate, o criminoso, já em liberdade condicional por tráfico de drogas. Cooper, o atleta, astro do time de beisebol. E Simon, o pária, criador do mais famoso app de fofocas da escola. Só que Simon não consegue ir embora. Antes do fim da detenção, ele está morto. E, de acordo com os investigadores, a sua morte não foi acidental. Na segunda, ele morreu. Mas na terça, planejava postar fofocas bem quentes sobre os companheiros de detenção. O que faz os quatro serem suspeitos do seu assassinato. Ou são eles as vítimas perfeitas de um assassino que continua à solta? Todo mundo tem segredos, certo? O que realmente importa é até onde você iria para proteger os seus.


Contos – Um Ano Inesquecível

Como vocês viram, Babi Dewet apareceu mais de uma vez nesse post. Eu gosto demais da autora, assim como Paula Pimenta e com certeza as irei indicar sempre que tiver a oportunidade. Nesse livro, os contos tem perto das 100 páginas e são história de aquecer o coração, sendo que meu preferido foi o da Bruna Vieira.

Vale lembrar que esse livro, e os livros de algumas das autoras como Paula Pimenta, se encaixam também como infanto-juvenil. Já Babi Dewet é mais Young Adult. Então Um Ano Inesquecível é minha indicação para diferentes idades.

SINOPSE: Dizem por aí que os melhores momentos da vida são vividos na adolescência. Os primeiros amores, os encontros, as festas, as viagens, as surpresas… E são sempre os instantes inesperados que transformam um dia comum em uma lembrança especial, daquelas que nunca deixarão de nos acompanhar. Este é um livro sobre esses momentos doces e sensíveis que não se apagam da memória tão facilmente. Quatro contos, em quatro estações do ano, sobre jovens que passam por vivências e sentimentos intensos. Paula Pimenta nos leva em uma viagem de inverno. Babi Dewet conta como um outono pode mudar tudo. Bruna Vieira mostra a paixão brotando com a primavera. E Thalita Rebouças narra um intenso amor de verão. Histórias de um ano inesquecível que vão ficar para sempre!


Com Crítica Social – Na Hora da Virada

Ok, concordo que crítica social não é exatamente um gênero, mas isso define bem os livros da Angie Thomas, autora conhecida pelo livro “O Ódio Que Você Semeia“. Em “Na Hora da Virada” a autora também aborda o racismo e juntamente o rap. O livro me trouxe muita aprendizagem e me fez perceber que é muito fácil julgar quando você não conhece/vive a realidade do outro.

Gostei mais desse livro do que o outro da autora, então se você curtiu “O Ódio Que Você Semeia” redobro minha indicação. E caso queira saber um pouco mais, tem minha resenha aqui.

SINOPSE: Bri é uma jovem de dezesseis anos que sonha se tornar uma das maiores rappers de todos os tempos. Ou, pelo menos, ganhar sua primeira batalha. Filha de uma lenda do hip-hop underground que teve o sucesso interrompido pela morte prematura, Bri carrega o peso dessa herança. Mas é difícil ter a segurança de estrear quando se é hostilizada na escola e, desde que sua mãe perdeu o emprego, os armários e a geladeira estão vazios. Então, Bri transforma toda sua ira em uma primeira canção que viraliza… pelos piores motivos! No centro de uma controvérsia, a menina é reportada pela mídia como uma grande ameaça à sociedade. Mas com uma ordem de despejo ameaçando sua família, ela não tem outra escolha a não ser assumir os rótulos que a opinião pública lhe impôs. Na Hora da Virada dá aos leitores de Angie Thomas outra protagonista pela qual torcer. É uma história sobre lutar por seus sonhos e também sobre a dificuldade de ser quem você é, não quem as pessoas querem que você seja.


Já leu algum desses livros ou ficou interessado em algum? Me conta aqui!

Relacionados

Destaques

Insta
gram

Parceiros