Mister é um romance da autora E L James, publicado em 2019 pela editora Intrínseca.

SOBRE O LIVRO

A liberdade de ter e fazer o que quiser em uma vida cheia de luxuria sempre foi a realidade de Maxim, até que seu irmão morre em um trágico acidente de moto e ele herda o título de nobreza de sua família. No entanto, ser conde nunca esteve em seus planos, nem treinado para isso ele foi, mas não há escolhas. Agora ele precisa ser responsável e aprender a lidar com todos os negócios da família, e uma fortuna além do que ele já estava acostumado.

No momento em que sua vida virou de cabeça para baixo, Maxim acredita estar sonhando com uma linda moça dos olhos azuis, que na realidade é sua nova diarista, Alessia. Uma jovem que tudo o que tem são as roupas do corpo, e que mesmo mal vestida e completamente retraída, vai mexer com a cabeça de Maxim como nenhuma outra mulher foi capaz.

” Por que é tão difícil? Por que ela?

Ela é linda. É talentosa.

Ela não está interessada.

Talvez seja simples assim.

A primeira mulher que me disse um não.

Ela não disse não. E talvez me dê uma chance.

Chame. Alessia. Para. Sair.”

Porém, nem tudo é tão simples quanto parece. Se envolver com Alessia pode ser um caminho sem volta. Incontrolavelmente sedutora, Alessia esconde muitos segredos de sua vida, e precisa muito de proteção. Mas será que o conde Maxim Trevelyan será capaz de ignorar seus desejos por sua empregada, e ainda assim protegê-la?!


MINHA OPINIÃO

Depois do best seller Cinquenta Tons de Cinza, sempre ficou a dúvida se a autora seria capaz de escrever algo no mínimo, próximo, ao romance anterior que ganhou tantos fãs. E eis que termino a leitura sem conseguir afirmar se isso aconteceu ou não. Pois ao mesmo tempo em que Mister tem originalidade em sua trama, no final, é apenas um pouco mais do mesmo.

Gosto muito da ideia de Alessia ser uma fugitiva da Albânia. Todos os motivos que a levaram fugir de sua cidade natal, e tudo o que ela passou até chegar na Inglaterra, foi bastante inovador. A escolha da Albânia como a casa de Alessia foi muito bem explorada. Sua cultura, crenças e até mesmo paisagens e localidade foram impecáveis. Realmente consegui sentir um gostinho deste país. O fato de Maxim ser um conde em pleno século XXI também me chamou bastante atenção. Mas, diferente da história de Alessia, a dele não foi tão bem desenvolvida.

Alessia Demachi tem o dom de tocar piano. Ela não precisa nem mesmo das partituras. Basta fechar os olhos que as notas em forma de cores simplesmente dançam em sua mente. Estar trabalhando para um ricaço que tem um piano em sua sala de estar, é sua maior felicidade. Por isso ela faz seu trabalho correndo para que dê tempo de tocar o piano. Sempre que seu patrão não está, ela se perde na única coisa que a faz feliz. Mas é claro, não demora muito para ela perceber que Maxim Trevelyan também a esta fazendo muito feliz.

“Mas você não pode fugir sempre que tivermos um problema. Fale comigo. Pergunte. Sobre o que for. Eu estou aqui. Vou escutar. Discuta comigo. Grite comigo. Vou discutir com você. Vou gritar com você. Vou entender errado as coisas. Você vai entender errado também. Tudo isso acontece. Mas, para resolvermos nossas diferenças, precisamos conversar.”

Não há desenvolvimento do romance. Ele acontece muito de repente e sem explicações. Mas quando o casal já está formado, as cenas “quentes” acabam por se repetir diversas e diversas vezes bastante detalhadas, tornando a leitura um pouco massante. Assim é também com os mistérios de Alessia. Quando as coisas começam a se revelar, tudo vai ficando repetitivo e cansativo de acompanhar.

Toda a trajetória de Alessia me encantou bastante. Mas mesmo assim, ela ainda é uma protagonista fraca e sem determinação. E isso também é válido para Maxim, que o tempo inteiro trata Alessia com inferioridade com suas perguntas “tudo bem?” em todas as cenas possíveis, não dando a ela a chance de crescer. E não só por isso, mas por não ter característica alguma, Maxim foi um protagonista bem apagado.

Mister é um livro que começa muito bem, e vai se desenrolando de uma forma bastante interessante, até determinado ponto. Depois disso a história acaba ficando exaustiva e com aquela impressão de não sair do lugar por ter cenas que se repetem. A história é clichê, com direito a resgate pelo príncipe encantado, mas, por conta da inserção da Albânia e toda a história de Aléssia, gostei muito do livro. Então, se é disso que você gosta, e gosta também de muita cena hot, esse livro é para você.

MISTER

Autor: E L James

Tradução: Cássia Zanon, Catharina Pinheiro, Maria Carmelita Dias e Julia Sobral Campos

Editora: Intrínseca

Ano de publicação: 2019

Maxim Trevelyan é inglês, bonito, rico, nunca precisou trabalhar e quase nunca dorme sozinho. Essa vida fácil muda quando uma tragédia acontece e Maxim herda um título de nobreza, as propriedades da família e toda a responsabilidade que vem com isso. É um papel para o qual ele não está preparado, e que agora deve se esforçar para desempenhar.
Mas o maior desafio de Maxim vai ser lutar contra a atração por uma jovem enigmática que conheceu recentemente e que guarda um segredo do passado. Discreta, Alessia é misteriosa e sedutora, e logo o desejo de Maxim por ela se transforma em algo que ele nunca experimentou e não ousa nomear. Mas, afinal, quem é Alessia Demachi? O que ela esconde? Maxim será capaz de protegê-la do mal que a ameaça? E o que ela fará quando souber que ele também tem seus segredos?

Relacionados

Destaques

Insta
gram

Parceiros