Atenção!

Lida com temas que podem ser gatilho para algumas pessoas, tais como luto, suicídio, trauma e stress pós-traumático.

O Cuidadoso Despir do Amor é o mais recente lançamento da autora norte-americana Corey Ann Haydu. Sua publicação é de 2020 pelo selo editorial Galera Record.

SOBRE O LIVRO

As garotas da rua Devonairre são tudo menos garotas comuns. Histórias sobre a Maldição que as persegue, a forma como elas se vestem e os tipos de rituais que praticam correm por todo o Brooklyn. Mas, no fundo, todos os boatos se resumem a uma simples frase: todo garoto ou homem por quem uma delas se apaixona morre.

“As Garotas de Devonairre Street não devem se apaixonar. Essa é a responsabilidade, essa é a Maldição, essa é a verdade”.

Embora não acredite na maldição, Lorna deixa-se levar pelos rituais e por tudo que Angelika diz que devem fazer. Acredita que sua união com Cruz, Charlotte, Delilah e Isla os torna invencíveis. Mas um dia a morte chega perto demais, fazendo todos questionarem até que ponto Angelika pode ter razão, afinal. Serão as garotas da rua Devonairre de fato amaldiçoadas?


MINHA OPINIÃO

O livro retrata uma versão bem particular de uma Nova York contemporânea, onde garotas amaldiçoadas circulam (e são reconhecidas) pela cidade e passamos tanto tempo lembrando de nossos mortos, especialmente os que foram vítimas de atentados terroristas, que esquecemos de responsabilizarmos os culpados.

Nesse contexto somos apresentados a Lorna, que junto de seu grupo de amigos, todos jovens de Devonairre Street, tenta sobreviver a essa realidade, entre lembranças dolorosas do pai que perdeu alguns anos antes e a certeza de que poderá estar próxima do amor, mas nunca amará ela mesma.

A forma ela e as outras garotas são tratadas é muito cruel. Proibidas de amar, elas frequentemente são culpabilizadas, atacadas verbalmente, ridicularizadas e até mesmo afastadas fisicamente de outros homens, possíveis vítimas.

“Não quero ser citada na revista repetindo as palavras de meu pai. Não quero ser o oráculo de ninguém”.

É muito rica a forma como a personagem é apresentada e o laço que existe entre Lorna, Cruz, Charlotte, Delilah e Isla é de uma beleza que conquista. O grupo transmite força uns para os outros, mas também sofre um grande baque quando uma das Garotas de Devonairre Street perde o rapaz por quem tinha se apaixonado e passa a questionar o quanto de verdade poderia existir ou não na Maldição.

A solução do livro é apressada e envolve um suicídio que foi tratado de forma leviana, na minha visão. Um livro que trata de temas tão pesados de uma forma tão diferente, como é o caso dele, perde, assim, a chance de se tornar realmente incrível.

“Às vezes é um alívio contar repetidas vezes as mesmas histórias. Às vezes é um alívio”.

No final, apesar de ter sido uma leitura interessante e bastante intrigante, mostra-se uma obra irregular. Linda em alguns momentos, angustiante em outros, mas também confusa e indecisa diversas vezes. Vale a leitura, mas é impossível não reconhecer que tem suas falhas de execução.

O CUIDADOSO DESPIR DO AMOR

Autor: Corey Ann Haydu

Tradução: Marina Vargas

Editora: Galera Record

Ano de publicação: 2020

Quando não nos resta mais nada, é preciso salvar a nós mesmos.Lorna, Delilah, Charlotte, Isla e seu irmão, Cruz, são tão íntimos que por vezes se sentem como uma pessoa só. Cresceram na mesma rua do Brooklyn, em Nova York, celebram seu aniversário no mesmo dia e o mesmo atentado tornou-os órfãos de pai. Mas, acima de tudo, o que os une é que se recusam a acreditar na Maldição que ronda a rua Devonairre.Conta Angelika, sua velha vizinha, que aqueles por quem uma garota da rua Devonairre se apaixona morrem. Prova disso são as incontáveis viúvas que ali vivem. Para proteger aos homens e a si mesmas, as jovens da rua devem se identificar pelos cabelos longos, as chaves penduradas no pescoço, as roupas de lã… e ser minuciosamente examinadas pela idosa, em busca do menor sinal de amor. Os amigos não têm medo, e Delilah parece ser a primeira a experimentar a sensação. Mas quando seu namorado, Jack, é atropelado, eles começam a questionar se amar é um direito seu.O cuidadoso despir do amor é uma história delicada sobre amor, luto, tradição e identidade, passada em uma Nova York reimaginada com primor por Carey Ann Haydu.

Relacionados

Destaques

Insta
gram

Parceiros