O Mecanismo é uma série brasileira original Netflix dirigida por José Padilha, Felipe Prado e Marcos Prado. Sua primeira temporada foi lançada em 2018.

A série se passa no coração da crise econômica de 2014 se inspirando em fatos reais dos principais momentos da Operação Lava Jato desde seu início até seu momento ápice que pôs em xeque inúmeros políticos do país além de empreiteiros e presidentes das maiores empresas do Brasil.

A primeira temporada se inicia quando a operação Lava Jato nem existia. Em 2003 o primeiro escândalo envolvendo empreiteiras com desvio de bilhões de reais foi descoberta pela polícia federal de Curitiba onde seu protagonista foi o juiz Paulo Rigo (Otto Jr.) interpretando o papel de Sérgio Moro.

A série então mostra todo o crescimento do papel do juiz Rigo e da polícia federal na caçada pela descoberta do maior sistema de corrupção da história do Brasil.

Na primeira temporada acompanhamos a delegada Verena (Carol Abrans) e o delegado Ruffo (Selton Mello), o taxado de louco, no decorrer de toda a evolução da operação.

A série começa numa ambientação bem complexa para aqueles que pouco conheceram ou ouviram falar do escândalo do Banestado em 2003. Em seguida salta para 2014 onde aborda o início da operação Lava Jato com suas intenções de desmantelar uma suposta organização criminosa operando em um pequeno posto de gasolina em Brasília. Mas quem diria que uma operação em um pequeno posto chegasse no coração da república.

Por se tratar de uma história ficcional, mas se baseando de fatos reais, os nomes de todos os personagens foram alterados. Isso dificulta até certo ponto a associação do ator na série com a figura da vida real. Porém alguns personagens são óbvios de associarmos como a presidente da república Janete e o ex-presidente Gino. Além, também, do juiz Rigo.

Essa série se baseou nos dados recolhidos no livro de Vladimir Netto, Lava Jato, onde narra com detalhes jornalísticos todo o desenvolvimento e a construção da maior operação do país.

Quando descobri essa série em 2018 meu fôlego quase se foi. Já não temos grandes filmes quanto mais séries nacionais para preencher nossas listas na Netflix. E quando descobri uma série que logicamente iria se tornar polêmica pelo tema em debate, tive que ver no mesmo instante.

No Brasil de hoje de tão delicado que é, da divisão entre ideologias e extremismos e da crise política e econômica, uma série como essas não poderia dar uma de isenta no debate. Porém ela consegue de forma única não só tornar todo esses problemas vividos no Brasil em um verdadeiro suspense. Você vê um episódio e quer ver outro e mais outro.

E quando terminei de ver todos os episódios me senti indignado. Pois a série foi tão bem construída que a operação Lava Jato e a corrupção no país realmente dão uma verdadeira história de suspense policial e político. E eles conseguiram transformar um assunto sério e polêmico em uma excelente produção nacional.

A série não para só nas suas qualidades cinematográficas, na música ambiente e nem nos cenários bem escolhidos. Ela também vai mais além. A série traz um cunho reflexivo de ideias. Ruffo e Verena se tornam personagens fundamentais para a história e eles contam de forma narrativa diversas opiniões sobre a máquina pública, a corrupção e a política brasileira. Em geral falam sobre o mecanismo que perpetua a corrupção no Brasil.

Sinceramente, não possuo palavras para descrever tamanha importância e relevância que essa série tem para nossa cultura. O único obstáculo que ela pode se tornar é a sua tamanha complexidade de fatos. Recomendo para aqueles que querem entender 100% do que se fala dessa série, que leiam o livro, Lava Jato, primeiro no qual esta série se baseou. Quando vi pela primeira vez em 2018 havia várias coisas que não entendia. Alguns personagens que nunca ouvi falar eram inseridos na história. Depois que li o livro e pesquisei sobre, pude compreender ainda mais a série. E talvez seja pela essa tamanha complexidade que não a torna uma série muito comentada na Netflix e nem acessível a todos.

Mas vale a tentativa. Ela tem muito o que nos dizer e nos compartilhar reflexões importantíssimas. Nosso país está dividido e precisamos entender como nos tornamos divididos para então podermos caminhar unidos mais uma vez.

O MECANISMO (1° TEMPORADA)

Diretor: José Padilha, Felipe Prado e Marcos Prado.

Elenco: Selton Mello, Carol Abras, Claudio Amadeu.

Ano de lançamento: 2018

Uma investigação sobre suspeitas de corrupção envolvendo estatais e empreiteiras se torna um dos maiores escândalos políticos do Brasil. Inspirada em fatos reais.

Relacionados

Destaques

Insta
gram

Parceiros