O Erro é o segundo livro da série Amores Improváveis da autora Canadense Elle Kennedy, publicado no Brasil em 2016 pela editora Paralela.

O primeiro livro, O Acordo, já foi resenhado no site e você poderá lê-lo clicando aqui.

Sobre o livro

John Logan faz parte do time de hóquei da Briar e está aproveitando o último ano da faculdade o máximo possível – festas, bebidas, mulheres – antes de assumir as responsabilidades da vida adulta. Embora seu sonho seja ser selecionado no draft e jogar profissionalmente, sabe que as circunstâncias não estão a seu favor e que após a formatura seus sonhos serão interrompidos por amor à família.

Logan divide a casa com seus amigos Garret, Tucker e Dean e a convivência entre eles começa a se deteriorar, pois Logan está apaixonado por Hannah, namorada de seu melhor amigo.

Estar perto dela é um soco no estômago. A ideia de ficar na sala com Hannah e Garret, comendo pizza e assistindo a um filme, os dois abraçadinhos e apaixonados… é cem vezes pior do que um soco no estômago. É um time inteiro de hóquei me espremendo contra o vidro do rinque.

Posição 240

Grace é reservada, discreta, estudiosa e está cursando seu primeiro ano na faculdade Briar. Filha de pais separados, morava com o pai antes de ingressar na Briar. Divide o quarto, no alojamento estudantil, com Ramona, amiga dos tempos de escola e única amiga na faculdade.

Grace sente uma forte atração por Logan, mas acredita que nunca será notada pelo astro do time de hóquei, até que o destino ou o acaso coloca os dois frente a frente.


Minha opinião

A escrita é fluída e a narrativa é envolvente. Os personagens são bem construídos e apesar de um ou outro clichê a autora surpreende ao trazer temas mais sérios como amor-próprio, traição, cyberbullying e alcoolismo.

Os capítulos são alternados entre Grace e Logan o que nos possibilita uma maior compreensão dos sentimentos e motivações de cada um. Os personagens secundários são bem trabalhados e cativantes, simplesmente, impossível não se apaixonar por todos os rapazes, como exceção do Dean, talvez.

Logan é um cara legal, que sonha jogar profissionalmente e ter domínio sobre a própria vida. A relação de amizade e amor fraterno que tem com os outros meninos da casa é muito nítida, mas Logan tem dificuldades de se abrir com os amigos e esconde os problemas familiares que enfrenta. Grace, por outro lado, sempre teve uma vida regrada, com um pai amoroso, mas rígido e uma mãe mais aventureira. Esse choque na criação acabou criando entraves em sua personalidade, pois tem dificuldade de se arriscar e cometer erros.

O casal interage muito bem e embora o livro tenha muitas cenas sensuais, a autora consegue criar uma base sólida para relacionamento dos dois, baseado em companheirismo e afeto.

Parece que tudo o que faço desde que cheguei à Briar é mentir.

Certeza de que vou virar um jogador profissional!

Adoro passar o verão sujo de graxa na oficina do meu pai. A grana é ótima!

Não estou a fim de Hannah. Ela é namorada do meu melhor amigo!

posição 70

Embora a leitura seja leve e prazerosa, a autora quis trazer alguns temas mais sombrios e atuais para a trama como o alcoolismo doença crônica caracterizada pelo consumo incontrolável de álcool, condicionado pela dependência física e emocional e, não, simplesmente, uma fraqueza moral –. Fica claro na narrativa como o alcoolismo afeta todas as áreas da vida do alcoólatra prejudicando sua vida social, familiar e profissional. A autora ressalta ainda a necessidade de acompanhamento, terapia e em casos mais sérios a internação em programas de desintoxicação bem como o apoio da família e amigos.

Outro ponto abordado é o cyberbullying violência praticada contra alguém, através da internet ou de outras tecnologias relacionadas ao mundo virtual, com o objetivo de perseguir, ridicularizar, agredir e/ou assediar a vítima e considerado crime contra a honra (Lei 13.185/2015) a autora consegue transferir para o leitor todo o sentimento de impotência e vulnerabilidade da vítima e nos leva a refletir sobre a questão.

Não sei como é a legislação americana, mas fiquei decepcionada pelo autor do fato ou seja a pessoa que cometeu o bullying não ter sido repreendida, no mínimo.

Estava muito empolgada com este livro, pois Logan foi um dos personagens que mais gostei em O Acordo. Não superou as minhas expectativas, mas ainda sim foi uma leitura que conseguiu acalmar minha mente e coração. Justamente o que eu precisava.

Vale destacar que a série completa de Amores Improváveis já foi publicada no Brasil e é composta por quatro livros, cada um narrando a história de um dos amigos que moram na república. Veja a ordem de leitura: O Acordo, O Erro, O Jogo e A Conquista.

A editora também publicou os spinn-offs da série e são: The Chase: A busca de Summer e Fitz, The Risk: O dilema de Brenna e Jake, The Play: Os desencontros de Demi e Hunter.

O ERRO

Autor: Elle Kennedy

Tradução: Juliana Romeiro

Editora: Paralela

Ano de publicação: 2016

Logan parece viver uma vida de sonhos. Com um talento incrível para jogar hóquei e um charme inato para conquistar mulheres, ele é uma das maiores estrelas da Universidade de Briar. Mas por trás do característico sorriso maroto, ele esconde duas grandes angústias: a primeira, estar apaixonado pela namorada de seu melhor amigo; a segunda, saber que sua vida, após a formatura, se tornará um beco sem saída. Um dia, por acaso, ele conhece Grace, uma garota tão encantadora quanto intrigante. Tudo nela parece ser original e deliciosamente contraditório: tímida, mas ao mesmo tempo vibrante; doce, mas ao mesmo tempo forte e confiante. A cada encontro, Logan se vê mais e mais envolvido. Mas um grande erro colocará o relacionamento desses dois jovens em risco. Agora, Logan terá que se esforçar para reconquistar Grace – nem que para isso ele precise amadurecer e encarar suas questões mais profundas e doloridas.

Relacionados

Destaques

Insta
gram

Parceiros