Loucos por Livros é uma comédia romântica da autora Emily Henry que foi publicado em 2023 pela editora Verus. É uma das suas obras mais aclamadas.

Sobre o Livro

Nora Stephens é uma agente literária de 32 anos que vive pelo seu trabalho na cidade grande, ajudando seus clientes escritores; e pela sua irmã mais nova Libby, por quem se sente responsável desde que a mãe delas morreu quando eram mais jovens. Quando Libby propõe uma viagem de férias para Sunshine Falls, na Carolina do Norte, Nora aceita na esperança de se reaproximar da irmã, já que a relação delas esfriou nos últimos anos.

Porém, toda a paz que Nora achou que encontraria naquela cidade do interior vai por água à baixo quando seu caminho é cruzado por Charlie Lastra, um editor ranzinza que ela conheceu em Nova York e que coincidentemente possui família naquela mesma cidade pequena. Eles não foram com a cara um do outro quando se conheceram e não possuem nada em comum, exceto o enorme amor pelos livros.

Essa é a questão em relação às mulheres. Não há uma boa maneira de ser mulher. Se você expõe suas emoções, é histérica. Se as mantém sob controle, de modo que seu namorado não precise se preocupar com elas, não passa de uma megera sem coração.

Apesar de não se gostarem, eles acabam se esbarrando repetidas vezes naquela cidade, obrigando-os a interagirem, até que se pegam curiosos um sobre o outro. À medida que vão se conhecendo melhor, Nora descobre que Charlie desperta sensações perigosas nela que fogem ao seu controle, e ela não gosta nada disso, fazendo-a lutar com todas as forças contra esse sentimento para manter a razão e não ouvir seu coração que bate forte perto dele.


Minha Opinião

Fui totalmente influenciada pelo hype que se formou quando esse livro foi lançado em 2023. Diziam que era o melhor trabalho da autora até então e isso me deixou na curiosidade para conhecer a Emily Henry através dessa obra. E embora eu tenha gostado bastante da história em si (gosto do tema “enemies to lovers”) e achei que foram muito válidas as questões que ela aborda, não foi exatamente um livro marcante para mim.

O livro trabalha com diversos clichês dos romances com o propósito de desconstruí-los. Nora é uma workaholic que normalmente é retratada na ficção como uma pessoa fria e sem coração, mas a autora mostra que uma mulher pode sim focar na sua carreira e colher os frutos dela sem precisar virar a vilã ou se sentir culpada por isso. Achei esse ponto bem diferente e interessante.

Às vezes, mesmo quando a gente começa a ler pela última página e acha que sabe tudo, o livro encontra um modo de nos surpreender.

Há também muitos sentimentos não esclarecidos entre as duas irmãs. Nora carrega o peso de ser bem-sucedida financeiramente, enquanto sua irmã mais nova não é. Ela toma para si a responsabilidade de garantir uma boa vida para ela, nem que tenha que colocar a própria felicidade em segundo plano. Já Libby se sente frustrada por não poder tomar as próprias decisões e cometer os próprios erros, embora se sinta extremamente grata por toda a ajuda que a irmã mais velha oferece. Há muitas boas intenções entre as duas, mas que nem sempre é o que o outro precisa. Não tem como não se sentir apreensivo junto com as duas irmãs.

De vez em quando, Nora tem pesadelos com seu passado, relembrando sua juventude com sua mãe relapsa e sua irmã caçula que precisava de proteção de algum responsável. Eu entendo que isso é para compreendermos os sentimentos e motivações dela, mas achei que essas partes ficaram um tanto que repetitivas. Bastava explicar uma vez que, como irmã mais velha, Nora queria cuidar de Libby, sem ficar reforçando esse ponto com diversas lembranças envolvendo a mãe ausente.

Além da questão familiar, eu também adorei acompanhar a questão romântica que Nora tanto negligenciou para si mesma. São sempre ótimas as interações dela com o Charlie. Ambos são muito inteligentes, então os diálogos são carregados de sarcasmo, bom humor e uma pitada de flerte. É sempre maravilhoso ver alguém se libertar e se permitir viver uma coisa boa que ela não achava que merecia, o que não foi difícil de acontecer, pois Charlie é muito apaixonante e principalmente paciente.

Achei bastante válido acompanhar o romance de uma outra perspectiva, através daquela que seria considerada a “antagonista” da história. O livro é bem escrito, as história são bem desenvolvidas e cada personagem teve a sua chance de aparecer e resolver suas questões. Vale a leitura.

LOUCOS POR LIVROS

Autor: Emily Henry

Tradução: Ana Rodrigues

Editora: Verus Editora

Ano de publicação: 2023

Nora Stephens sabe que não é nada parecida com as heroínas dos romances que negocia como agente literária poderosa em Nova York. Quando sua irmã, Libby, sugere que elas façam uma viagem para a cidadezinha pitoresca de Sunshine Falls, Nora se joga na lista de experiências clássicas do interior. Mas há uma irritante pedra no caminho de seus planos: o editor Charlie Lastra. Ele e Nora se conheceram anos atrás, quando Charlie rejeitou bruscamente um dos livros que ela ofereceu, e agora ele está em Sunshine Falls por algum motivo, tendo a coragem de se revelar tanto atraente quanto engraçado. À medida que Nora e Charlie se conhecem melhor, ela descobre que pode haver mais nele do que ela suspeitava. Será que Nora vai conseguir seu final feliz, mesmo que não queira cavalgar rumo ao pôr do sol na garupa de um lenhador?

Relacionados

Destaques

Insta
gram

[jr_instagram id='3']

Parceiros