O Que Aconteceu Com Annie é da autora C. J. Tudor e foi lançado peça Intrínseca em 2019.

Sobre o livro

O vilarejo de Arnhill sempre carregou um ar soturno de mistério. No entanto, isso nunca foi o suficiente para afastar seus moradores das redondezas. Nem mesmo a velha mina de carvão que foi palco de um trágico acidente. Em 1992, Joe Thorne passou por uma provação quando sua pequena irmã Annie, de apenas 8 anos, desapareceu de maneira misteriosa. Tudo isso mexeu com sua cabeça e fez com que sua família fosse extremamente abalada.

Quando Joe achava que nada poderia ser pior que a perda da irmã, algo impensável aconteceu. A pequena Annie retornou para casa como se nada tivesse acontecido. É neste momento que o pior pesadelo de Joe tem início. Sua irmã não parece ser mais a mesma e os estranhos fatos que passam a acontecer desde o seu retorno, apenas reforçam a certeza de Joe: algo muito errado aconteceu com Annie.

“E onde deveria estar o rosto do menino há apenas uma grande confusão de vermelho e feições indiscerníveis, em meio a corpos pretos apressados de moscas e besouros caminhando sobre a carne apodrecida.”

Após 25 anos Joe decide retornar para sua antiga cidade para enfrentar velhos demônios. Para muitos isso pode parecer estranho, ele retornar para o palco de tanta desgraça na sua vida, mas Joe tem um motivo: ele recebeu um e-mail anônimo onde afirmavam que tudo que aconteceu com Annie estava se repetindo. É chegada a hora dos segredos serem revelados e temos uma narrativa impactante onde passado e presente se completam. O que podemos esperar dessas revelações? E, afinal, o que aconteceu com Annie?


Minha opinião

O meu primeiro contato com a autora foi com o livro “O Homem de Giz”, que também tem resenha aqui no blog. Recordo que na época fiquei encantada com a escrita da autora, com o desenvolvimento de sua trama e com a premissa lembrar tanto os livros do Stephen King. Sim, a autora é constantemente comparada a ele. Se isso é bom? Tenho minhas dúvidas. Acredito que muitas pessoas acabam adentrando nos livros da autora apenas por essa comparação e, quando percebem que os monstros que ela traz são diferentes dos que King explora, ficam frustrados. Eles querem um novo Pennywise, um novo Cujo e algo tão cruel e visceral quando O Cemitério. Mas, sempre digo que: quando tudo já foi explorado é difícil ser tão original. E acredito ser inevitável não se inspirar em grandes autores. No meu caso, tenho certeza, que se fosse escrever algo traria muitos elementos de King, Poe e Lovecraft. Na realidade, o próprio King se inspira e traz para suas obras elementos que já foram explorados por outros autores.

Por isso, vim de mente e braços abertos para conhecer essa história que me intrigou desde o princípio. Sua premissa é intrigante, quando algo com ares sobrenaturais envolve crianças, eu sou a primeira a levantar para conhecer mais sobre o assunto. Essa temática sempre me interessou muito e vim preparada para encontrar algo mais simples. Entretanto, encontrei uma narrativa mais complexa, que envolve elementos que já observei em outras obras de outro autor (Stephen King novamente), mas que destoa por sua originalidade e exploração do conteúdo.

“Arnhill não é um vilarejo acolhedor. É amargo, ácido, inquietante. Vive isolado e olha para os visitantes com desconfiança. É estoico, imperturbável e enfadonha, ao mesmo tempo.”

Mas, infelizmente, uma história que tinha tudo para ser 5 estrelas, foge do esperado e foca no que não deveria. Ao invés de explorar melhor o que aconteceu com  Annie, a autora foca em alguns pontos irrelevantes e que não fazem sentido, além deixar um plot para o final que se torna totalmente desnecessário perante as circunstâncias. Creio que se a autora explorasse melhor a pegada sobrenatural e de suspense da trama, ela  poderia ter um resultado muito mais satisfatório ao final.

O que chama muito a atenção durante a narrativa é o nosso protagonista. Geralmente, seus personagens principais,  acabam sendo aqueles fracassados e problemáticos que não conseguimos confiar inteiramente. Joe é um desses personagens e nos apresenta uma faceta um tanto quanto estranha. Ele esconde segredos, tem problemas com a bebida, parece estar sempre fugindo e se metendo em problemas. Por isso, não é de estranhar que tudo que ele nos conte seja duvidoso. Porém, sua relação com a irmã era de extremo amor e companheirismo, então, relevei todos os seus problemas por saber tudo o que ele passou com a sua perda.

Durante a narrativa, ficamos apenas esperando pelas revelações, pois desde o princípio percebemos que algo está errado nessa história e muitos pontos estão em branco. Com o tempo, iremos preenchendo as lacunas e entendemos o que aconteceu quando Annie sumiu e todo a desgraça que veio quando ela voltou. Temos breves passagens sobre a sua infância, principalmente sobre a volta de Annie e de todo o terror que foi. Isso causa medo e ansiedade. Queremos respostas o mais rápido possível e devoramos cada página. Algumas passagens causam certo desconforto, mas tornam-se necessárias para explicar a gravidade da situação.

“Se algumas crianças nascem vítimas, outras nascem agressoras?”

Segredos escondidos em uma infância solitária. Algo antigo e terrível. Camadas e mais camadas de segredos escondidos. Uma importante reflexão dos problemas enfrentados por jovens e adolescentes em sua ânsia de serem aceitos perante os outros. Com diálogos bem elaborados e reflexões instigantes você irá descobrir o que REALMENTE aconteceu com Annie.

 

O QUE ACONTECEU COM ANNIE

Autor: C. J. Tudor

Tradução: Flávia Rössler

Editora: Intrínseca

Ano de publicação: 2019

Quando Joe Thorne era adolescente, sua irmã mais nova desapareceu. Vinte e cinco anos depois, um e-mail anônimo o leva mais uma vez ao passado: “Eu sei o que aconteceu com sua irmã. Está acontecendo de novo.” Atolado em dívidas e bem longe do vilarejo onde cresceu, Joe precisa escapar das pessoas perigosas que estão atrás dele, mas também vê a oportunidade de resolver o que arrasta consigo há mais de duas décadas. Retornar a Arnhill parece a única opção. Mas voltar também significa abrir velhas feridas e reencontrar pessoas e lugares que ele nunca mais pensou que veria. Afinal, alguns segredos são grandes demais — e Joe não faz ideia de onde está se metendo. Neste suspense de ares sobrenaturais, o leitor é carregado por reviravoltas sombrias que o deixam na expectativa até o fim. O que Aconteceu com Annie é uma viagem ao lugar mais escuro de um passado que precisa ser esquecido.

Relacionados

Destaques

Insta
gram

[jr_instagram id='3']

Parceiros