Loucamente Apaixonada na Livraria dos Corações Solitários é o terceiro livro focado na série A Livraria dos Corações Solitários. Ele é da autora Annie Darling e foi lançado em 2019 pela Verus.

Sobre o livro

Nina O’Kelly possui um visual pouco usual. Inspirada nos modelos de pin-ups, ela abusa nos vestidos rodados, bolinhas, tatuagens, saltos altíssimos e cabelo ondulado com uma bela tonalidade rosa-bebê. Ela divide sua vida entre trabalhar na livraria Felizes para Sempre, atormentar suas amigas Verity e Posy e buscar um amor arrebatador tal qual foi Heathcliff e Catherine, no romance O Morro dos Ventos Uivantes da autora Emily Brontë. Nem precisamos falar que ela é apaixonada por esse livro.

“Uns dez anos atrás, ela tinha lido O Morro dos Ventos Uivantes, de Emily Brontë, e isso mudara sua vida para sempre. Heathcliff e Cathy eram amantes infelizes que não podiam viver um com o outro nem um sem o outro.”

Ela desbrava Londres através de aplicativos de encontros, onde busca conhecer o amor da sua vida. Mas, não se engane. Ela não almeja um amor calmo e seguro, Nina busca algo bruto e avassalador. Por isso, não é de espantar que ela se envolva apenas com os famosos “bad boys”. Esse comportamento acaba fazendo com que ela pule de relacionamento em relacionamento e viva se decepcionando com o amor.

Então, quando Noah, o analista de negócios, certinho, careta e inteligente aparece na livraria, ninguém acredita que eles possam se dar bem. Só que o passado pode estar batendo à porta de Nina e ela mal pode esperar pela aventura que embarcará. Entre beijos, livros e um inusitado amor, desbravaremos a vida das pessoas dessa livraria e veremos o quanto uma paixão pode mudar a vida de uma pessoa.


Minha opinião

Ok, eu sei que não sou a pessoa que vocês esperam ver falando sobre livros de amor por aqui, mas esse, definitivamente, me conquistou. Ele é o terceiro que a autora lança de uma temática explorando os livros e uma livraria, mas que você pode ler de maneira separada. Alguns detalhes que ficaram perdidos no livro um, chamado A Pequena Livraria Dos Corações Solitários, são retomados aqui. Por isso, não se preocupe em ficar perdido.

Essa temática voltada para livros, livrarias e bibliotecas sempre me interessa muito. Como amante dos livros, sempre fico encantada quando exploram um personagem que também é um leitor voraz. Parece que nos sentimos muito mais completos e representados quando encontramos algo assim. Essa pequena livraria, aconchegante, cheia de vida e com funcionários tão distintos e únicos, é um excelente palco para toda essa história. Ah, esse é um detalhe, a livraria funciona quase como um personagem desse livro. O local parece tão encantador por sua descrição, que facilmente nos sentimos tentados a conhecê-lo.

“E que loja adorável era aquela. A Felizes para Sempre era a única livraria na Grã-Bretanha, talvez no mundo, dedicada a livros românticos.”

Neste local a vida dos seus funcionários está sempre sendo discutida, principalmente sobre suas aventuras amorosas. Por isso, não é de espantar, que todos sejam muito amigos e cúmplices. Isso cria uma atmosfera de companheirismo que rende excelentes diálogos e boas gargalhadas. Vocês não levará mais que três dias para terminar essa trama, pois tenho certeza que mergulhará de cabeça nesses personagens.

Comecemos pela protagonistas, a autêntica Nina. Com todo seu visual retrô e fama de destruidora de corações, é estranho pensar que ela busca um amor. Inclusive, sua visão de amor é um pouco (muito) distorcida. Para quem já leu O Morro dos Ventos Uivantes ou que pelo menos conhece um pouco da história, já sabe que o relacionamento entre os dois amantes está longe de ser um caso de amor. É algo doentio, violento e cheio de lágrimas. Mas, para Nina, isso é amor. Desde que ela leu o livro, sua visão de relacionamento, vida e comportamento mudaram completamente. E ela não aceita menos que um Heathcliff em sua própria vida, mas, procurando em aplicativos de encontro e bares, está difícil encontrar algo minimamente decente.

Enquanto isso, Noah é completamente o seu oposto. Ele não chama a atenção, é quieto, comedido e observador. Não existe nada de expansivo nele. Além disso, ele é um nerd de carteirinha e parece ter uma predileção exagerada pela cor azul marinho. Só que ele tem muito a ensinar e aprender com Nina. E o que antes parecia ser impossível, acaba se mostrando palpável. No entanto, algo do passado pode atrapalhar essa conexão.

“No entanto, ali estava Nina, de pé na cozinha, comendo creme de amendoim direto do pote, com o gato de sua colega de apartamento se enrolando em seus tornozelos, após uma noite com amigos, todos felizes com seus pares, enquanto ela ainda fazia seleção de sapos.”

Algo que achei interessante e fugiu do que já conhecemos, foi essa comparação com o romance de Emily Brontë e essa diferença entre uma rebelde e um nerd. Geralmente, pelo menos eu, estou acostumada a ver o contrário. O homem se encontra na posição de rebelde e ensina a jovem moça a se soltar. Aqui temos algo mais maduro e com dilemas da vida adulta. Um exemplo disso é o medo que Nina tem da aproximação dos seus 30 anos e da crise em não saber se fez algo certo até então. Algo que muitos de nós temos quando nos aproximamos dessa idade que parece ser um divisor de águas para muitos.

Embora você ache que já sabe tudo que acontecerá aqui, não se engane. Esse livro vai te surpreender. Seja por seus personagens cativantes, referências literárias ou crises da vida adulta, que chegam para todos nós. Recomendo muito essa leitura que entrega muito mais do que esperamos e faz sorrir e se emocionar na mesma proporção.

 

LOUCAMENTE APAIXONADA NA LIVRARIA DOS CORAÇÕES SOLITÁRIOS

Autor: Annie Darling

Tradução: Cecília Camargo Bartalotti

Editora: Verus

Ano de publicação: 2019

Novo romance da série A Livraria dos Corações Solitários, sobre a vida dos funcionários da livraria que por uma razão ou outra desistiram do amor e, ainda assim, o encontram quando menos esperam.
Cheia de tatuagens e com o cabelo cor-de-rosa, a dublê de pinup Nina adora bad boys — quanto mais cara de mau, melhor. Apesar dos receios de seus amigos, ela acredita firmemente que o amor verdadeiro só tem uma forma: selvagem, intenso e pontuado por brigas tempestuosas — como na história de Heathcliff e Cathy, o casal angustiado de O Morro dos Ventos Uivantes. E ela não vai se contentar com nada menos que isso. Mas anos de encontros marcados por aplicativo não trouxeram nada além de caras esquisitos e paqueras banais, e Nina não está nem um pouco mais perto de encontrar o amor. Quando um homem de seu passado entra na livraria, Nina sabe que não tem nada a temer: o garoto mais nerd da escola se tornou um analista de negócios tedioso que combina o terno com a gravata, sem chance de fazer seu coração bater mais rápido. O que só mostra quão pouco Nina sabe sobre bad boys, analistas de negócios e o próprio coração.. Este é mais um romance delicioso da série A Livraria dos Corações Solitários, sobre a vida dos funcionários da livraria, um “alegre bando de desajustados”, que por uma razão ou outra desistiram do amor e, ainda assim, o encontram quando menos esperam.

Relacionados

Destaques

Insta
gram

Parceiros